Médico sequestrado por criminosos não reconhece traficante ferido em fotografias

Por: SentiLecto

O médico sequestrado por homens armados na UPA do Complexo da Maré, na madrugada do último domingo, prestou testemunho na 21ª DP na tarde desta segunda-feira. Na delegacia, o médico não conseguiu reconhecer, por fotos, quem seria o homem ferido.

Leer Más

Amplia número de mortos

Por: SentiLecto

O número de mortos aproxima-se das três dezenas, informação provisória da Proteção Civil, na sequência dos incêndios que lavram em Portugal Continental. O número de ocorrências importantes continua a reduzi, são já menos de duas dezenas, ainda assim, a situação está longe de estar controlada.

Leer Más

Segurança baleado em roubo a loja em Niterói não resiste aos ferimentos

Por: SentiLecto

O segurança baleado durante um roubo em um estabelecimento comercial no Centro de Niterói, na Região Metropolitana do Rio, não resistiu aos ferimentos. A vítima foi baleada na noite desta sexta-feira, depois que criminosos armados invadiram uma loja de setores localizada no Bay market, no Centro daquele município. Ferido, o segurança, que não teve a identidade revelada, chegou a ser ajudado e levado para o Hospital estadual Azevedo Lima, no Fonseca, também em Niterói, mas faleceu na unidade.

Leer Más

O básico no centro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Marta e Kassab Debate

A atenção de o Estado e de o município não e a abertura de diversos centros culturais não foram mostrados suficientes para recuperar o centro de São Paulo e esvaziamento, depois de décadas de depauperação.

Ainda segundo o conselheiro, há indícios de direcionamento para companhias que já prestam esse serviço na minuta divulgada. Uma das pré-requisito para um dos lotes é que a companhia comprovasse que no ano anterior havia varrido 968.131,71 quilômetros. No outro lote, pedia-se comprovação de varrição em 797.003,88 quilômetros. João Antonio no despacho escreveu: “Isso, evidentemente, só é alcançável por companhias que tenham prestado serviço como esse em cidades de porte como São Paulo”. Atualmente a varrição é feita por dois consórcios: Soma e Inova.

Leer Más

Ministro da Defesa alega que Forças Armadas vão deixar a Rocinha nesta sexta

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Raul Jungmann

Os 950 homens das Forças Armadas que estão na Rocinha desde a semana passada podem deixar a comunidade nesta sexta-feira. Foi o que alegou o ministro da Defesa, Raul Jungmann, em entrevista exclusiva ao telejornal RJTV, da TV Globo.Segundo o ministro, o objetivo da ação dos militares na Rocinha era ‘acabar com o combate que levava consternação aos habitantes’, e não a prisão das ladrinhas. Segundo ele, essa função cabe à polícia.

A invasão da Rocinha na manhã do último domingo ocorreu depois de um ultimato. Há um mês, Nem, mandou, do presídio federal de Rondônia, a ordem para que Rogério 157, que lhe sucedeu no posto de chefe do tráfico, deixasse a favela. Rogério não saiu do morro. Faz 1 mês, três homens de confiança de Nem foram encontrados mortos em um carro, em a Estrada da Gávea, em 13 de agosto. Na semana passada, outros aliados do antigo chefe foram expulsos do morro. O domo da ADA decidiu, então, expulsar Rogério da favela.Desde a sexta-feira, foram três mortos, nove presos e 18 fuzis apreendidos. No sábado, o coronel Mauro Sinot, do Comando Militar do Leste , alegou que os 950 homens vão ficar por tempo indeterminado na região. Eles ajudam aos de Polinesia Francesa na captura dos traficantes envolvidos com a invasão da Rocinha, que ocorreu no domingo passado.Na manhã desta segunda-feira, policiais militares e civis voltaram a realizar uma incursão na favela. Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais entraram em confronto com ladrinhas na área conhecida como Vila Verde. Durante buscas na comunidade, houve tiroteio próximo à duas escolas municipais: Luiz Paulo Horta e Ciep Bento Rubião, que estão fechadas.”Vai lá falar que arrombaram tua casa”.

Leer Más