Inhotim está descolado dos negócios do empresário, alega novo gestor

Por: SentiLecto

Novo presidente do conselho de gestão do Instituto Inhotim, o economista Ricardo Gazel, 58, assumiu a posição antes ocupado pelo empresário Bernardo de Mello Paz com a tarefa de aliviar parceiros do museu e apostar na permanência dos projetos.

Leer Más

COB volta atrás, e assembleia vai ter 12 desportistas

Por: SentiLecto

O judoca Tiago Camilo vai ser um dos desportistas com direito a voto

“Fico contente de estar dessa nova construção do esporte brasileiro. Acredito que nós, desportistas, temos agora que nos juntar cada vez mais para fazer valer essa representação. Fico contente e com o sentimento de compromisso maior, de me doar em vantagem do desenvolvimento do esporte brasileiro”, alegou Tiago Camilo.

Leer Más

Esporte lucra em feriado nos Estados Unidos

Por: SentiLecto

O ‘Thanksgiving’, ou Ação de Graças no Brasil, é o principal feriado de America. É o único fase em que a grande maioria dos trabalhadores pode ter folga e ficar com suas famílias. Nas ruas de Boston, onde está a Máquina do Esporte, foi difícil achar um restaurante aberto. Na TV, o destaque é o enorme desfile em Nova York. E NFL. Tem muita NFL no ‘Thanksgiving’, que já era utilizada como pretexto para praticar o esporte no meio da tarde. O costume do futebol americano no feriado não tem, originalmente, nenhuma relação comercial. Por isso mesmo, desde a criação da NFL, em 1920, existem partidas da liga nessa data.

Leer Más

Análise: Fragilidade de torcida de Brasil dificulta trabalho europeu

Por: SentiLecto

É habitual no mercado desportivo brasileiro o discurso de que times nacionais perdem espaço para os europeus. Sem nenhuma dúvida, há um grande peso do velho continente, mas, financeiramente, essa carga não chega ao seu maior potencial. E isso porque o torcedor do país está longe de ser o mais próximo das equipes.

Leer Más

Fora da Rússia, EUA sonha com Copa do Mundo paralela

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Fox Latin American Channels

A ausência italiana fez acender um sinal de alerta para a Federação Americana de Futebol, a US Soccer. Segundo o jornal “The Washington Post”, a entidade estuda fazer um convite a outros países que ficaram de fora do Mundial para instituir uma competição no mesmo fase.

De acordo com a revista Sports Illustrated, a federação do país pretende coordenar um torneio paralelo à Copa, incluindo outras seleções tradicionais que acabaram ddesapontandono qualificatório.”Lamento bastante que a Itália não tenha conseguido se classificar para o Mundial. Os italianos sempre deram uma cor para os Mundiais”, disse o argentino no Twitter.

Leer Más