Importação de equipamentos de parques temáticos pode ficar mais simples

Por: SentiLecto

Os ministérios do Turismo e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços estão discutindo nova medida para apoiar e trazer novos parques temáticos ao Brasil. Para isso, a classificação dos equipamentos do setor pode ser transformada para bens de capital, o que facilita a importação de equipamentos sem similares nacionais e anima a competitividade dos parques.

Leer Más

Cuba atrae 2,000 mdd en inversión extranjera

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Reuters-Building-30SC

Reuters. – Cuba mencionó el martes que ha atraído 2,000 millones de dólares en acuerdos para inversión extranjera en lo que va del año, un récord y una señal de que el desgaste de los vínculos con Estados Unidos no atrajo 2,000 millones de dólares en acuerdos para inversión extranjera en lo que va del año, un récord y una señal de que el deterioro de las relaciones con Estados Unidos no ha perjudicado de modo significativo el interés en la nación.

Hace 2 meses, ha agradecido a Prabhu las donaciones de comidas, tractores y utensilios agrícolas para aportar a la recuperación en toda la isla del paso del huracán Irma el pasado septiembre, Díaz-Canel previsible sucesor de Raúl Castro en la Presidencia de Cuba el próximo febrero.

Leer Más

Microempreendedores reclamam de exibição de dados cadastrais na internet

Por: SentiLecto

Endereço, telefone, e-mail: tudo exposto em um clique. Alguns sites que divulgam dados cadastrais de microempreendedores individuais, além dos seus números de CPFs, têm gerado dor de cabeça e, é claro, reclamações. O EXTRA recebeu uma dessas queixas, de uma pessoa que não desejou se identificar.

Leer Más

Mais de um milhão de microempreendedores individuais inadimplentes têm CNPJ suspenso

Por: SentiLecto

— Os microempreendedores individuais que estão inadimplentes com o pagamento dos tributos relativos aos anos de 2015, 2016 e 2017 tiveram o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica suspenso por 30 dias. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, foram suspensos 1,435 milhão de CNPJs. Essa soma encarna 18,9% da base total de empresários enquadrados no MEI, que chega a 7,435 milhões. Afetou os microempreendedores que não pagaram nenhuma guia mensal referente a os fases de apuração de 2015 , 2016 e 2017 a medida e Faz 2 anos, não entregaram nenhuma declaração anual referentes e 2016. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, a suspensão provisória é uma possibilidade para que aqueles que estão inadimplentes regularizem sua situação até o dia 22 de novembro. Caso oposto, após o fase, poderá acontecer o cancelamento definitivo do CNPJ. A regularização pode ser feita no Portal do Empreendedor . Basta que o empresário requeira o parcelamento de seus débitos, o que pode ser feito em até 60 meses. Das declarações atrasadas até o dia 22 de novembro, vai evitar o cancelamento, caso ele realize algum dos pagamentos pendentes ou entregue alguma. A baixa definitiva do CNPJ não poderá ser revertida e os débitos vão migrar automaticamente para o CPF vinculado. Para continuar a exercer alguma atividade econômica formalmente, o MEI terá que tirar novo CNPJ. Segundo o secretário especial da Micro e Pequena Empresa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços , José Ricardo da Veiga, a suspensão e o posterior cancelamento dos cadastros são uma forma de otimizar o relacionamento do governo com os MEI ativos, o que é importante para o aprimoramento da política pública. “O Comitê Gestor acredita que os registros a serem cancelados são de microempreendedores que não usam mais esses CNPJ. A limpeza da base de dados e o real conhecimento dos números relacionados ao segmento são importantes para a oferta de serviços mais adequada aos MEI que, de fato, estão em atividade”, realça.

Leer Más

Governo deseja facilitar importação de itens para parques

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Clark’s Sector Model

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, estão trabalhando em conjunto para incluir o Brasil na rota dos principais parques temáticos do mundo. Segundo informações divulgadas pelo Ministério do Turismo, a ideia é mudar a classificação dos equipamentos do setor para bens de capital e animar a competitividade do país na importação de atrativos sem similar nacional.

– O aluguel de automóveis é figurinha carimbada no Turismo, mas vai ser que o brasileiro conhece a fundo os serviços de uma locadora? É diante dessa dúvida que a Movida aposta alto no Hiper Feirão de Viagens Flytour, em Santos , com o objetivo de se divulgar e ensinar os consumidores a alugarem carros. O administrador comercial da Movida, Wesley Vieira explicou: “Os clientes ainda têm muitas dúvidas quanto ao aluguel de automóveis”. Segundo ele, é preciso explicar a fundo como funciona o processo de locação e quebrar alguns paradigmas sobre o serviço. “Estamos aqui para tirar essas dúvidas. Mostrar, por exemplo, que [o cliente] pode alugar um carro aqui em uma unidade aqui em Santos e devolver em Fortaleza”, declarou ele. “Desejamo ensina-los a alugar carros da melhorformaa.” Pela terceira vez consecutiva, o Feirão tem na Movida a representante do serviço de locação de carros. Além do estande, a locadora também disponibilizou uma promoção em parceria com 31 resorts do Brasil para viagens adquiridas durante o acontecimento: O cliente ganha três diárias de locação ao adquiri cinco diárias em um dos hotéis. O administrador deduziu: “É uma maneira de nos divulgarmos e também de tentar fidelizar o cliente, que vai poder desfrutar de um aluguel sem cobrança e poder ver com os próprios olhos a característica dos nossos carros e do nosso serviço”. Voltar ao hotsite Hiper Feirão FlytourSegundo Pereira, a mudança aproxima a Política de Radiodifusão, em especial a digitalização do rádio e da TV, e as políticas industriais e de desenvolvimento tecnológico. “Trata-se também de um pleito antigo da Associação Brasileira de Rádio e Televisão . A popularização de receptores com a faixa de 76 MHz a 108 MHz vai facilitar a migração das emissoras de rádio AM, de ondas médias, para FM, sobretudo nas grandes cidades, onde os espectros já estão ocupados”, declarou.Arias alega: “O governo cubano reconhece o protagonismo do Turismo e tem trabalhado para recuperar instalações hoteleiras, estruturas civis e áreas verdes”. Segundo o dirigente, o centro da ilha foi a única região afetada pelo Irma, em destinos como Cayo Coco e Santa María. “Cuba está quase que totalmente recuperada. Alguns hotéis ficaram fechados e abrirão parcialmente em outubro. Em 1 mês, já vão estar %100 “, garante, em novembro. Havana e Varadero, as cidades mais buscadas pelos brasileiros, seguem totalmente operativas.

Leer Más