É bastante difícil aprovar reforma da Previdência no Brasil em ano eleitoral, declara S&P

Por: SentiLecto

– Vai ser bastante difícil a reforma da Previdência ser votada neste ano no Brasil, marcado por votações presidenciais, bem como progredir com medidas fiscais mais dolorosas, alegou nesta sexta-feira a diretora para ratings soberanos da Standard & Poor’s, Lisa Schineller. Na noite passada, a agência de classificação de risco rebaixou o rating de Brasil em função da demora na aprovação de medidas para reequilibrar as contas públicas, num claro sinal para a reforma da Previdência, e de incertezas devido às evotaçõesdeste ano.

Leer Más