Mourinho perto de garantir reforço por 45 milhões de euros

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ivan Perišić

Ivan Perisic tem que assinar pelo Manchester United, que está bastante perto de fechar a contratação de Ivan Perisic, nos próximos dias. De acordo com o The Sun, o extremo croata vai ser reforço para José Mourinho, a troco de 45 milhões de euros.O mesmo que foi o próprio treinador, tabloide britânico revela a deslocar-se a Zagreb, onde a seleção croata está concentrada para ultimar a mudança de Perisic, ainda jogador do Inter de Milão.O salário do jogador terá que rondar os 115 mil euros por semana, permitindo assim ao United antecipar-se aos concorrentes Chelsea e Paris Saint-Germain.Perisic, 28 anos, realizou uma época de bom nível no Inter: em 42 jogos, assinalou 11 golos.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.

Francês é um dos principais alvos de José Mourinho e a transferência promete fazer correr muita tinta este verão.A janela de transferências ainda não abriu, mas José Mourinho já sabe com quem deseja contar na próxima temporada. O treinador do Manchester United não esconde que Antoine Griezmann é o principal alvo este verão, alegando, porém, que a contratação do avançado do Atlético de Madrid está nas mãos de Ed Woodward, vice-presidente dos “red devils”.”Se Griezmann vem para o Manchester United, não faço ideia. Perguntem ao Ed Woodward. Desde março que ele sabe quem desejo, o que desejo e quanto eu desejo. Agora é altura de por mãos à obra. É altura de ele trabalhar, porque tem férias em agosto e em agosto começo eu a trabalhar”, referiu, em declarações à Sky Sports no Grande Prémio do Mónaco.Lembre-se que Griezmann não nega uma possível mudança para Old Trafford, mas tem dado a compreender que tem “temas pendentes” com o Atlético de Madrid.De Gea pode vir a completar, finalmente, a mudança para Espanha. Para isso, Mourinho exige a inclusão de Morata no negócioJosé Mourinho vai estar disposto a abrir mão de David De Gea, mas não sem que Morata faça o percurso inverso.De acordo com o jornal Marca, Mourinho exige 75 milhões pelo guarda-redes titular da Seleção de Espanha, ou 25 milhões mais Morata. O avançado de Espanha, há bastante seguido pelo United e também pelo Chelsea, interessa a José Mourinho, que procura reforçar a frente de ataque. No entanto, o Real Madrid não está disposto a negociar Morata por menos de 70 milhões de euros, mesmo com De Gea incluído no negócio.O guarda-redes de Espanha, já há bastante ligado a um retorno a Espanha, poderá estar mesmo de saída manchega, depois de ter visto a transferência fracassar no último dia do mercado de transferências, em 2015.Treinador de Italia não pensar deixar os blues nos próximos anosCom contrato até 2019, Antonio Conte vê com bons olhos uma eventual renovação com o Chelsea, clube pelo qual acaba de conquistar a Premier League. Mesmo que gostaria de seguir o exemplo de Alex Ferguson, treinador que esteve à frente do Manchester United durante 26 anos., o treinador de Italia declara “Seria bonito ficar aqui como Ferguson no Manchester United, embora isso seja complicado no futebol atual. Todavia, se o clube me der a chance de renovar contrato estou disposto a fazê-lo. Espero ficar aqui muito tempo”, rematou.

Leer Más

Paulo Sousa empata na despedida, Crotone garante continuidade

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Empoli central square

Paulo Sousa não foi além de um empate no último jogo ao serviço da FiorentinaO Crotone conseguiu a continuidade na I Liga de Italia de futebol, ao vencer na última jornada a Lázio por 3-1, a culminar admirável recuperação na ponta final de campeonato, atirando o Empoli, que , 18, para a Serie B.A equipa de Empoli, que se conservou sempre acima da linha de água, acabou por descer ao segundo escalão, ao perder em Palermo na 38. ª e última jornada, por 2-1, perante um oponente que já tinha o destino, de descida, traçado.O Crotone concluiu o campeonato em 17.º, ultrapassado na última jornada.Caso vencesse em Crotone, a Lázio tinha ainda a chance de recuperar o quarto lugar , ultrapassando a Atalanta, que adicionava 72 pontos, mais dois do que a equipa romana, mas esta acabou por desperdiçar esse ensejo e quedar-se pelo quinto lugar, que dá acesso àofperíodode grupos da Liga Europa, onde também evai estara equipa de Bérgamo.De resto, a última jornada do campeonato de Italia ficou marcada pelo aumentado número de golos em quase todos os jogos, em particular no Torino-Sassuolo, que concluiu com o triunfo da equipa de Turim por 5-3.Golos também não faltaram no Inter-Udinese, nada menos de sete, com a equipa de Milão a vencer por 5-2, sem o internacional português João Mário, que nem sequer foi convidado, depois de ter sido castigado pelo clube por ter abandonado o banco antes do termo do jogo frente à Lázio, após o treinador Stefano Vecchi ter operado a terceira substituição que significava a sua não utilização nessa partida.Pior esteve a Fiorentina, que não foi além de um empate a dois golos frente ao lanterna vermelha do campeonato, o Pescara, que esteve a vencer a maior parte do tempo, o que se explica em parte pelo facto de o treinador de Portugal da equipa de Florença, Paulo Sousa, ter dado chance a jogadores menos rodados, além da expulsão prematura, aos 38 minutos, de Frederico Chiesa, por acumulação de amarelos.De resto, a equipa de Florença acabou por ser ultrapassada na tabela classificativa pelo Inter, que subiu ao sétimo lugar, que não serve de consolação para uma época bastante apagada e aquém das expectativas.

Paulo Sousa orienta este domingo o último jogo ao comando da Fiorentina. Está em cima da mesa para render Nuno Espírito Santo no FC Porto.Paulo Sousa orienta, este domingo, frente ao Pescara, o último jogo ao comando da Fiorentina. O treinador de Portugal é, a par de Sérgio Conceição, um dos nomes que o FC Porto tem em cima da mesa para render Nuno Espírito Santo na próxima temporada, conforme O JOGO informa na edição deste sábado.”Não trabalhei sozinho nestes dois anos, mas sim com todo o staff, dos roupeiros ao staff médico, passando pelos jogadores. Todos temos grande apreço por esta equipa. A relação com os adeptos foi sempre ótima, portanto eles têm direito a declarar o que sentar-se e serão respeitados”, disse o português.”Florença, para mim, não é só o jogo em si, é muitas outras coisas. O meu trabalho não era só no campo, mas em todas as coisas que construí todos os dias. Portanto, acho que os adeptos vão recordar-se de mim”, apesar de ter falhado o apuramento para as competições europeias, vincou ainda Paulo Sousa.

Leer Más

Paulo Sousa despede-se com uma derrota com o último, Crotone garante continuidade

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Empoli central square

Paulo Sousa não conseguiu vencer no último jogo ao serviço da FiorentinaO Crotone conseguiu a continuidade na I Liga de Italia de futebol, ao vencer na última jornada a Lázio por 3-1, a culminar admirável recuperação na ponta final de campeonato, atirando o Empoli, que , 18, para a Serie B.A equipa de Empoli, que se conservou sempre acima da linha de água, acabou por descer ao segundo escalão, ao perder em Palermo na 38. ª e última jornada, por 2-1, perante um oponente que já tinha o destino, de descida, traçado.O Crotone concluiu o campeonato em 17.º, ultrapassado na última jornada.Caso vencesse em Crotone, a Lázio tinha ainda a chance de recuperar o quarto lugar , ultrapassando a Atalanta, que adicionava 72 pontos, mais dois do que a equipa romana, mas esta acabou por desperdiçar esse ensejo e quedar-se pelo quinto lugar, que dá acesso àofperíodode grupos da Liga Europa, onde também evai estara equipa de Bérgamo.De resto, a última jornada do campeonato de Italia ficou marcada pelo aumentado número de golos em quase todos os jogos, em particular no Torino-Sassuolo, que concluiu com o triunfo da equipa de Turim por 5-3.Golos também não faltaram no Inter-Udinese, nada menos de sete, com a equipa de Milão a vencer por 5-2, sem o internacional português João Mário, que nem sequer foi convidado, depois de ter sido castigado pelo clube por ter abandonado o banco antes do termo do jogo frente à Lázio, após o treinador Stefano Vecchi ter operado a terceira substituição que significava a sua não utilização nessa partida.Pior esteve a Fiorentina, que não foi além de um empate a dois golos frente ao lanterna vermelha do campeonato, o Pescara, que esteve a vencer a maior parte do tempo, o que se explica em parte pelo facto de o treinador de Portugal da equipa de Florença, Paulo Sousa, ter dado chance a jogadores menos rodados, além da expulsão prematura, aos 38 minutos, de Frederico Chiesa, por acumulação de amarelos.De resto, a equipa de Florença acabou por ser ultrapassada na tabela classificativa pelo Inter, que subiu ao sétimo lugar, que não serve de consolação para uma época bastante apagada e aquém das expectativas.A Juventus venceu a Serie A pela sexta vez consecutiva, com 91 pontos, seguido da Roma com 87, e do Nápoles, com 86.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.

Paulo Sousa orienta este domingo o último jogo ao comando da Fiorentina. Está em cima da mesa para render Nuno Espírito Santo no FC Porto.Paulo Sousa orienta, este domingo, frente ao Pescara, o último jogo ao comando da Fiorentina. O treinador de Portugal é, a par de Sérgio Conceição, um dos nomes que o FC Porto tem em cima da mesa para render Nuno Espírito Santo na próxima temporada, conforme O JOGO informa na edição deste sábado.”Não trabalhei sozinho nestes dois anos, mas sim com todo o staff, dos roupeiros ao staff médico, passando pelos jogadores. Todos temos grande apreço por esta equipa. A relação com os adeptos foi sempre ótima, portanto eles têm direito a declarar o que sentar-se e serão respeitados”, disse o português.”Florença, para mim, não é só o jogo em si, é muitas outras coisas. O meu trabalho não era só no campo, mas em todas as coisas que construí todos os dias. Portanto, acho que os adeptos vão recordar-se de mim”, apesar de ter falhado o apuramento para as competições europeias, vincou ainda Paulo Sousa.A Juventus concluiu em grande o campeonato, com um triunfo por 2-1 em casa do Bolonha, com um golo aos 94′, na 38. A Juventus é hexacampeã de Italia.ª e última jornada da Liga italianaMesmo sem precisar de pontuar, a “vecchia signora” não brincou em serviço e deu a volta ao marcador, mesmo ao cair do pano, com um golo do jovem de 17 anos Moise Kean, após assistência do médio bósnio Miralem Pjanic.O Bolonha abriu o marcador já na segunda parte, pelo médio argelino Saphir Taider, mas a habilidade do argentino Paulo Dybala foi decisivo no lance que originou o golo do empate, aos 70 minutos, e que começou a reviravolta.De referir que Massimo Allegri exibiu uma equipa com a maioria dos titulares, apesar de estar a uma semana da final da Liga dos Campeões, frente ao Real Madrid, em Cardiff. Massimo Allegri é o treinador da Juventus.No outro jogo da 38.ª jornada hoje realizado, a Atalanta recebeu e venceu o Chievo por 1-0, graças a um golo do médio argentino Alejandro Gomez, o que lhe permitiu subir ao quarto lugar, com 72 pontos, ultrapassando a Lazio, mas à equipa romana falta ainda um jogo, no reduto do Crotone.Com esta vitória, a Juventus conclui o campeonato com 91 pontos, temporariamente mais sete do que a Roma, que recebe o Génova no domingo, e mais oito do que o Nápoles, de viagem ao reduto da Sampdoria.Roma assegurou o segundo lugar do campeonato de Italia no derradeiro minuto da partida frente ao Génova, que venceu por 3-2, jogo que marcou o adeus de Totti.O Roma assegurou o segundo lugar da I Liga de Italia de futebol no derradeiro minuto da partida frente ao Génova, que venceu por 3-2, num embate da 38.ª e última jornada que marcou o adeus de Totti.O Génova assombrou a formação de Romania ao marcar logo aos três minutos, por Pietro Pellegrini, mas, aos 10, o avançado bósnio Edin Dzeko restabeleceu o empate, que só voltou a ser desfeito aos 74, quando Daniel De Rossi colocou, pela primeira vez, a equipa de Romania na frente do marcador.No entanto, o Génova voltou a assombrar pela reação ao golo padecido, ao fazer o 2-2 cinco minutos volvidos, aos 79, pelo de Sérrai Darko Lazovic visto que o Nápoles vencia a Sampdoria. Sérvio Darko Lazovic é golo esse que retirava na equipa de Romania o segundo lugar. Roma, com Totti em campo desde os 54 minutos, arriscou tudo nos últimos minutos para chegar ao terceiro golo, que seria assinalado pelo suplente Diego Perotti, ao minuto 90, levando aa loucura os adeptos romanos, que já desacreditavam no triunfo.Pela formação de Romania, alinhou o lateral esquerdo de Portugal Mário Rui, desde o minuto 18, altura em que trocou o brasileiro Emerson.Na outra partida de hoje em que se disputava o segundo posto, o Nápoles, que não dependia só de si, venceu a Sampdoria, em Génova, por 4-2, num jogo em que controlou de princípio a fim e que cedo resolveu a seu favor.Aa pausa, a equipa de Napoles já vencia por 2-0, com golos do internacional belga Dries Mertens e de Lorenzo Insigne, aos 36 e 42 minutos, respetivamente.Na segunda parte, o eslovaco Marek Hamsik deu o ‘xeque-mate’ na partida, ao marcar o terceiro golo, aos 49 minutos, a despeito da Sampdoria ter diminuído cinco minutos depois, por Quagliarella.O Nápoles chegou ao quarto golo aos 65 minutos, pelo espanhol José Callejon e, em cima dos 90, Ricardo Alvarez ainda diminuiu para 4-2.Pela Sampdoria, alinhou o internacional sub-21 português Bruno Fernandes até aos 53 minutos, altura em que foi trocado pelo médio belga Dennis Praet.Por seu lado, o Cagliari, sem o internacional de Portugal Bruno Alves, suspenso, venceu na receção ao Milan por 2-1, e subiu ao 12.º lugar, com 47 pontos, enquanto a equipa de Milano conservou o sexto, com 63, o qual jamais esteve em risco porque tinha quatro pontos a mais do que o sétimo classificado, o Inter.A Juventus conquistou o título de Italia pela sexta vez consecutiva ao adicionar 91 pontos, seguido da Roma, com 87, e do Nápoles, com 86.

Leer Más

Roma garante o vice italiano em despedidaemocionante de Totti

Por: SentiLecto

Após 24 anos como o lendário capitão da Roma, Francesco Totti entrou em campo pela última vez neste domingo e auxiliou seu time a vencer o Genoa pela última rodada do Campeonato Italiano, consagrando-se vice-campeão.

Leer Más

Inter demite Zago e já procura novo treinador

Por: SentiLecto

O Internacional de Porto Alegre demitiu neste domingo o técnico Antônio Carlos Zago, que , por sua vez, deixa o comando da equipe após 30 jogos, com 14 triunfos, 10 empates e seis derrotas, após a derrota do Colorado por 1 a 0 diante do Paysandu, no sábado , no Mangueirão. Segundo o Globoesporte.com, a situação do treinador ficou insustentável no clube.

Leer Más