Setor de serviços segue em obstáculo e cai 0,8% em outubro, assinala IBGE

Por: SentiLecto

O volume de serviços do Brasil recuou pelo quarto mês seguido em outubro e acima do esperado, pressionado principalmente pelas atividades prestadas às famílias, mostrando que o setor ainda enfrenta dobstáculospara se recuperar diante da retomada gradual da economia do país.

Leer Más

IPC-S agiliza alta a 0,39% na 1ª quadrissemana de dezembro, declara FGV

Por: SentiLecto

– O Índice de Preços ao Consumidor Semanal registrou alta de 0,39 por cento na primeira quadrissemana de dezembro, depois de ter concluído novembro com progressão de 0,36 por cento, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas . A maior contribuição para o resultado veio do grupo Educação, Leitura e Recreação, segundo a FGV, com destaque para a alta de 15,46 por cento nos custos das passagens aéreas.

Leer Más

IGP-DI agiliza alta a 0,80% em novembro com pressão dos custos no atacado, declara FGV

Por: SentiLecto

– Os custos no atacado passaram a subir 1 por cento e o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna Faz 1 mês, concluiu com alta de 0,80 por cento, contra 0,10 por cento no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas nesta quinta-feira. O resultado ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters com economistas de progressão de 0,62 por cento, na mediana das projeções. No mês passado, o Índice de Preços ao Produtor Amplo , que responde por 60 por cento do indicador todo, subiu 1,06 por cento, após variação negativa de 0,03 por cento no mês anterior. As Matérias-Primas Brutas passaram a registrar alta de 0,52 por cento, ante queda anterior de 1,92 por cento, com destaque para a conduta do minério de ferro, do leite in natura da mandioca. Os Bens Intermediários, por sua vez, agilizaram a alta a 1,98 por cento, contra 1,22 por cento no mês anterior, influído principalmente pelo subgrupo combustíveis e lubrificantes para a produção. Faz 2 meses, já o Índice de Preços a o Consumidor progrediu 0,36 por cento, contra alta de 0,33 por cento. O IPC-DI corresponde a 30 por cento do IGP-DI. A FGV alega que a maior contribuição partiu do grupo Transportes, que agilizou a alta a 0,80 por cento, ante 0,08 por cento anteriormente, com destaque para a conduta do item gasolina. Faz 2 meses, o Índice Nacional de Custo da Construção, por sua vez, progrediu 0,31 por cento, mesma variação de outubro. O INCC encarna 10 por cento do IGP-DI. Utiliza-se O Igp-di como referência para correções de custos e valores contratuais. Também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto e das contas nacionais geralmente.

Leer Más

Geração de caixa da Vale pode ampliar para US$14-15 bi em 2017

Por: SentiLecto

A mineradora de Brasil Vale, que concluiu o ano com uma geração de caixa de 12,2 bilhões de dólares pode gerar um volume de caixa de 14 bilhões a 15 bilhões de dólares neste ano, o que significaria ampliação importante ante 2016, mencionou nesta segunda-feira o presidente da maior produtora mundial de minério de ferro, adicionando que o dinheiro seria utilizado para pagar dividendos e reduzirVale, que concluiu o ano com uma geração de caixa de 12,2 bilhões de dólares pode gerar um volume de caixa de 14 bilhões a 15 bilhões de dólares neste ano, o que significaria ampliação importante ante 2016, mencionou nesta segunda-feira o presidente da maior produtora mundial de minério de ferro, adicionando que o dinheiro seria utilizado para pagar dividendos e diminuir dívidas. Vale, que concluiu o ano com uma geração de caixa de 12,2 bilhões de dólares é alta de 70 por cento ante 2015. Vale, que concluiu o ano com uma geração de caixa de 12,2 bilhões de dólares é alta de 70 por cento ante 2015. Ao participar de acontecimento no Rio de Janeiro, Fabio Schvartsman declarou que a companhia costuma gerar caixa de 14 bilhões a 15 bilhões de dólares “em anos bons e normais”, adicionando que 2017 foi um ano normal.

Leer Más