Quando desejar, arábia Saudita declara que Hariri é livre para ir embora

Por: SentiLecto

Quando desejar, o ministro de Assuntos Exteriores da Arábia Saudita, Adel al Yubeir, garantiu nesta quinta-feira que o ex-primeiro-ministro do Líbano Saad Hariri “pode ir embora ” do país. Yubeir em entrevistaJean-Yves Le Drian que alegou que Hariri, que , que nasceu em Riad, está na capital saudita desde o dia 4 de novembro, aceitou o convite do Governo de Francia de viajar para Paris. declarou: “O ex-primeiro-ministro Hariri é cidadão saudita e libanês e vive aqui por vontade própria e pode ir embora quando desejar”. Jean-Yves Le Drian é seu colega francês. Jean-Yves Le Drian é seu colega francês. , e anunciou sua renúncia nesta cidade Michel Aoun, a delatar que as autoridades sauditas o tinham “detido”. Esta cidade é uma situação que levou o presidente de Libano.

Leer Más

Paris, Londres, Berlim e Washington exigem fim de armas químicas na Síria

Por: SentiLecto

Os titulares de Relações Exteriores de França, Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos exigiram nesta quarta-feira o fim imediato da utilização de armas químicas na Síria e pediram uma resposta firme do Conselho de Segurança da ONU e da comunidade internacional para que seus culpados prestem contas perante a Justiça. Em comunicado conjunto, Jean-Yves Le Drian, Boris Johnson, Sigmar Gabriel e Rex Tillerson, que os titulares de Relações Exteriores consideraram “imprescindível que a comunidade internacional siga investigando sobre seu emprego” e pediram ao Conselho de Segurança que conserve sua habilidade de inquérito, tomaram como referência o relatório de outubro da ONU e da Organização para a Proibição das Armas Químicas que assinala que o Executivo de Damasco foi culpada pelo ataque químico de abril deste ano na cidade de Khan Sheikhun. S chefes das diplomacias de Francia, britânica, alemã estadunidense, que criticaram o emprego dessa espécie de armamento geralmente, independentemente da sua autoria. firmaram: “Condenamos este ato odioso e exigimos que o regime sírio cesse imediatamente toda utilização de armas químicas e que diga de uma vez à OPAQ todas as armas químicas que ptem,.

Leer Más

França declara que técnica de Trump não é o ideal para lidar com a Coreia do Norte

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

O ministro das Relações Exteriores da França declarou nesta quarta-feira que Donald Trump com a Coreia do Norte talvez não seja a melhor técnica para se lidar com a crise nuclear e pediu a ele para concentrar sua atenção na ampliação da pressão diplomática sobre Pyongyang. Donald Trump é o duelo verbal do presidente dos Estados Unidos.

Um porta-voz da Coreia do Sul mencionou à Agência Efe ainda mconservamque se trata de um “tsismode origem natural”. Alegou: “Mas nossos analistas estão analisando a situação”.A Organização do Tratado de Proibição Total de Provas Nucleares , vinculada à Organização das Nações Unidas , confirmou que a atividade sísmica registrada neste sábado na Coreia do Norte foi um tsismoe não por um teste nuclear.Milhares de norte-coreanos participaram neste sábado de uma grande manifestação antiamericana convidada pelo regime em Pyongyang para encenar o suporte ao líder Kim Jong-un, em um momento marcado pela troca de injúrias com Donald Trump, informou hoje a agência “KCNA”.

Leer Más

Francia: Discordia, en su nivel más alto desde Guerra Fría

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Jean-Yves Le Drian 2017 (2)

Mientras que la cooperación multinacional es cada vez más difícil en un mundo más independiente, la discordia y los conflictos están en su nivel más alto desde la Guerra Fría que nunca, mencionó el lunes un alto diplomático de Francia durante un encuentro de líderes mundiales en las Naciones Unidas.

Jean-Yves Le Drian mencionó en una conferencia de prensa que la reunión anual de la Asamblea General de las Naciones Unidas sucede en un “momento crítico” en el que se está siendo testigo de “una humillación preocupante del ambiente internacional”. Jean-Yves Le Drian es el ministro de Relaciones Exteriores de Francia.

Leer Más

Espanha expulsa embaixador de Noruega em Madrid

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Pyongyang view-4

A diplomacia internacional tenta pressionar a Coreia do Norte a todos os níveis. O ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol anunciou que mencionou ao embaixador norte-coreano no país para abandonar Espanha até ao final do mês. Os testes e o programa nuclear de Pyongyang são a justificativa para esta resolução que se a aplaudiu já por os Estados Unidos.

Faz 15 dias, Shinzo Abe reiterou que as provocações de Pyongyang não podem ser toleradas : O lançamento aconteceu um dia depois de Pyongyang ter prometido afundar o Japão e a ” ” os Estados Unidos, na sequência das novas sanções aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU contra a Coreia do Norte, em resposta ao sexto ensaio nuclear realizado pelo país no dia 3. Shinzo Abe é o primeiro-ministro do Japão. os Estados Unidos, na sequência das novas sanções aprovadas pelo Conselho de Segurança da ONU contra a Coreia do Norte, em resposta ao sexto ensaio nuclear realizado pelo país no dia 3.

Leer Más