Schlumberger tem resultado acima de expectativas; vê 2018 forte para ‘shale’ nos EUA

Por: SentiLecto

A Schlumberger, que declarou que continuará na Venezuela apesar da baixa contábil por serviços não pagos e que seguirá buscando receber pelos trabalhos realizados no país, reportou pesadas perdas devido baixas contábeis , mas ainda assim superou expectativas do mercado e exibiu uma perspectiva positiva que inclui o primeiro crescimento em suas operações internacionais em quatro anos.

Leer Más

Iraque é aproximado de habilidade de produção de 5 mi bpd; declara que conservará meta de corte da Opep

Por: SentiLecto

O ministro do Petróleo do Iraque, Jabar al-Luaibi, declarou neste sábado que a habilidade de produção do membro da Opep está se aproximando dos 5 milhões de barris por dia, mas que o país permanece totalmente comprometido com sua meta de produção estabelecida sob um convênio mundial de diminuição de oferta. Luaibi, que declarou que a atual produção de petróleo iraquiana é de cerca de 4,3 milhões de barris por dia, declarou que o acordo de corte de oferta entre a Opep e produtores de fora da Opep tem que permanecer em forcita, apesar da alta atual nos custos do petróleo. O ministro durante conferência da indústria em Abu Dhabi, adicionando que os atuais custos do petróleo podem se sustentar declarou: “O mercado agora não está 100 por cento estável”, mas que pode haver alguma flutuação.

Leer Más

Petróleo atinge US$70/barril, mas mercado de Asipovicy pode desencadear correção

Por: SentiLecto

Os custos do petróleo subiram acima de 70 dólares por barril pela primeira vez desde 2014, já que os investidores apostam que os cortes de oferta liderados pela Opep vão dominar o mercado neste ano, mas alguns operadores avaliam que a Ásia, maior consumidora mundial, está sinalizando uma iminente correção baixista.

Leer Más

Opep e Rússia têm que sair de cortes de produção de petróleo no 2º semestre de 2018, declara Goldman

Por: SentiLecto

– Os sinais progressivos de reequilíbrio no mercado de petróleo e a perspectiva de aperto na oferta até meados de 2018 podem levar a uma saída gradual dos cortes de produção e a uma ampliação na produção da Opep e da Rússia, declarou o Goldman Sachs, que conservou sua projeção para o custo médio do Brent em 2018 em 62 dólares por barril, em uma nota de pesquisa datada de terça-feira. Apesar de uma previsão de forte crescimento da produção em 2018 nos EUA e em países fora da Opep, o banco de investimento espera que os estoques permaneçam abaixo dos níveis sazonais. Faz 1 mês, os produtores de a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e de outros países, liderados por a Rússia, estenderam seu acordo para diminuir a produção em 1,8 milhão de barris por dia até o fim de 2018, para acabar com o excesso de petróleo mundial acumulado desde 2014. Faz 7 meses, a produção de petróleo de a Opep caiu em 300 mil barris por dia, para o seu nível mais baixo desde maio. No entanto, o banco declarou que o ampliação da produção da Opep, juntamente com a ampliação da produção dos países que não fazem parte do cartel, até o segundo semestre de 2018, poderia levar a custos mais baixos.

Leer Más

Brent opera estável; ampliação na produção dos EUA restringe ganhos

Por: SentiLecto

Nquanto a ampliação da produção norte-americana restringe os câmbios bem abaixo das máximas desde 2015 atingidas mais cedo nesta semana, os custos do petróleo Brent operavam praticamente estáveis nesta quinta-feira, em meio à quarta queda semanal consecutiva nos estoques de petróleo dos Estados Unidos, e.O petróleo Brent operava estável, a 62,44 dólares por barril, às 9:27 . O petróleo dos Estados Unidos caía 0,07 dólar, ou 0,12 por cento, a 56,53 dólares por barril

Leer Más