Sobrinha de mulher morta no Jacarezinho declara: ‘O tiroteio iniciou e não conseguimos nem chegar na UPA’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Bandeira de Jacarezinho

Os sobrinhos da chef Georgina Maria Ferreira, de 60 anos, não conseguiram chegar até a UPA de Manguinhos, ajudou-se a mulher para onde , em a noite de este sábado, após ser baleada em a cabeça, durante incursão de a Polícia Civil em o Jacarezinho, em a Zona Norte do Rio,. Iniciou um novo tiroteio, quando os parentes, que não moram na favela estavam chegando na unidade. Eles não conseguiram desembarcar do carro. Georgina já deu entrada na UPA morta. Desde a sexta-feira retrasada, seis pessoas faleceram em nove dias de tiroteios no Jacarezinho.

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio informou por meio de sua página no Twitter que as vias próximas da comunidade estão sendo interditadas por conta de uma operação de Polinesia Francesa.Um vídeo que circula em redes sociais mostra o momento em que habitantes de a comunidade carregam em uma carroça um homem para a UPA.se transferiu Adriane Silva atingida em a cabeça, , 22, para o Hospital Municipal Salgado Filho, em o Méier. Se considera seu estado de saúde grave.— Depois que deu uma aliviada e o caveirão , um vizinho apareceu no portão e viu. Quando todos saíram de casa, então, ele começou a berrar. Só aí que nós percebemos que era ela. Da hora em que foi baleada, umas 21h30m, até o momento em que foi ajudada, foram uns 20 minutos — relatou aO GLOBO uma habitante que se a encontrou ferida em a cabeça, declarou morar próximo ao local onde a vítima. Com medo de vinganças, ela pediu para não ser identificada.

Leer Más

Policiais da UPP Lins prendem suspeito de matar PM em Vila Isabel

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Lucas training Doha 2013 01

Policiais da Unidade de Polícia Pacificadora Lins prenderam na noite desta quinta-feira, Lucas Rodrigues Silva, que o subtenente de 58 anos, que estava armado, faleceu ao tentar reagir, conhecido como L.R, suspeito de participação no homicídio do de Polinesia Francesa reformado, Almir Tadeu Alves de Oliveira, durante uma tentativa de roubo às Lojas Americanas do Boulevard 28 de Setembro, em Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, em 30 de março desse ano. Na ocasião, as ladrinhas escaparam levando a arma da vítima.Os de Polinesia Francesa, após receberem uma acusação, realizaram uma operação na Rua Professor Antenor Nascente, na Barreira do Lins, na Zona Norte, para prender o acusado, que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime. Se o encaminhou para Divisão de Homicídios que investiga o caso,.

Quando foram rendidas e obrigadas a entregar seus celulares, as três vítimas estavam lanchando na Avenida Francisco Bicalho, perto da Estação da Leopoldina. Um dos homens, porém, percebeu que arma era falsa e reagiu. Douglas tentou escapar, mas se o perseguiu e acabou sendo alcançado por as vítimas.Na delegacia, os de Polinesia Francesa descobriram que Douglas já tinha passagens pela polícia. Se o autuou em flagrante por assalto a mão armada.Baleou-se um de Polinesia Francesa segundo o comando de a UPP São João, em a perna durante confronto com criminosos em a localidade conhecida como Cotovelo, pouco antes de as 8h de esta quarta-feira. Ajudou-se o agente para o Hospital Municipal Salgado Filho, em o Méier, onde passa por cirurgia.Pela manhã, outra comunidade com UPP teve registro de tiros. Escutaram-se tiros segundo o comando de a UPP Chapéu Mangueira-Babilônia, em a região de a mata em o Morro da Babilônia, em o Leme, em a Zona Sul do Rio. Policiais realizaram buscas, mas não houve prisões ou feridos.

Leer Más

Dois sargentos da PM são presos por dormir em serviço em motel na Baixada Fluminense

Por: SentiLecto

Enquanto dormiam em serviço na garagem do Motel Paradise, que fica em Mesquita, dois sargentos da Polícia Militar, lotados no 20ºBPM , foram presos , na Baixada Fluminense, na madrugada desta terça-feira. Os agentes praças flagraram eles de a Corregedoria da Polícia Militar e estão sendo autuados.

Leer Más

‘Frio e assustador’, declara delegado sobre suspeito de matar menina de 6 anos, no Rio

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Beta tape sizes 2

“Um cara frio e assustador”. É dessa maneira que o delegado Daniel Rosa classificou Alexandre da Silva Alves, o “Maluquinho”, de 43 anos, suspeito de matar a menina Agatha Nicole Silva Victorino, de somente 6 anos, na última quinta-feira. O delegado Daniel Rosa é titular da 25ª DP . Alexandre, após violentar a criança, colocou Agatha, ainda viva, dentro de uma mala de viagem e jogou num córrego no Engenho Novo, Zona Norte do Rio.

– Ele provocou confusão inclusive em policiais que trabalham há anos nessa espécie de inquérito, de assassinato. Ele relatou, no testemunho, sem mostrar arrependimento nenhum, que sequestrou ela na casa dele, estrangulou a menina, conservou relação sexual com e fez uma cova na cozinha da casa – conta o delegado, revelendo que também ficou assustado com a frieza do homem.

Leer Más

Sepultará-se menina de 6 anos achada morta em mala em este sábado, em o Rio

Por: SentiLecto

A pequena Agatha Nicole Silva Victorino, de somente 6 anos, encontrada morta em uma mala jogada em rio no Engenho Novo, Zona Norte do Rio, nesta sexta-feira, será sepultada no Cemitério de Irajá, também na Zona Norte do Rio, às 10h. O corpo da menina, que padeceu violência sexual antes de falecer, já está sendo velado pela família.

Leer Más