EXCLUSIVO-Coreia do Norte descarta negociações sobre armas nucleares

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Hamhung Beach (14327190016)

Enquanto exercícios militares conjuntos entre os Estados Unidos e a Coreia do Sul continuarem, a Coreia do Norte descartou nesta sexta-feira a chance de negociações com Washington, e declarou que o programa de armas atômicas de Pyongyang vai permanecer como uma dissuasão a uma ameaça nuclear dos EUA.

Choo a um centro de estudos washingtoniano declarou: “O presidente Trump frequentemente sublinha que ele coloca todas as alternativas sob a mesa”. “Nós desejamo garantir que essa alternativa de outro combate não seja colocada sobre a mesa. Sob nenhuma circunstância o governo dos EUA deve progredir e buscar uma alternativa militar sem a aprovação da Coreia do Sul”.

Leer Más

Sanções da ONU à Coreia do Norte são só um pequeno passo, ddeclaraTrump

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

Donald Trump declarou nesta terça-feira que as sanções mais recentes impostas pela Organização das Nações Unidas na Coreia do Norte foram só um pequeno passo Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. e nada comparado com o que teria que ocorrer para se lidar com o programa nuclear do país.

Donald John Trump é um empresário, personalidade televisiva e político estadunidense, sendo atualmente o 45.

Leer Más

Após sanções, Coreia do Norte declara que EUA vão sentir ‘a maior dor’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Hamhung Beach (14327190016)

A Coreia do Norte recusou nesta terça-feira a determinação do Conselho de Segurança da ONU que impôs novas sanções a Pyongyang e declarou que os Estados Unidos vão enfrentar em breve “a maior dor” que já sentiram.

O bloco chino-russo a sugeri um jogo que os Estados Unidos recusam por enquanto, apesar da recente anuência chino no uso de sanções através da ONU.

Leer Más

Coreia do Norte recusa novas sanções da ONU e ameaça Estados Unidos

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Hamhung Beach (14327190016)

A Coreia do Norte, que declarou que os Estados Unidos vão enfrentar em breve “a maior dor” que já sentiram, recusou nesta terça-feira uma determinação do Conselho de Segurança da ONU que impôs sanções mais rígidas a Pyongyang , e

“O mundo vai ver como a Coreia do Norte vai domar as ladrinhas dos Estados Unidos tomando uma série de ações mais duras do que eles nunca imaginaram”, adicionou o porta-voz, cujo nome se o informou não .- Faz 9 dias, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas impôs por unanimidade sanções contra a Coreia do Norte em esta devido a o sexto e mais poderoso teste nuclear de o país, em 3 de setembro, estabelecendo a interdição de as exportações de produtos têxteis de a país e restringindo as importações de petróleo. Foi a nona determinação de sanções aprovada por unanimidade pelo conselho de 15 membros desde 2006 sobre os programas de mísseis balísticos e nuclear da Coreia do Norte. Os Estados Unidos aliviaram um primeiro esboço de determinação mais rígido para ganhar o suporte de China e Rússia, aliadas de Pyongyang. PEQUIM/VLADIVOSTOK, Rússia – A China consentiu nesta quinta-feira que a Organização das Nações Unidas deveria adotar novas ações contra a Coreia do Norte depois de seu teste nuclear mais recente, mas também pressionou por mais diálogo para auxiliar a resolver o impasse.

Leer Más

EUA receberão mais ‘pacotes de presente’, declara Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Nikki Haley official Transition portrait

A Coreia do Norte, que “, alegou o embaixador, alegou nesta terça-feira que endereçou recentemente um “pacote de presente” aos Estados Unidos , e que mais vão vir em seguida.

De acordo com comunicado emitido pela Presidência da Coreia, os mandatários de ambos países consentiram que “é importante aplicar sanções e pressão máximas sobre a Coreia do Norte”. Ainda que a intenção é fazer com que o país vizinho, a nota declara “pare com as provocações” e se conduza à mesa de negociações sobre a questão nuclear.“A Coreia do Norte é uma nação pária que se tornou uma grande ameaça e embaraço para a China, que está tentando auxiliar, mas com pouco êxito”, considerou o presidente de America.Falando à Fox News, Mnuchin ddeclarouque pvai pedirao presidente dos EUA, Donald Trump, que considere fortemente cortar todo o comércio com as novas sanções.

Leer Más