Comércio leva Rio a ter primeiro saldo positivo de contratações desde março de 2015

Por: SentiLecto

E BRASÍLIA – Na contramão do resultado negativo do país, as contrações provisória feitas pelo comércio para atender o ampliação da procura por itens de Natal levou o Estado do RJ a registrar, em novembro, o primeiro saldo positivo no mercado de trabalho desde março de 2015, há dois anos e oito meses. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego as contratações superaram as demissões no estado em 3.038 postos de trabalho mês passado. Todos o comércio instituiu eles. Todos os demais setores ficaram com saldo negativo. A indústria suprimiu 1.267 vagas, os serviços 3.654 e a construção 1.430, só para mencionar os maiores empregadores. No ano, no entanto, o estado segue com os piores resultados dentre as 27 unidades da federação. Faz 1 mês, enquanto o país tem saldo positivo de 300 mil vagas geradas, de janeiro a o RJ suprimiu 79 mil, novembro. Ma segunda-feira de Natall, a Serasa divulgou que o varejo teve seu melhor Natal desde 2010. Faz 3 dias, de acordo com a instituição, as vendas a 24 de dezembro registraram alta de %5,6 em relaçao a o mesmo fase de o ano anterior. Fernando de Holanda Barbosa Filho, economista e pesquisador da área de mercado de Trabalho da FGV-Rio observa que a melhora no mercado do Rio é pontual, devido as contratações provisória. — A crise tardou a chegar no estado por conta do ciclo olímpico. Ano passado o RJ estava em outro planeta e a crise do estado auxilia a piorar a situação. Aqui os dados vem ficando um pouco piores a cada mês , mas vai ser uma melhora bastante gradual, e assim como a do mercado de Brasil como um todo vai vir mais forte ano que vem, com a economia realmente voltando a aumentar.

Leer Más

Procura por voos no Brasil sobe 5,7% em novembro, declara Anac

Por: SentiLecto

– Faz 1 mês, a procura por voos domésticos em o Brasil subiu 5,7 por cento em relação a o mesmo fase de o ano passado, segundo dados divulgados por a Agência Nacional de Aviação Civil. A oferta de assentos pelas empresas aéreas no mês passado subiu 3,3 por cento no mesmo fase.

Leer Más

Violência no Rio provoca perda de R$ 657 mi no turismo

Por: SentiLecto

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo divulgou um novo levantamento alegando que a criminalidade no Rio de Janeiro foi culpada pela queda de mais de 650 milhões de reais nas receitas fluminenses entre janeiro e agosto de 2017. Segundo estimativas da CNC, o encerramento de vagas no setor do turismo na cidade aumentou 50% entre os meses de janeiro e agosto deste ano, quadro agravado pela violência urbana e o ritmo ainda fraco da atividade econômica no país.

Leer Más

Desemprego recua para 12,6% em agosto

Por: SentiLecto

Faz 1 mês, quando atingiu 13,1 milhões de pessoas, a taxa de desemprego medida por a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios recuou para %12,6 em agosto, divulgou o IBGE em a manhã de esta sexta-feira.Faz 4 meses, em maio, fase que serve como base de comparação, a taxa ainda estava em a casa de %13, maior platô atingido desde o começo de a série histórica de essa pesquisa que é de 2012,, em os três meses concluídos. Há um ano, no entanto, o desemprego atingia uma parcela menor da força de trabalho do país: 11,8%.

Leer Más

Faz 1 mês, Brasil instituiu 35 mil postos formais de trabalho

Por: SentiLecto

Faz 1 mês, o número de novas vagas de trabalho com carteira assinada adicionou 35.457, conforme dados de o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgado hoje por o Ministério do Trabalho e Emprego, em agosto. Faz 1 mês, segundo o Caged foi o quinto mês seguido com mais vagas de trabalho formal abertas do que fechadas em o país.

Leer Más