Tom Cruise y el eterno regreso

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tom cruise 1989

Es increíble. Bueno, no tan increíble, al fin y al cabo es Tom Cruise. Pero sí, no seamos cautos: es definitivamente increíble, milagroso. Al observar Barry Seal: sólo en América estamos otra vez ante el milagro de Cruise, que ha nacido en 1962. A los 55 años, el actor interpreta a un hombre mucho menor. Pero ese no es el milagro.

Thomas Cruise Mapother IV es un actor de Estados Unidos. Se conoce a Thomas Cruise Mapother IV es más conocido como Tom Cruise.

Leer Más

Similaridades com ‘Narcos’ tiram efeito de ‘Feito na América’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Narcoslogo

DIREÇÃO Doug Liman ELENCO Tom Cruise, Sarah Wright, Domhnall Gleeson PRODUÇÃO EUA, 2017, 16 anos * “Feito na América” é uma bola dentro de Tom Cruise. Entre suas duas franquias de ação habituais, “Missão Impossível” e “Jack Reacher”, este é um filme repleto de características, do roteiro astuto a uma edição frenética. O único problema, na verdade, está fora do filme. É a série de TV “Narcos”, êxito dos brasileiros José Padilha e Wagner Moura no mercado de America e global. Agora famoso apartamento em Salvador, não recordasse tanto o seriado sobre o traficante de Colombia Pablo Escobar, seu efeito poderia ser maior, se a dramatização da vida do piloto de America Barry Seal, que chegou a ter tanto dinheiro em espécie que o filme faz o espectador de Brasil se recordar o tempo todo da imagem dos R$ 51 milhões dentro de malas no. Impossível não comparar. Primeiro porque Seal era um piloto comercial de alguma habilidade que acabou trabalhando como agente da CIA e depois vendeu seus serviços ao cartel da droga, tornando-se operador direto de Escobar. Em segundo lugar, a profusão de toneladas de cocaína e bolsas e mais bolsas de dinheiro vivo desfiladas na tela é puro “Narcos”. E muitas piadas pipocam no roteiro sobre a forma atabalhoada de Seal lidar com tanto papel-moeda. É o próprio personagem que conta sua saga que tem as duas primeiras temporadas contadas pelo polipersonagem que conta sua saga que tem as duas primeiras temporadas contadas pelo policial que caça Escobar. Personagem que conta sua saga é outra semelhança com “Narcos”. Personagem que conta sua saga é outra semelhança com “Narcos”. HOMEM DE FAMÍLIA Se a família do traficante aparece como um dos grandes focos de atenção no seriado, a relação de Seal com a mulher e filhos também tem papel de destaque na trama. Cruise atua mais descontraído do que costuma fazer na pele de durões como Jack Reacher e Ethan Hunt . Sem cenas de ação arriscadas, um trunfo de seu marketing pessoal em Hollywood, ele pode aparecer aqui apalermado e trapalhão, e faz isso bem. Estar ligado a eventos reais é uma armadilha para o filme, porque não há exatamente um clímax para encerrá-lo. O rumo do personagem está atrelado ao destino de Seal, e não é um desfecho empolgante. “Feito na América” mostra que ainda sobra carisma em Cruise, mesmo depois de tantos filmes nada brilhantes. * Assista ao trailer de ‘Feito na América’ Assista ao trailer de ‘Feito na América’

“Era um oportunista”, acredita ele. O foco é menos nas consequências dos atos e mais na adrenalina das viagens entre Colômbia e EUA.”Isso definiu o resto das filmagens. Tom jamais sabia se estava sendo filmado ou de onde estava sendo filmando.”

Leer Más

Tom Cruise interpreta piloto traficante em longa baseado em história real

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tom cruise 1989

Em “Feito na América”, Tom Cruise interpreta um piloto que transporta cocaína da Colômbia para os Estados Unidos, nos anos 1980.

– Veja uma sinopse dos principais filmes que estreiam nos cinemas do país nesta semana: “FEITO NA AMÉRICA” – O diretor Doug Liman e o astro Tom Cruise reúnem-se para realizar uma aventura repleta de ação e humor negro, assombrosamente baseada em fatos reais. Cruise interpreta Barry Seal, um piloto de carreira cooptado pelo agente da CIA Monty Schafer para governar pequenas aeronaves e fotografar campos de produção e pouso clandestinos de grandes narcotraficantes pela América Latina. O piloto realiza a missão com talento até ser pego por dois chefões do cartel de Medellín, Jorge Ochoa e Pablo Escobar . Eles oferecem ao piloto uma participação nos lucros para transportar sua cocaína aos EUA. Verdadeiro crime perfeito, este tráfico sob a proteção da CIA rende altíssimos lucros a Seal. Há, é verdade, uma crítica mordaz à política norte-americana dos anos 1980, em que o presidente Ronald Reagan dava um asuportesecreto e ilegal a gente duvidosa, como Noriega e os Contras nicaraguenses, em nome do anticomunismo. Mas isto se dilui em meio à assumida intenção de eapresentara versatilidade de Tom Cruise. “AS DUAS IRENES” – Premiada em dois festivais – Gramado e Cine BH -, o longa de estreia de Fábio Meira é uma delicada exploração do universo adolescente feminino. Contando com duas estreantes bastante carismáticas, Priscila Bittencourt e Isabela Torres, o filme desenvolve bastante bem a ambiguidade que se cria a partir do momento em que a primeira Irene , uma tímida garota de 13 anos, descobre a existência da outra Irene , da mesma idade e filha de uma ligação secreta do pai com a costureira Neusa . Conserva-se o ritmo desta aproximação entre as duas meninas, construindo um relacionamento entre estas irmãs que compartilham o mesmo nome, instituindo nervosismos mas evitando o melodrama. “AMITYVILLE – O DESPERTAR” – Se este filme é nova tentativa de ressuscitar a série “Amityville”, teria sido melhor deixar a casa maldita silenciosa no seu lugar, porque nada justifica tal ressurreição. Uma mãe viúva muda-se para o lugar, pois o aluguel é mais barato e próximo do centro médico no qual trata seu filho comatoso . Logo depois da chegada, a gêmea do rapaz percebe que há algo de insólito com a casa que, no passado, obrigou um homem a matar sua família. O filme brinca com a mítica do lugar – na empresa de amigos, a garota chega até a assistir ao primeiro longa da série, de 1979. Mas, fora isso, a produção leva-se bastante a sério. Sem uma boa trama ou personagens fortes, o longa, conduzido por Franck Khalfoun, contenta-se com sustos baratos ou coisas nojentas sem qualquer função na narrativa, existindo somente para impressionar – e nem isso consegue-se fazer direito. “DESERTO” – Longa de estreia do ator Guilherme Weber, o filme cria um cenário de fim do mundo para abrigar uma trupe de artistas desgarrados de tempo e lugar, interpretados por Lima Duarte, Everaldo Pontes, Cida Moreira, Márcio Rosário, Fernando Teixeira, Magali Bif, Claudinho Castro e Pietra Pan. Miseráveis andarilhos, de aldeia em aldeia à pdemandade público, eles desembarcam numa cidadezinha abandonada e resolvem ficar. Depois da morte do líder, contrário ao abandono da vida nômade, eles decidem seus novos papéis num sorteio, ao qual foram lançados papeizinhos em que cada um escreveu o que achava essencial ao funcionamento de uma cidade. Assim, ao sabor deste acaso, a cada um cabe uma função: Cozinheira, Médica, Caçadora, Militar, Negro e Puta. Inconformados com sua nova condição, a Puta e o Negro se rebelam, mas o Militar assume também seu lado repressor. E assim o filme torna-se uma fábula sombria, marcada por uma observação política. “GLORY” – Diretores do multipremiado “A Lição” , os búlgaros Kristina Grozeva e Petar Valchanov entregam no drama “Glory” um título igualmente festejado num grande circuito de festivais europeus a partir de Locarno 2016. Ao centro da história está o pobre ferroviário Tzanko Petrov . Sua rotina é percorrer quilômetros de ferrovia, inspecionar problemas de segurança. Um dia, encontra nos trilhos uma grande quantidade de dinheiro, mas o devolve às autoridades. Esse gesto de honestidade não passa despercebido a uma esperta assessora de jornalismo, Julia Staykova . Mulher de confiança de um ministro dos Transportes às voltas com dacusaçõesde corrupção, ela enxerga em Tzanko uma ochancede desviar o foco do noticiário, com a entrega de um prêmio ao seu raro desprendimento. Mas Tzanko e Julia são os dois lados de um país em franca rota de colisão * As opiniões expressas são responsabilidade do Cineweb

Leer Más

Em ‘A força do desejar’, Bibi enfrenta Jeiza após Rubinho ser baleado: ‘Cachorra’

Por: SentiLecto

Jeiza , em “A força do desejar”, comanda mais uma operação no Morro Beco. Durante o confronto, a de Polinesia Francesa atira em Rubinho , que é atingido. Imediatamente, a lutadora de MMA dá ordens para que o traficante seja levado para a clínica. Ao ver o marido baleado, Bibi se desespera. Essa cena vai ir ao ar nesta quinta-feira.

Leer Más

Serena Williams apresenta filha recém-nascida Alexis em fotografias e vídeos

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Serena Williams US Open 2013

– A tenista norte-americana Serena Williams anunciou nesta quarta-feira o nome de sua filha e divulgou fotografias da recém-nascida, revelando que ambas passaram uma semana na clínica após o nascimento no começo deste mês, na Flórida, por causa de complicações não especificadas. “Conheçam Alexis Olympia Ohanian Jr.”, escreveu a ex-número um do mundo em postagens em suas redes sociais, que incluíram um vídeo-diário de sua gravidez. Serena, de 35 anos declarou Serena, de 35 anos declarou que a menina nasceu em 1º de setembro pesando 3,1 quilos. Serena, de 35 anos é cofundador do Reddit. Serena, de 35 anos é cofundador do Reddit. “Então estamos saindo da clínica depois de seis dias. Foi um longo tempo. Tivemos muitas complicações, mas vejam o que conseguimos!”, declarou a estrela do tênis no vídeo, ninando o bebê. O vídeo mostra Serena dançando e rebatendo bolas de tênis à medida que a gestação pavançava além de selfies de sua barriga cada vez maior e um vídeo caseiro do casal montando o berço. Faz 5 meses, Serena confirmou a gravidez, horas depois de provocar especulações a o publicar acidental uma selfie em as redes sociais com a legenda ” 20 semanas “. e brevemente uma selfie nas redes sociais com a legenda “20 semanas”. Desportista feminina mais bem paga do mundo, Serena estava grávida quando conquistou seu 23º título de simples de um torneio do Grand Slam, há cerca de dois meses , no Aberto da Austrália, em janeiro. Se vai disputar o primeiro Grand Slam de o ano a norte-americana, que em o mês passado declarou em a revista Vogue que pretende defender seu título em 2018 em a Austrália, desde que anunciou a gravidez, onde entre 15 e 28 de janeiro, não compete, mas

Compartilhado por Alexis, o vídeo inclui o primeiro ultrassom, o crescimento da barriga de Serena, a construção do berço e a chegada do bebê. A campeã de tênis ainda conta que teve “muitas complicações” na reta final e que ficou na clínica por vários dias. Assista abaixo:”Conheça Alexis Olympia Ohanian Jr.”, revelou a desportista, que ainda pediu para seus seguidores verem um vídeo sobre a trajetória da filha. No clique, Serena aparece com a pequena bem próxima ao seu pescoço. Já no pequeno vídeo, o casal mostra os momentos mais especiais da gestação.

Leer Más