PF busca joias ‘sumidas’ de Adriana Ancelmo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sérgio Cabral cropped

A Polícia Federal satisfaz na manhã desta sexta-feira dois mandados de busca e apreensão para tentar localizar joias atribuídas à ex-primeira-dama do Rio Adriana Ancelmo não encontradas em operações anteriores.

Agentes foram à casa de Gilda Maria de Sousa Vieira, governanta da família do ex-governador Sérgio Cabral, e de Núsia Ancelmo, irmã da ex-primeira-dama.

Leer Más

Joias mais preciosas adquiridas por Cabral não foram encontradas pela PF

Por: SentiLecto

As joias mais caras compradas , de acordo com o Ministério Público Federal , por o ex-governador de o Rio Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo não encontrou em o apartamento de o casal em as duas operações realizadas as joias mais caras compradas de acordo com o Ministério Público Federal por o ex-governador de o Rio Sérgio Cabral e a.

Leer Más

Tratamento dado à minha mulher é absurdo, ddeclaraCabral em dtestemunho

Por: SentiLecto

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral se queixou das acusações feitas contra a sua mulher, Adriana Ancelmo O ex-governador do Rio Sérgio Cabral é preso sob denúncia de corrupção., e as suspeitas sobre o escritório de advocacia da ex-primeira-dama.

Leer Más

Empresário confirma lavagem de dinheiro de ex-primeira-dama do Rio

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sérgio Cabral cropped

O empresário Luiz Alexandre Igayara, que declarou que pagou à ecompanhiaR$ 2,5 milhões sem a prestação de serviços, aalegounesta quarta-feira que emitiu notas frias em nome do escritório da ex-primeira-dama do Rio Adriana Ancelmo.

Igayara firmou acordo de cooperação premiada com o Ministério Público Federal e foi o primeiro a confirmar à Justiça oauutilizaçãodo escritório de Ancelmo no esquema do ex-governador Sérgio Cabral .

Leer Más

Adriana Ancelmo agita R$ 1,2 mi e pode voltar para a cadeia

Por: SentiLecto

A ex-primeira-dama do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, que está com os bens bloqueados desde a deflagração da Operação Calicute, em novembro, alegou nesta quarta-feira em testemunho à Justiça Federal que magitouR$ 1,2 milhão após a sua prisão. A informação pode levá-la de volta para a cadeia. Ela alegou ao juiz Marcelo Bretas que retirou o valor de sua previdência privada que tem os filhos como beneficiários.

Leer Más