Lei vai permitir descontos para compras feitas em dinheiro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

O presidente Michel Temer sancionou uma lei que vai permitir descontos para consumidores que realizem pagamentos em espécie ao invés de cartões de crédito ou débito. A lei, que tem como origem a Medida Provisória 764/2016, além de permitir que os comerciantes cobrem custos distinguidos para um mesmo produto em função da maneira de pagamento, vai possibilitar a variação do valor em função do prazo de pagamento.

O novo Refis, acertado na noite desta sexta-feira entre governo e parlamentares, permitirá a utilização de créditos tributários para compensação de dívidas com desconto em juros e multa exclusivamente para devedores com dívidas de até R$ 15 milhões.pensou-se O PRT originalmente por a equipe econômica como um dispositivo que não permitiria descontos, como os Refis anteriores.

Leer Más

Busca por desaparecidos de acidente com embarcação de turismo na Colômbia continua

Por: SentiLecto

GUATAPÉ, Colômbia – Equipes de resgate procuravam nesta segunda-feira até 16 pessoas que se acredita estarem sumidas desde que um embarcação de turistas naufragou no domingo em um reservatório do centro-norte da Colômbia, matando ao menos seis pessoas.

Leer Más

Confiança do consumidor de Paulista cai ao menor platô em 10 meses sob conseqüência da crise política

Por: SentiLecto

– A confiança do consumidor da cidade de São Paulo caiu pelo quarto mês seguido em junho, atingindo o menor platô em quase um ano, e voltou a se aproximar da fronteira entre otimismo e pessimismo, informou a Fecomercio-SP nesta segunda-feira, realçando os conseqüência da crise política no indicador. Faz 1 mês, o Índice de Confiança do Consumidor de o município de São Paulo caiu 3,3 por cento, para 100,1 pontos de 103,5 pontos em maio. Esta quando o indicador marcou 100 pontos, é a menor leitura desde agosto do ano passado , a linha divisória entre otimismo e pessimismo. No entanto, na comparação com junho do ano passado, houve ampliação de 2,1 por cento. A queda mensal pressionou o resultado mensal de 6,7 por cento em o Índice de Expectativas do Consumidor. Faz 1 mês, já o Índice de Condições Econômicas Atuais subiu 6,6 por cento ante maio. Enquanto o que avalia as condições atuais subiu 35,2 por cento, na comparação anual, o índice que mede as expectativas caiu 7 por cento. A equipe da Fecomercio-SP escreveu: “A queda da confiança em relação ao futuro mostra a insegurança do consumidor em relação ao cenário político que se revela cada vez mais volúvel, com novos escândalos no governo, o que coloca em risco e aprovação das reformas necessárias”.

Leer Más

Nova lei permite pagamento distinguido com cartão e dinheiro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Terceira peça do escritor brasileiro José de Alencar

– Comerciantes poderão cobrar custos diferentes de acordo com a espécie de pagamento. Nesta segunda-feira, o presidente Michel Temer sancionou medida provisória, que regulamenta definitivamente uma prática que até então era proibida. Faz 6 meses, a diferenciação de custos de bens e serviços havia sido. Com a autorização para variação nas cobranças, o Palácio do Planalto e a equipe econômica esperam animar a competição entre os meios de pagamento, além de reduzi as taxas cobradas pelas operadoras de cartão. — A interdição da prática distinguida de custos tem um conseqüência de provocar o repasse de preços a todos os consumidores, independentemente do serviço — declarou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. — É uma justa reivindicação de dez anos do nosso setor. A medida que agora se torna lei beneficia toda a sociedade de Brasil — alegou Honório Pinheiro, que pinheiro mencionou uma pesquisa da semana passada, da CNDL e Serviço de Proteção ao Crédito , que assinala que 74% dos brasileiros costumam pedir descontos, presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Logistas . , e 77% dos empresários aprovam a medida provisória. Como essa espécie de matéria, mandada pelo presidente ao Congresso, tem força de lei, desde dezembro já estava em forcita. Se vai fixar a lei com o aval de os parlamentares, agora .

O problema é mais habitual nas classes C, D e E, em que o problema surge com mais força. Oito em cada dez pessoas que se enquadram nessa faixa de rendimento não conseguiram poupar dinheiro. Nas classes A e B, a quantidade de não-poupadores cai para 57% da amostra.Segundo o SPC Brasil e CNDL, 64% dos brasileiros não têm qualquer espécie de reserva financeira. Entre aqueles que têm algum recurso guardado, mais da metade utilizou recentemente parte dos recursos poupados. Os principais motivos foram o pagamento de despesas do dia a dia , inesperados e pagamento de dívidas .

Leer Más

Não consulte o Congresso, se persistirem os sintomas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luís Roberto Barroso

Sob o título “O Congresso Nacional não pode fazer o papel da Anvisa”, o artigo a seguir é de autoria de Rogério Tadeu Romano, advogado e procurador regional da República aposentado.

Ao sancionar o texto que libera para venda no país três remédios anorexígenos , o presidente interino, Rodrigo Maia , arrancou mais um naco da autoridade da Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Leer Más