Frei e ativistas brasileiros são presos em zona de mineração de diamantes no Zimbábue

Por: SentiLecto

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

A incerteza sobre quanto tempo Mugabe ainda vai viver é tão grande quanto a dúvida sobre o futuro do país. Os custos estão disparando, e o medo de uma nova hiperinflação como a que arruinou o país economicamente há uma década surgiu. Além disso, as reservas de moeda estrangeira parecem escassas diante de pagamentos básicos, como a importação de produtos de primeira necessidade.

Leer Más

Evo Morales interrompe visita ao Brasil por estado de saúde de Temer

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Dilma Rousseff e Michel Temer em 24 de novembro de 2015

Evo Morales não vai realizar a visita oficial ao Brasil que estava calculada para esta segunda-feira porque Michel Temer está hospitalizado Evo Morales é o presidente boliviano., pois passou por um procedimento cirúrgico na próstata e deve conservar repouso, informou neste sábado o chanceler de Bolivia, Fernando Huanacuni.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Leer Más

Itamaraty declara que não reconhece independência da Catalunha

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Votación Mariano Rajoy (20-12-2015)

O governo de Brasilde Brasil declarou neste sábado que não reconhece a independência da Catalunha, se unindo assim a maior parte da comunidade internacional.

Além do Brasil, França, Alemanha e Estados Unidos também criticaram a posição catalã.

Leer Más

Brasil escondeu juiz de Venezuela em embaixada em Caracas por 60 dias

Por: SentiLecto

Afirmando perseguição pelo regime do ditador Nicolás Maduro, um juiz do TSJ da Venezuela se refugiou por cerca de dois meses na embaixada brasileira antes de escapar por terra para a Colômbia.

Leer Más

Brasil parabeniza ICAN por Nobel e recorda seus esforços por acordo nuclear

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ludwig Quidde nobel

O governo de Brasil parabenizou nesta sexta-feira a Campanha Internacional para a Abolição das Armas Nucleares , ganhadora do prêmio Nobel da Paz, e recordou seus próprios esforços para alcançar o tratado que proíbe as armas nucleares. O Ministério das Relações Exteriores em uma mensagem em sua conta no Twitter declarou: “O Brasil cumprimenta a ICAN, que , com sede em Genebra, venceu o Nobel da Paz por ter se modificado em uma “força motriz” na iniciativa humanitária arremessada em 2015 para chegar ao acordo, ganhadora do Nobel da Paz, pelo seu papel na construção do Tratado sobre a Proibição das Armas Nucleares”. Na mesma rede social, o Itamaraty recordou que o Brasil foi um dos países promotores e principais impulsores da conferência na qual se o estipulou o acordo de desarmamento nuclear e o primeiro país a assinar o tratado em a ONU.

A temática estava entre os mais cotadas para receber a láurea de 2017 justamente em razão da escalada retórica entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos — duas nações cujo poderio nuclear alarmou o mundo diante da chance de conflito. Na visão dos noruegueses, o arsenal coloca uma “constante ameaça à humanidade e à vida na Terra” e é “ainda mais destrutivo” que minas terrestres, munição de fragmentação e armas biológicas e químicas, já proibidas em tratados internacionais. Os noruegueses questionam por que as armas nucleares ainda não foram alvo de similar veto no mundo.”O Comitê deseja sublinhar que os próximos passos rumo ao mundo livre de armas nucleares têm que envolver Estados com poderio nuclear. O prêmio Nobel deste ano é, portanto, um chamado a estes Estados para começar sérias negociações com vistas à gradual, balanceada e ccautelosaeliminação de quase 15 mil armas nucleares no mundo”, lê-se no anúncio.Com o anúncio, Beatrice Fihn só conseguia declarar “Uau! Uau!”, surpresa e homenageada com o prêmio.Wittmann declara que a mudança desse paradigma para que fosse reconhecido o efeito humanitário das bombas nucleares foi o maior obstáculo da campanha.

Leer Más