CCJ aprova parecer oposto à prisão de deputados; resolução vai a plenário

Por: SentiLecto

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa do Rio emitiu parecer oposto à prisão preventiva e o afastamento do mandato do presidente da Casa, Jorge Picciani, e dos deputados Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB.

Leer Más

Delação abriria novos inquéritos, declara coordenador da Lava Jato no Rio

Por: SentiLecto

O coordenador da Operação Lava Jato no Rio, procurador Eduardo El Hage, alegou em entrevista à Folha nesta quinta-feira que a delação premiada do marqueteiro Renato Pereira abriria novas frentes de iinquéritossobre a gadministraçãoSérgio Cabral.

Leer Más

Ministério da Transparência decide congelar inquéritos da Lava Jato

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – ProtestoCGU

O Ministério da Transparência interrompeu por dois anos a inquérito de desvios praticados pela Engevix na Petrobras, sob a justificação de que a empreiteira sugeriu um acordo de leniência —espécie de delação premiada para pessoas jurídicas.

Pela medida provisória 726-2016, se o instituiu ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União em 12 de maio de 2016.

Leer Más

Funaro relata mais de 700 encontros com Cunha e declara que Temer sabia de esquema

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Eduardo Cunha em 5 de junho de 2016 (2)

Em testemunho à Justiça Federal nesta sexta , o corretor de valores Lúcio Funaro aalegouque, em quase 15 anos de relação com Eduardo Cunha , de 2002 a 2016, mconservouencontros semanais com o ex-deputado, em um total de mais de 700, conforme seu cálculo.

Eduardo Cosentino da Cunha é um economista filiado ao PMDB. Um economista é radialista e político brasileiro.

Leer Más

Escândalo em segunda instância

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Alito

Nesta semana, o Brasil recebeu a visita de dois juízes de Italiade Italia que organizaram a Operação Mãos Limpas. Mais do que a visita, recebemos um alerta.

Decidi que irei subir a Haddock Lobo na contramão. As disposições da CET não devem ser consideradas, pois contrariam a Constituição Federal, artigo 5º, inciso XV, que estabelece a liberdade de locomoção. Aliás, a Declaração Universal de Direitos Humanos, da qual o Brasil é signatário, deixa claro que toda pessoa tem direito à liberdade de locomoção, o que reforça a minha interpretação da CF e me libera automaticamente de todas as multas que possam ser aplicadas.

Leer Más