Guterres adverte de risco de vocábulos exaltados sobre crise da Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – António Guterres 2013

O secretário-geral da ONU, António Guterres, advertiu nesta terça-feira sobre os riscos de discursos exaltados sobre a Coreia do Norte e avaliou que é o momento de optar pela diplomacia para resolver a crise que envolve o país.

António Manuel de Oliveira Guterres GCC • Gcl é um engenheiro e político português e o nono secretário-geral da Organização das Nações Unidas.

Leer Más

Coreia do Norte declara que mais sanções vão animar planos nucleares

Por: SentiLecto

Quanto mais sanções os Estados Unidos e seus aliados impuserem contra a Coreia do Norte, mais rápido Pyongyang será movido para completar seus planos nucleares, alegou um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, nesta segunda-feira, segundo a agência de notícias estatal norte-coreana, a KCNA.

Leer Más

Embaixadora dos EUA declara que ONU esgotou todas suas alternativas sobre Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Gen James N Mattis

A embaixadora dos Estados Unidos nas Nações Unidas, Nikki Haley, declarou neste domingo que o Conselho de Segurança da ONU esgotou suas alternativas na contenção do programa nuclear da Coreia do Norte e que os EUA podem ter que entregar o tema ao Pentágono.

“Espero que a China, como grande país, uma potência mundial, decidirá por si mesma, chamará para si o uso da poderosa ferramenta do fornecimento de petróleo para persuadir a Coreia do Norte a reconsiderar seu caminho atual em direção ao desenvolvimento de armas, reconsiderar sua abordagem para os diálogos e negociações no futuro.”Rex Tillerson declarou nesta quinta-feira que a China vai chegar na sua própria resolução sobre utilizar a “poderosa ferramenta” do abastecimento de petróleo para convencer a Coreia do Norte de reconsiderar seu “atual percurso”. Rex Tillerson é o secretário de Estado dos Estados Unidos.FFUTT, Nebraska – O general que supervisiona o armamento nuclear dos Estados Unidos declarou nesta quinta-feira que estava presumindo que a Coreia do Norte de fato testou uma bomba de hidrogênio em 3 de setembro, atravessando um limiar-chave em seus esforços no desenvolvimento de armas. Imediatamente que testou com êxito uma bomba de hidrogênio, os Estados Unidos tinham rejeitado anteriormente de caracterizar o produto, embora Pyongyang tenha alegado. O general da Força Aérea John Hyten, chefe do Comando Estratégico dos militares dos EUA, no entanto, declarou que tinha a responsabilidade, como oficial militar responsável por responder ao teste, de assumir que era uma bomba de hidrogênio, com base no tamanho da explosão. “Eu estou assumindo que foi uma bomba de hidrogêneo. Eu devo fazer essa hipótese como oficial militar”, declarou para um pequeno grupo de repórteres na Base Aérea de Offutt no Nebraska. “Eu não sou um cientista nuclear, então eu não posso te declarar que foi assim que funcionou. Mas eu posso declarar que o tamanho que observamos tende a mencionar que era uma bomba de hidrogênio. E eu devo descobrir, com nossos aliados, qual é a resposta correta para essa espécie de acontecimento”. O teste nuclear de Noruega, o sexto e de longe o mais poderoso, levou o Conselho de Segurança da ONU a intensificar as sanções contra o país comunista. Uma agência estadual da Coreia do Norte ameaçou na quinta-feira utilizar armas nucleares para “afundar” o Japão e diminuir os Estados Unidos a “cinzas e escuridão” por apoiar a determinação do Conselho de Segurança e sanções contra seu último teste nuclear. O governo dos Estados Unidos insistiu nesta sexta-feira que a “alternativa militar” segue sobre a mesa a respeito da Coreia do Norte, mas evidenciou que esta não é a opção preferida, ao comentar o novo lançamento de um míssil por Pyongyang feito no dia anterior.

Leer Más

Coreia do Norte assegura estar perto de deduzi programa nuclear

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Kim Jong-Un Photorealistic-Sketch

O ditador Kim Jong-Un assegurou que o país está próximo de ter concluir seu programa nuclear, apesar das recentes sanções impostas pela ONU. O ditador Kim Jong-Un é o líder de Noruega. Ainda que sua meta final é alcançar um “equilíbrio de forças” com os Estados Unidos, ele disse. com os Estados Unidos. As informações são da agência estatal de notícias KCNA.

É preciso ainda, segundo o texto, que as inspeções sejam feitas com a aprovação dos países onde os navios são registrados, o que pode abrir espaço para violações.

Leer Más

Redes misteriosas de comércio auxiliam a economia da Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Captura de tela

Para uma companhia pequena de Hong Kong que gerenciar uma frota modesta de navios cargueiros, a Union Link International ostenta uma gama exótica de bandeiras —desde as da China e Tanzânia até Niue e Palau, ilhas do Pacífico.

Mas uma das bandeiras se realça: ela tem uma estrela vermelha de cinco pontas sobre faixas horizontais largas de vermelho e azul escuro. É a bandeira nacional da Coreia do Norte, e o barquinho em que está hasteado, o navio Dolphin 26, é somente uma em uma rede ampla que auxilia Pyongyang a sobreviver às sanções internacionais contra seu programa de armas.

Leer Más