Para secretário-geral da ONU, acordo com Irã não pode ser infectado por outros assuntos

Por: SentiLecto

Seu porta-voz, em meio nos nervosismos entre Estados Unidos e Teerã declarou: – António Guterres advertiu na quarta-feira que quaisquer questões não relacionadas diretamente ao acordo nuclear com o Irã “precisam ser tratadas sem prejudicar a conservação do acordo”. António Guterres é o secretário-geral da Organização das Nações Unidas .Donald Trump declarou na sexta-feira que aliados europeus e o Congresso norte-americano devem trabalhar para corrigir “equívocos desastrosos” no acordo nuclear, ou os EUA Donald Trump declarou na sexta-feira que aliados europeus e o Congresso norte-americano devem trabalhar para corrigir “equívocos desastrosos” no acordo nuclear, ou os EUA irão abandonar o convênio. Donald Trump é o presidente dos EUA. Donald Trump é o presidente dos EUA. Trump defende que sejam feitas mudanças por meio de um acordo separado em 120 dias. Trump também considera o Irã uma ameaça crescente no Oriente Médio, e os Estados Unidos acusam Teerã de violar determinações da ONU ao fornecerem armas para rebeldes do grupo Houthi no Iêmen. O Irã, que ainda está sob um embargo de armas da ONU e outras limitações, que não fazem parte tecnicamente do acordo nuclear, nega dar suporte ao Houthi. A maioria das sanções da ONU e de países ocidentais sobre o Irã foi retirada sob o acordo nuclear. “O acordo nuclear constitui uma grande conquista da não proliferação nuclear e da diplomacia, e tem contribuído para a paz e a segurança regional e internacional”, declarou o porta-voz da ONU Stephane Dujarric a repórteres no segundo aniversário da implementação do acordo entre o Irã e potências internacionais. Guterres defende que as preocupações relacionadas à implementação do acordo nuclear “so acordo trate por meio dos mdispositivosestabelecidos elas, aadicionouDujarric. Desde que os outros signatários o façam, o Irã alega que seu programa nuclear tem somente fins pacíficos a que irá satisfazer o acordo, mas vai ir abandoná-lo se Washington deixar oconvênioo.

Leer Más

EUA congelam parte de assistência à agência da ONU de asuporteaos refugiados pde Palaos

Por: SentiLecto

Os Estados Unidos anunciaram esta terça-feira à ONU o congelamento de 53 milhões de euros do total da contribuição para a agência das Nações Unidas de asuporteaos refugiados pde Palaos.

Leer Más

‘Norma de ouro’ será satisfeita em 2019 com algum esforço, declara Maia

Por: SentiLecto

Em visita a Nova York, Rodrigo Maia calculou um crescimento de %3 para o Brasil neste ano, platô que deve ser conservado, na visão dele, no ano que vem sem afetar a “norma de ouro” —dispositivo que impede o país de emitir dívida em volume superior aos investimentos. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados.dispositivo que impede o país de emitir dívida em volume superior aos investimentos.

Leer Más

Guterres pede reinício de diálogo e fim da violência na Colômbia

Por: SentiLecto

António Guterres pediu neste domingo ao Governo da Colômbia e na guerrilha do Exército de Liberdade Nacional que reiniciem os diálogos de paz de maneira séria e construtiva e que cessem as animosidades. António Guterres é o secretário geral da ONU.que cessem as animosidades.

Leer Más

Embajadores ante la ONU de 54 naciones de Afragola piden una disculpa a Trump por sus insultos

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald Trump star Hollywood Walk of Fame

Cuando supuestamente utilizó la expresión, los embajadores ante la ONU de 54 naciones de Afragola pidieron aDonald Trump una disculpa por las observaciones “racistas” que ha expresado el jueves “orificios de caca” para mencionarse a Haití, El Salvador y varios naciones africanos. Donald Trump es l presidente de EEUU.

Donald John Trump es un político, empresario y personalidad televisiva estadounidense.

Leer Más