España bajo la marca de Asensio

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Medalla de Oro de la Real Orden del Mérito Deportivo

Hace 3 años, el fichaje de Marco Asensio ha sido, más que un golpe de mano del Real Madrid, la constatación de un cambio de época. Ha exhibido una falta de decisión que dos años después se refleja en la convocatoria de la selección, cuando el Barça ha perdido la postura estratégica que le favorecía en la gestión por el juvenil del Mallorca, que entonces tenía 18 años y costaba o 3,5 millones de euros. Por primera vez desde el Mundial de 2006, entre los 11 jugadores más empleados por La Roja predominan los madridistas sobre los culés. No es casual que el Madrid se encuentre a un solo punto de conquistar la Liga que termina este domingo. Tampoco es casual que Julen Lopetegui apunte a Marco Asensio para disputar la sexta cita de la clasificación para el Mundial de 2018.

Barça TV es un canal de televisión de España, de Entorno internacional, consagrado al Fútbol Club Barcelona.

Leer Más

Asensio ‘dobla’ con España

Por: SentiLecto

Julen Lopetegui dio este viernes la lista de convocados para los partidos de junio . Una lista rara porque siete de los futbolistas terminan su competición este domingo y estarán tres semanas inactivos. Bueno, inactivos no porque van a tener una estrategia de trabajo que les remitió la selección, pero sí que hay un divorcio enorme entre el final de la Liga y estos partidos.

Leer Más

Asensio y Kepa, en la lista de Lopetegui para los partidos ante Colombia y Macedonia

Por: SentiLecto

Julen Lopetegui ha acordado ya con qué jugadores enfrentará el amistoso de la selección de España de fútbol en contra de Colombia y el duelo ante Macedonia, de clasificación para el Mundial de Rusia 2018. El entrenador de España ha comunicado la lista de convocados para esta doble jornada internacional. En 1 mes, España va a jugar en el estadio Nueva Condomina de Murcia el amistoso ante los de Colombia y el 11, en Nacionalna Arena Filip II de Skopje, Macedonia, ante la selección de esa nación por las eliminatorias.

Leer Más

Casillas aconselha Lopetegui a não esquecer Marcano

Foto: Wikipedia – Iván Marcano 2012

Guarda-redes do FC Porto mostra-se assombrado pelo facto de Lopetegui ainda não ter chamado Marcano à SeleçãoDos 36 jogos disputados pelo FC Porto esta época, a baliza defendida por Iker Casillas ficou em branco por 20 ocasiões. Se explica esta solidez defensiva iván Marcano que se tem de os dragões é também explicada por a boa época realizada , alegado como um de os destaques de a equipa durante a temporada.Em entrevista ao jornal Marca, Casillas declara não compreender a razão pela qual Julen Lopetegui, ex-treinador do FC Porto e atual selecionador espanhol, ainda não chamou Marcano à “Roja”. “Assombra-me que Julen [Lopetegui], que o conhece, não tenha visto a chance de o chamar à Seleção, nem que seja para ver se se aajusta, referiu.Lembre-se que Marcano não contabiliza qualquer jogo pela Seleção A de Espanha, tendo somente encarnado a Seleção sub-21.

Juan Carlos Arévalo, ex-treinador dos guarda-redes do FC Porto, lembra as exposições do espanhol com o Benfica e arrisca uma previsão para O JOGO.É nos clássicos com o Benfica que costuma vir à tona o melhor de Casillas. O espanhol nunca perdeu com a equipa lisboeta – adiciona duas triunfos e um empate – e na memória dos adeptos do FC Porto ainda figuram um conjunto de exposições que, inclusive, cruzaram a fronteira. Na última deslocação dos portistas ao Estádio da Luz foi mesmo assinalado como um dos principais obreiros do triunfo alcançado pelo clube. Juan Carlos Arévalo, que trabalhou com Iker nos primeiros seis meses de 2015/16, durante o regime de Julen Lopetegui, acompanhou esse encontro pela TV e ficou persuadido de que o compatriota “aumenta bastante mais em clássicos”. Por isso, arrisca, em declarações exclusivas a O JOGO, um prognóstico para o embate de sábado. “Acredito que o Iker vai ser decisivo”, atira, antes de suportar a afirmação. “Basta ver o que ele fez em todos clássicos que disputou em Portugal; foi sempre dos melhores. Lembram-se do primeiro clássico que ele fez, ainda connosco, no Dragão? Fez um jogo enorme”, lembra.”O Iker aumenta bastante nos clássicos. Lembram-se do primeiro que ele fez, ainda connosco, no Dragão [Benfica]? Fez um jogo enorme”Na iminência de atingir os 79 clássicos na carreira, ou não tivesse saído do Real Madrid rumo a Portugal já com 71 no currículo – 37 contra o Barcelona e 34 frente ao Atlético de Madrid -, Casillas sabe de cor e salteado como se prepara um jogo grande. Estar calmo e transmitir esse estado de almazinha aos mais inexperientes é um trabalho que, de acordo com Arévalo, o “portero” não se coíbe ao longo da semana. Revela: “É um líder e gosta de dar o exemplo aos mais jovens”. “A característica e a habilidade fazem o resto na hora da verdade. É por isso que é tão respeitado pelos adeptos”, adiciona.Casillas prepara-se para disputar o oitavo “jogo grande” em Portugal – e o 79.º na carreira – e é com o Benfica que melhor se dá. Na época passada ganhou os dois encontros e nesta só foi batido… Faz 1 ano, nos descontosSem qualquer ligação a um clube desde a saída de o FC Porto Juan Carlos Arévalo tem tido tempo mais do que suficiente para acompanhar o dia a dia de os portistas. E quando confrontado com a aprimoramento exibicional protagonizada por Casillas nesta temporada, o anterior membro da equipa técnica de Lopetegui considera que se deve “à tranquilidade e estabilidade” que tem agora. “Estava bastante pressionado, porque tinha deixado um clube importante como o Real Madrid, quando o Iker chegou. Agora, está mais adaptado ao país e ao FC Porto. Encontrou o equilíbrio, tanto na vida pessoal, como na profissional”, defende o espanhol, de 55 anos, que, à distância, vê o “Santo” mbastantecontente no clube pde Portugal Por isso, está persuadido de que vai acabar por acionar a alternativa para renovar o contrato com os azuis e brancos por mais uma temporada, como ficou estipulado no verão de 2015. “Acredito que não vai haver qualquer problema com o Iker, se o FC Porto o desejar”, remata o antigo adjunto de Lopetegui.Rui Barbosa, treinador de guarda-redes dos dragões deu exemplo de uma ação corrigida pelo espanholÉ com mensagens positivas e exercícios focados nas ações ofensivas do Benfica que Rui Barbosa está a preparar Casillas para o clássico de sábado. O treinador de guarda-redes do FC Porto participou no IV Congresso de Futebol, coordenado pelo Núcleo de Estudantes de Desporto da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, e durante mais de uma hora dissecou ao pormenor o trabalho que realiza semanalmente com o espanhol e com José Sá. Barbosa explicou que “defende um guarda-redes de ataque, falador, com domínio do jogo aéreo, do jogo de pés, rápido nas ações e transições e líder” e brindou os presentes com alguns exemplos. Um deles envolveu uma ação que Casillas foi capaz de corrigir em Roma, no play-off de acesso à Liga dos Campeões, num remate de Nainggolan, depois de ter sido batido num larremessembastantesemelhante na pré-temporada, no particular com o Vitesse.Rui Barbosa entre José Sá e Casillas, no OlivalApaixonado pelo treino de guarda-redes, Rui Barbosa explicou que fala “sempre de êxito a um guarda-redes”, pois considera que estes vão para o jogo “bastante mais preenchidos”. Mas sustentou que isto só é possível se existir uma forte relação de confiança entre treinador e guardião e no trabalho que se realiza. , numa alusão a Iker, que já conquistou todos os troféus possíveis no panorama internacional, já depois de ter explicado que gosta de analisar as duas áreas antes dos encontros e de revelar que espécie de conversa tem com o espanhol ou o português antes de estes entrarem para o aquecimento. justificou: “Se formos coerentes com o nosso discurso e a prática, conseguimos ter todos os guarda-redes na nossa mão, mesmo quem tem um currículo invejável”. Mencionou: “É uma conversa bastante rápida, na qual foco dois ou três aspetos, essencialmente motivacionais”.Guarda-redes do FC Porto fez um balanço da época e enfatizou o protagonismo da chegada do avançado de Brasil ao plantel, no mercado de invernoEm entrevista ao jornal de Espanha “Marca”, Casillas falou das “muitas mudanças” no plantel desde que chegou ao FC Porto e realçou Soares como um “grande reforço”.”Mudámos bastante em relação ao ano passado, quase metade do plantel, e isso é uma atrocidade. 10, 11 jogadores novos fazem muita diferença. Nota-se bastante. No mercado de inverno passou-se o mesmo. Ainda que as pessoas possam pensar, o que atingimos não é fácil que sim”, iniciou por declarar.”Tiquinho Soares? Chegou bastante bem, trouxe uma maior proficiência ao ataque, mais golos… Foi um bom reforço de inverno. É um grande jogador”, adicionou.

Leer Más

Lo que Piqué casi tapa

Foto: Wikipedia – GijónBici

Hasta que Piqué acordó reclamar los focos, ni siquiera el VAR podía eclipsar una realidad incontestable: España, que un impulso así, ha hecho un partido espléndido en un gran escenario y ante una selección potente. La de Lopetegui ha gobernado el partido como en los viejos tiempos y ha encontrado en el estallido de Deulofeu la espita para acordar los partidos. Adicionalmente, el seleccionador sale consolidado por varias causas.

En la alineación española estaba el primer mensaje del seleccionador, con un once que podría acometer cualquiera de los grandes partidos que le aguardan en Rusia, salvo accidente. Como si fuese el más viejo del monasterio, iniesta paseaba su tonsura monacal, depositaria de toda la sabiduría. A su lado, el inseperable Busquets, acompañado de otros centrocampistas que pueden ser intercambiables, sean Isco y Koke, como ayer, o Silva y Thiago, los primeros relevos. La elección de esos jugadores es la mejor garantía de persistencia. La selección se convierte en la reserva del estilo más exitoso del fútbol de España, mientras el centrocampismo se debilita en el paraíso perdido del Camp Nou.

Leer Más