Suprema Corte dos EUA recusa recurso e abre percurso para realização no Texas

Por: SentiLecto

A Suprema Corte dos Estados Unidos recusou um recurso de último minuto de um prisioneiro do Texas, cerca de uma hora antes da sua programada realização nesta quinta-feira pelo homicídio de um guarda penitenciário em 1999.

Leer Más

Hillary tem 42% ante 36% de Trump, com o candidato perdendo suporte entre as mulheres

Foto: Wikipedia – Hillary Clinton by Gage Skidmore 2

– A democrata Hillary Clinton aumentou seu benefício ante o republicano Donald Trump para 6 pontos percentuais na última pesquisa de intenção de votos para a votação norte-americana Reuters/Ipsos divulgada nesta sexta-feira, que assinala que Trump perdeu suporte entre as mulheres. A pesquisa de opinião governada entre 21 e 27 de outubro mostra que 42 por cento das pessoas que já votaram ou Em 1 mês, esperam apoiam Hillary, ante 36 por cento para Trump. A liderança de Hillary uma semana atrás era de 4 pontos. A pesquisa foi anterior ao anúncio feito pelo FBI nesta sexta-feira de que estava investigando novamente como Hillary gerenciar informações confidenciais enquanto era Secretária de Estado. Hillary também tinha 6 pontos de benefício em uma pesquisa Reuters/Ipsos que incluiu candidatos de partidos alternativos. Ambas as pesquisas, governadas online em inglês em todos os 50 Estados dos EUA incluíram 1.627 norte-americanos adultos que foram considerados prováveis eleitores de acordo com seu histórico de eleição, status de registro e declaração de intenção de voto. A pesquisa tem margem de erro de 3 pontos percentuais para toda a amostra e 4 pontos percentuais entre as eleitoras.

— Saiam hoje e votem — disse em St. Augustine, Flórida. — Você pode sair daqui hoje e votar, para resolvermos logo isso.Nos últimos comícios, Hillary tem pedido não somente o voto dos eleitores, mas que eles façam isso o quanto antes. A ideia é consolidar a liderança: no domingo, uma pesquisa do “Washington Post” a mostrou com 12 pontos de benefício. Faz 1 dia, fez campanha em New Hampshire com a senadora Elizabeth Warren, uma de as mais progressistas de o país, ontem. O presidente Barack Obama tem aproveitado para reforçar o pedido de votos em governadores e senadores do partido. Democratas acreditam ter possibilidades de progredir no Congresso e recomeçar o Senado.Trump propôs que teria que haver uma mudança de foco na posição dos EUA de tentar remover Assas:”Nós desejamo um presidente que encare essa posição seriamente, e que tenha o temperamento e a maturidade para isso. Alguém que seja estável. Alguém em quem possamos confiar com os códigos nucleares”, declarou Michelle. Alegou: “Não viria aqui para mentir para vocês: acredito com todo o meu coração que Hillary Clinton vai ser essa presidente”.

Leer Más