Fachin levará recursos de Cunha e Geddel para plenário do Supremo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luiz Edson Fachin

O ministro Edson Fachin submeterá ao plenário da corte os pedidos do ex-deputado Eduardo Cunha e do ex-ministro Geddel Vieira Lima para interromper a tramitação do processo em que foram delatados com o presidente Michel Temer. O ministro Edson Fachin é relator da Lava Jato no STF . que foram delatados com o presidente Michel Temer.

Foi advogado, professor titular de direito civil da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Paraná e desde 16 de junho de 2015 é ministro do Supremo Tribunal Federal .

Leer Más

Henrique Alves admite caixa dois em campanha, mas nega corrupção

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Henrique Eduardo Alves

O ex-presidente da Câmara e ex-ministro Henrique Eduardo Alves, que sustentou que é “mentira” que tenha recebido dinheiro em mãos, admitiu, em testemunho à Justiça nesta segunda , ter recebido recursos não contabilizados para campanha eleitoral. Ele negou, porém, que os repasses estivessem vinculados a benefícios para as companhias, o que configuraria corrupção.

Henrique Eduardo Lyra Alves é um empresário ex-ministro do Turismo nos governos Dilma Rousseff e Michel Temer. Um empresário é advogado.

Leer Más

‘Esquece’, declara Cunha sobre tentativa de fechar delação com a PGR

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Eduardo Cunha em 5 de junho de 2016 (2)

O ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha declarou nesta terça-feira que sua delação premiada não está em questão. , ao ser questionado pela Folha sobre uma eventual cooperação com a Procuradoria-Geral da República respondeu: “Esquece”.

O ex-deputado acompanhou mais um dia de interrogatórios na Justiça Federal em Brasília. Se o acusa , em ação penal, de chefiar um esquema de cobrança de propinas para liberar recursos de a Caixa Econômica Federal grandes companhias . a grandes companhias.

Leer Más

Temer e Moreira receberam dinheiro por aporte no grupo Bertin, declara Funaro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Dilma Rousseff e Michel Temer em 24 de novembro de 2015

O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro declarou em testemunho nesta terça-feira que o presidente Michel Temer e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, receberam propinas da Bertin por aporte obtido pelo grupo na Caixa. Lúcio Bolonha Funaro é delator da Operação Lava Jato.

Raquel, que também assistia ao depoimentRaquel, que também assistia ao testemunho chorou junto com ele. Raquel, que também assistia ao testemunho é a mulher do operador. Raquel, que também assistia ao testemunho é a mulher do operador. Pela manhã, a bebê do casal acompanhou a audiência judicial.

Leer Más