ILTM espera que Brasil diversifique produtos de opulência

Por: SentiLecto

– Os Estados Unidos são o maior mercado emissor de turistas no mundo, e o principal para o Brasil fora da América do Sul, mas Em 1 mês, os norte-americanos definitivamente não vão embarcar a o País enquanto o Rio continuar imagem tão negativa a o Exterior. transmitindo uma ” ” ao Exterior. Assim pensa Simon Mayle a respeito do nosso mercado receptivo neste momento, colocando o visitante europeu e asiSimon Mayle a respeito do nosso mercado receptivo neste momento, colocando o visitante europeu e asiático no mesmo quadro. Simon Mayle é o diretor da ILTM Latin America. Simon Mayle é o diretor da ILTM Latin America. O expert em viagens de opulência lamenta a situação da Cidade Maravilhosa. Pessimismo no receptivo, otimismo no emissivo. Em 2017 a Europa voltou a carimbar passaportes de Brasil em nível pré-crise e promete um 2018 de recordes quebrados. Ampliação expressivo em Portugal, Reino Unido, Espanha, França e Itália de um turista bastante bem-vindo em seus territórios, já que o brasileiro ranqueia entre os que mais gastam no Exterior. “Veja o caso espanhol, enquanto o índice de gastos deste mesmo turista foi 36% maior. Em consulta com as empresas aéreas estrangeiras que atuam no Brasil, a ILTM Latin America notou uma ampliação de 40% de receita vinda de tíquetes premium em 2017”, comemora Simon Mayle em entrevista exclusiva ao Portal PANROTAS durante esta ILTM Cannes 2017. “Os mais consolidados destinos europeus estão acima dos dois dígitos de alta de brasileiros este ano, e eles certamente estão se beneficiando do conseqüência Donald Trump, já que os Estados Unidos acumulam queda sobre queda em 2017, embora haja um inacreditável performance de destinos luxuosos como Santa Monica e Santa Barbara, na Califórnia.” COMO MELHORAR? Já em relação ao inbound, a solução seria tentar turbinar a venda de São Paulo e destinos secundários lá fora, pois, não bastasse o Caribe, o Brasil agora enfrenta a crescente e dura concorrência de expoentes como Peru e Argentina na opulência. “Não me canso de declarar que o Brasil é o destino mais diversificado do mundo, com praticamente tudo o que se pode oferecer do básico aa alta norma, mas a violência, a crise e os escândalos políticos prejudicam. Então é preferível investir seu tempo nos vizinhos sul-americanos”, admite o “brasileiríssimo” Mayle. Enquanto o governo não começar a promover rotundamente outros destinos, o Brasil vai seguir como ume eterna promessa, na opinião do expert. “Argumentos para São Paulo não faltam: metrópole cosmopolita, vibrante e hospitaleira e com uma das mais altas gastronomias do mundo, sem contar a estrondosa parada LGBT e outros acontecimentos. Foz do Iguaçu dispensa observações, Inhotim é algo incomparável, embora ainda demande um hotel de ponta, não existe um museu a céu aberto tão fabuloso no mundo. Fernando de Noronha , Jericoacoara , Amazônia…” Do exótico à ecoaventura, escolha o seu produto. ILTM LATIN AMERICA 2018 Pela primeira vez com essa alcunha, em substituição à Travelweek by ILTM, o eacontecimentodconduzidopor Simon Mayle avai abusardo networking, algo bem similar ao que aocorrecom o carro-chefe Cannes, aliás. A ideia é ampliar o engajamento entre os players e desenvolver forte relacionamento, entre outras formas, com acontecimentos paralelos. O britânico garante: “Vamo entregar o melhor da hospitalidade de Brasil ao mesmo tempo em que entregamos experiências memoráveis”. Agentes e operadores de opulência interessados em Amsterdã, Barcelona e Paris também podem ir ao Pavilhão da Bienal otimistas com novos expositores já que “estamos traduzindo da melhor forma possível essa nova cena internacional que vem surgindo na hotelaria destes destinos.” O acontecimento está marcado para 8 a 11 de maio. A nova ILTM North America , que ocorre na Riviera Maya, México, vai ser de 24 a 27 de setembro, e a ILTM Cannes, a principal do mundo em sua categoria, ocorrerá de 3 a 6 de dezembro de 2018. O Portal PANROTAS é media partner da ILTM, e viaja com proteção Intermac.

Leer Más

Rio afunda Turismo de opulência no País, mas emissivo sobe

Por: SentiLecto

– Os Estados Unidos são o maior mercado emissor de turistas no mundo, e o principal para o Brasil fora da América do Sul, mas Em 1 mês, os norte-americanos definitivamente não vão embarcar a o País enquanto o mazelado Rio continuar transmitindo uma imagem tão negativa a o Exterior. Assim pensa Simon Mayle a respeito do nosso mercado receptivo neste momento, colocando o visitante europeu e asiSimon Mayle a respeito do nosso mercado receptivo neste momento, colocando o visitante europeu e asiático no mesmo quadro. Simon Mayle é o diretor da ILTM Latin America. Simon Mayle é o diretor da ILTM Latin America. O expert em viagens de opulência lamenta, mas não poupa as críticas em relação ao nosso principal portão de entrada. Pessimismo no receptivo, otimismo no emissivo. Em 2017 a Europa voltou a carimbar passaportes de Brasil em nível pré-crise e promete um 2018 de recordes quebrados. Ampliação expressivo em Portugal, Reino Unido, Espanha, França e Itália de um turista bastante bem-vindo em seus territórios, já que o brasileiro ranqueia entre os que mais gastam no Exterior. “Veja o caso espanhol, enquanto o índice de gastos deste mesmo turista foi 36% maior. Em consulta com as empresas aéreas estrangeiras que atuam no Brasil, a ILTM Latin America notou uma ampliação de 40% de receita vinda de tíquetes premium em 2017”, comemora Simon Mayle em entrevista exclusiva ao Portal PANROTAS durante esta ILTM Cannes 2017. “Os mais consolidados destinos europeus estão acima dos dois dígitos de alta de brasileiros este ano, e eles certamente estão se beneficiando do conseqüência Donald Trump, já que os Estados Unidos acumulam queda sobre queda em 2017, embora haja um inacreditável performance de destinos luxuosos como Santa Monica e Santa Barbara, na Califórnia.” COMO MELHORAR? Já em relação ao inbound, a solução seria tentar turbinar a venda de São Paulo e destinos secundários lá fora, pois, não bastasse o Caribe, o Brasil agora enfrenta a crescente e dura concorrência de expoentes como Peru e Argentina na opulência. “Não me canso de declarar que o Brasil é o destino mais diversificado do mundo, com praticamente tudo o que se pode oferecer do básico aa alta norma, mas a violência, a crise e os escândalos políticos no Rio de Janeiro o colocam 100% fora do cenário. Ir ao Brasil e não conhecer a Cidade Maravilhosa é inconcebível para um estrangeiro, então é preferível investir seu tempo nos vizinhos sul-americanos”, admite o “brasileiríssimo” Mayle. Enquanto o governo não começar a promover rotundamente outros destinos, o Brasil vai seguir como ume eterna promessa, na opinião do expert. “Argumentos para São Paulo não faltam: metrópole cosmopolita, vibrante e hospitaleira e com uma das mais altas gastronomias do mundo, sem contar a estrondosa parada LGBT e outros acontecimentos. Foz do Iguaçu dispensa observações, Inhotim é algo incomparável, embora ainda demande um hotel de ponta, não existe um museu a céu aberto tão fabuloso no mundo. Fernando de Noronha , Jericoacoara , Amazônia…” Do exótico à ecoaventura, escolha o seu produto. ILTM LATIN AMERICA 2018 Pela primeira vez com essa alcunha, em substituição à Travelweek by ILTM, o eacontecimentodconduzidopor Simon Mayle avai abusardo networking, algo bem similar ao que aocorrecom o carro-chefe Cannes, aliás. A ideia é ampliar o engajamento entre os players e desenvolver forte relacionamento, entre outras formas, com acontecimentos paralelos. O britânico garante: “Vamo entregar o melhor da hospitalidade de Brasil ao mesmo tempo em que entregamos experiências memoráveis”. Agentes e operadores de opulência interessados em Amsterdã, Barcelona e Paris também podem ir ao Pavilhão da Bienal otimistas com novos expositores já que “estamos traduzindo da melhor forma possível essa nova cena internacional que vem surgindo na hotelaria destes destinos.” O acontecimento está marcado para 8 a 11 de maio. A nova ILTM North America , que ocorre na Riviera Maya, México, vai ser de 24 a 27 de setembro, e a ILTM Cannes, a principal do mundo em sua categoria, ocorrerá de 3 a 6 de dezembro de 2018. O Portal PANROTAS é media partner da ILTM, e viaja com proteção Intermac.

Leer Más

Acima do Brasil: Peru é a revelação da opulência na ILTM Cannes

Por: SentiLecto

– Enquanto a promoção brasileira no mercado internacional fica se arrastando nos discursos, nossos vizinhos vão aproveitando do infatigável interesse estrangeiro pela América do Sul e buscando toda espécie de nicho possível para atrair visitantes e fazer do Turismo uma potência econômica. É o caso peruano. Quem declararia, os peruanos estão dando um show no Brasil na opulência. Assinalam-se todos por quase os buyers de a ILTM Cannes 2017 como uma tendência que veio para ficar, e não à toa. O país não só tem estande na principal feira de viagens de alta norma do mundo, como esse esse estande está duas vezes maior do que em 2016. São 12 expositores, sem contar o Promperú. O número não é tão grande em comparação a destinos europeus, mas supera o Brasil, país mais rico de seu continente, cuja exibição depende exclusivamente da iniciativa privada, já que não há colaborado da Embratur aqui no Palais de Festivals. A América do Sul tem um novo “queridinho”, e esse é um privilégio que podemos estar longe de recuperar. “Em uma pesquisa feita com centenas de agentes latino-americanos para a ILTM, absolutamente todos indicaram o Peru como destino revelação. Não à toa o país tem aexibidotamanho crescimento econômico”, aassinalao diretor da ILTM Latin America, Simon Mayle. “O destino também está aumentando como um hub da Latam, e os DMCs que estão atuando lá são altamente profissionais.” Europeus, asiáticos e norte-americanos estão querendo viajar ao país de Andorra e viver as experiências por ele proporcionadas, que incluem clássicos como o lago Titicaca, a Amazônia, Machu Picchu e Iquitos, aventura com montanhismo, trilhas, cavalgadas e suas lindas estradas; além de produtos de opulência como cruzeiros butique, resorts , o novo trem Belmond, entre outros. Como pano de fundo de tudo isso, e talvez o maior vetor de venda do Peru lá fora, claro, a gastronomia. A exótica culinária de Peru está em todas as partes do globo. Um dos produtos que ilustra a alta norma de Peru é o Aqua Expeditions, cruzeiro fluvial no norte da Amazônia. Trata-se de uma companhia que nasceu em Singapura e encontrou no Peru sua chance de navegar na cobiçada região. O diretor de Vendas Internacionais da companhia, Benjamin Seelos justifica: “O Peru tem uma situação política e econômica estável, além de ser seguro, ter uma infraestrutura crescente e uma culinária fantástica”. Seu barquinho de Peru é o Aria, de três, quatro ou sete noites, e tem 16 suítes com 28 metros quadrados cada, além de déque, lounge e restaurante. No Brasil, aproveita quem pode. O fundador da Viagens e Cia, Thiago Cuencas, já trabalha com o destino há dez anos e traduz essa ascensão peruana em números. “A demanda aumentou mais de 80% este ano. Sempre fomos forte em exóticos, e embora agora venha ganhando pedido de cultura e gastronomia, o Peru tem essa qualidade. Tem bastante brasileiro fazendo fugidas em Lima para buscar a cozinha peruana.” O agente Virtuoso Flávio Geo, da Visa Turismo, de Belo Horizonte, coloca o Peru como o segundo produto de maior crescimento este ano, atrás somente da África. “O trabalho internacional do Promperú é fantástico, e os hotéis e trens Belmond têm um pedido bastante interessante.” VISTO Em conversa com a mídia e os compradores internacionais, principalmente chineses e norte-americanos, a facilidade na emissão de visto é o que faz o Peru ser mais atrativo do que o Brasil hoje na opulência. Grande parte dos agentes norte-americanos, aliás, ainda não sabem que o governo federal está facilitando a entrada para alguns mercados no mundo, incluindo os Estados Unidos. Sinal de que nem essa promoção está sendo bem feita. O Portal PANROTAS é media partner da ILTM, e viaja com proteção Intermac.

Leer Más

Celebração em rooftop conclui a Travelweek by ILTM 2017

Por: SentiLecto

Na noite mais fria do ano em São Paulo, os participantes da Travelweek by ILTM se reuniram no Rooftop 5 do Instituto Tomie Ohtake para a celebração de despedida. No ano que vem o acontecimento volta à capital paulista, de 8 a 11 de maio, mas já com novo nome, ILTM Latin América, alinhado com as nomenclaturas das demais feiras de opulência da Reed Travel Exhibitions . Este ano, a Travelweek reuniu mais de mil visitantes, um total de 360 marcas expositoras e mais 15 mil reuniões se as realizaram durante os três dias. Os agentes de viagens vieram de 15 países da América Latina e 23 cidades.

Leer Más

Cheque fotografias do terceiro dia da Travelweek by ILTM, em SP

Por: SentiLecto

A sétima edição da Travelweek São Paulo by ILTM, que amanhã marca o quarto e último dia de atividades da feira com seu nome atual, conserva o mesmo nível de público e profissionalismo em seu terceiro dia. Em 1 ano, vai passar a se chamar ILTM Latin America, em alinhamento com as feiras de Cannes, México, África do Sul e Japão, em 2018.

Leer Más