Presidente das Filipinas critica e xinga líder da Coreia do Norte

Por: SentiLecto

O polêmico presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, que argumentou que, se houver um conflito nuclear na península coreana, ainda que seja restringido, a chuva radiativa “pode arruinar o solo e os recursos, chamou nesta quarta-feira de “filho da puta” o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un , e lhe acusou de “jogar com brinquedos arriscados” que podem arruinar a região.

Leer Más

Duterte declara que irá conservar campanha violenta de guerrazinha à droga nas Filipinas

Por: SentiLecto

O Presidente de Filipinas, Rodrigo Duterte, reiterou hoje, apesar das críticas internacionais, que não irá inverter a sua política violenta de guerrazinha à droga, ddeclarandomesmo que traficantes e toxicodependentes têm asomenteduas hsuposições “a prisão ou o inferno”.O chefe de Estado filipino no discurso anual do estado da nação, de acordo com a agência Associated Press disse: “Não tentem assustar-me com ameaças de prisão ou com o Tribunal Penal Internacional”.”Eu estou disponível para ir para a prisão para o resto da minha vida”, adicionou.”O guerrazinha [à droga] não vai parar até que aqueles que estiverem envolvidos percebam que têm que parar porque as opções são a prisão ou o inferno”, alegou Duterte, estimulando os aplausos do chefe da polícia filipina, Ronal del Rosa, e de outros presentes na audiência.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Faz 1 mês, desde que Duterte arremessou a campanha de guerrazinha em a droga logo a seguir a tomar posse como Presidente das Filipinas,, milhares de alegados traficantes e toxicodependentes foram mortos de o ano passado, justificando críticas internacionais e ameaças de processo criminal, em junho.ários milhares de pessoas saíram hoje à rua em Manila numa mpasseatade protesto contra ou reclamando quase tudo, desde o cumprimento da promessa feita por Duterte no discurso do ano passado de icomeçarconversações de paz com os insurgentes comunistas até ao aumento da velocidade na Internet.

Leer Más

Presidente de Filipinas rejeita convite de Trump e declara que EUA são ‘irrelevantes’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – EscoltaManila1899

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, respondeu nesta sexta-feira a um convite da Casa Branca declarando que não vai ir aos Estados Unidos, um país que ele considera “irrelevante”.

O líder de Filipinas a jornalistas declarou: “Em nenhum momento durante meu mandato, inclusive depois, vou viajar aos Estados Unidos”. “Já vi os Estados Unidos e são irrelevantes. Cometem violações dos direitos humanos.”

Leer Más

Duterte pede que Congresso prorrogue lei marcial em Mindanao até o fim do ano

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Zamboanga city college ph04p62

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, que disse a lei marcial na região de Mindanao no mesmo dia da ação jihadista em Marawi, requereu ao Congresso que prorrogue até o dia 31 de dezembro a lei marcial na ilha de Mindanao devido ao conflito entre o Exército e rebeldes jihadistas, informou nesta terça-feira o porta-voz da presidência, Ernesto Abella. Quatro dias antes de expirar o prazo de dois meses de vigência marcado pela Constituição para esta medida excepcional, o governante exibiu a abaixo-assinado em uma carta de sete páginas acompanhadas de um relatório, explicou Abella em coletiva de jornalismo.

Mindanau ou Mindanao é a segunda maior ilha no arquipélago filipino, com 97 530 quilômetro² e é também o nome de um dos três grupos de ilhas que compõem o país.

Leer Más

Polícia e exército das Filipinas pedem extensão da lei marcial no sul do país

Por: SentiLecto

As forças de segurança das Filipinas pediram ao Presidente, Rodrigo Duterte, para estender a vigência da lei marcial nas ilha de Mindanao, depois de quase dois meses a lutar os rebeldes, declarou hoje o chefe da Polícia Nacional.Exército e polícia entregaram um documento a Duterte, no qual “demonstraram a sua posição em defesa de estender a lei marcial” na ilha, com cerca de 20 milhões de moradoras, no sul do país, declarou Ronald dela Rosa em conferência de jornalismo. Ronald dela Rosa é o chefe da Polícia Nacional.Faz 2 meses, Duterte disse, em Mindanao, a lei marcial. Ao abrigo da Constituição, a lei marcial pode ser renovada a cada 60 dias, com a necessária aprovação do Congresso.O chefe da Polícia não divulgou pormenores sobre a abaixo-assinado exibida ao Presidente, nem especificou a duração proposta da extensão da lei marcial, que conclui a 22 de julho.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.O secretário da Defesa e gerente da lei marcial, Delfin Lorenzana, também entregou a sua recomendação a Duterte sobre a lei marcial, mas escusou-se a pronunciar-se sobre o conteúdo da mesma.Duterte impôs a lei marcial no mesmo dia em que grupos armados ocuparam parcialmente a cidade maranhense, no oeste de Mindanao, num conflito que continua e provocou mais de 500 mortos em menos de dois meses.A Constituição das Filipinas permite a instauração da lei marcial por 60 dias no caso de motim ou invasão.O Presidente das Filipinas alegou, no final de maio, que a lei marcial em forcita na região de Mindanao vai poder conservar-se em forcita durante um ano.A lei marcial — imposta por forças militares em caso de emergência ou de perigo quando as autoridades civis não conseguem conservar a segurança — foi instaurada na terça-feira em Mindanao, depois de terem sido registados violentos confrontos entre as forças armadas filipinas e combatentes com ligações ao grupo extremista Estado Islâmico .

Leer Más