Los 21: la madurez de una generación que apunta a Rusia

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Saul 1878

Los 21 años marcaban, tiempo atrás, la mayoría de edad. En el fútbol, es una edad temprana, lejos de la madurez del jugador, que se ubica respecto de los 28. Madurez y habilidad, sin embargo, no son lo mismo, por lo que la prioridad es acelerar la progresión, cuando se detecta el segundo, acortar los plazos, aunque el peligro es dar forma al futbolista sin formar al hombre. Cuando llega la presión, las dificultades aparecen. Le ocurrió a Deulofeu, que , que le acompañaba en el ataque, no ha podido repetirlo frente a una Alemania mejor, que obtiene su segunda ocasión en el Barcelona y en la selección , y le ha pasado a Jesé, corrido de la primera línea y lejos de la internacionalidad que gozó a los 19, como campeón de Europa. Lopetegui dirigía a ambos, por lo que sabe bien cuál es la amenaza y cuáles como si tuviesen 28, son las diferencias con Asensio, Saúl o Marcos Llorente, que se comportan. Están maduros.

De momento hay algunos que ya debutaron: Bellerín , Saúl, Asensio y Deulofeu han surgido en el último año, en plena transición entre Vicente del Bosque y Julen Lopetegui. Sus presencias fueron testimoniales, cierto, pero la progresión hace pensar que todos ellos tienen opciones de estar en el Mundial. A ellos habría que agregarle a Kepa, quien si no sucede ninguna maldición, con toda seguridad va a ser el tercer arquero en el campeonato.

Leer Más

Rúben Neves pode sair do FC Porto ainda hoje

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Thumb

Há uma boa proposta na mesa e a SAD tem a chance de acalmar as contas com mais um produto da formação.Há um grande clube interessado em Rúben Neves e o médio portista pode ser transferido ainda durante o dia de hoje, último dia da época 2016/17 e, portanto, último também do exercício financeiro relativo ao mesmo fase. O jovem médio, que até há poucos dias esteve no Europeu de sub-21, está no topo da lista para ser vendido e os dragões têm conhecimento de uma proposta prometedora, que hoje mesmo pode redundar em acordo definitivo.É Jorge Mendes que esJorge Mendes que está a governar a operação Jorge Mendes é o empresário do jogador. Jorge Mendes é o empresário do jogador., mas Rúben está a par e preparado para qualquer cenário. Isso pode ocorrer nos próximos dias e ser enviada à UEFA como nota de anexo ao Relatório e Contas 2016/17, se a transferência não for cdeduzidahoje.Os dragões, contudo, preferem satisfazer a norma e fechar o que houver para fechar até às 24 horas do dia 30 de junho de 2017: hoje, portanto. O JOGO, que sabe que havia vários interessados e que dois deles até eram ingleses, não conseguiu apurar qual o clube que se aproximou dos valores pedidos pelo FC Porto , mas assinalou-se Rúben em o passado, a o Chelsea, ainda em os tempos de José Mourinho, e ao Liverpool, onde Klopp tem como adjunto Pepjin Ljinders em sessões de treino extra a que enviava-se os portistas mais promissores em as épocas de a formação. Adjunto Pepjin Ljinders é um holandês que participou de forma ativa no desenvolvimento do jogador.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Faz 3 anos, o médio-defensivo estreou se em a primeira equipa ainda com 17 anos. Lopetegui usou-o com muita frequência e o craque acabou por chegar inclusivamente à seleção principal. Com Nuno Espírito Santo o uso foi residual e Danilo ganhou cada vez mais proeminência. O trinco titular é um dos jogadores que o FC Porto mais deseja conservar, pelo que a saída de Rúben Neves seria, do ponto de vista esportivo, perfeitamente admissível. Há as questões sentimentais, pois a anterior transferência milionária do defeso azul e branco foi a de André Silva, outro dos que percorreram os escalões do clube… Já do ponto de vista contabilístico, Rúben é uma transferência apetecível: a SAD não teve qualquer preço na aquisição, detém 100 por cento do seu passe e as mais-valias alcançadas serão praticamente iguais ao valor total da operação.

Juan Antonio Pizzi lembrou esta terça-feira com saudade os tempos em que utilizou a camisola do FC Porto, em 2000-01. Juan Antonio Pizzi é selecionador do Chile.se chamou Juan Antonio Pizzi em a conferência de jornalismo de antevisão de o jogo de as meias-finais, marcado para esta quarta-feira, por as 19h00 horas portuguesas, a lembrar a época em que jogou em o FC Porto e Fernando Santos treinou ele, agora seu homólogo português.”Aproveito para mandar as minhas condolências e solidariedade às vítimas do incêndio em Portugal. Sensibilizou-me bastante. Tenho muitos amigos e conhecidos em Portugal. Para mim foi uma grande experiência ter jogado no FC Porto e poder integrar uma das melhores equipas do mundo, que conseguiu a Champions. E poder viver numa cidade fantástica, com gente maravilhosa que me tratou, a mim e à minha família, mbastantebem”, comentou.”Tive a oportunidade de trabalhar com o Fernando, toda a gente sabe do seu currículo, tenho o máximo respeito por ele e ficarei sempre agradecido por ter sido seu jogador”, acrescentou.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Interrogado sobre o encontro de amanhã com o jogador Pizzi, que ganhou esta alcunha graças a si, Juan Antonio disse ter um carinho especial pelo atacante português, precisamente por essa razão. “Gostava de o cumprimentar, tenho especial carinho por utilizar o meu nome”, declarou.Clube da II divisão deseja garantir a subida ao campeonato nacional de andebol a médio prazo.O FC Gaia anunciou esta sexta-feira a contratação de Ricardo Costa, ex-treinador do FC Porto, que assume o comando de um projeto que tem como objetivo a subida ao campeonato nacional de andebol a médio prazo, após duas épocas ao leme dos azuis e brancos.O antigo ponta direita, um dos mais internacionais de sempre por Portugal, vai assim orientar o clube da II divisão, depois de ter falhado a conquista do título nacional nos dois anos de FC Porto: em 2015/16, o ganhador foi o ABC, a sagrar, enquanto na época finda foi o Sporting-se campeão.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.Diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, desmentiu as teses que que os dragões tivessem sido alvo de buscas ou intimadosEm mais um programa “Universo Porto”, Francisco J. Marques desmentiu as teses que que os dragões tivessem sido alvo de buscas ou intimados, apelando na Procuradoria-Geral da República um esclarecimento. Francisco J. Marques é o diretor de comunicação do FC Porto.Não fomos intimados, nem fomos alvo de buscas. Quem tem o dever de elucidar é a Procuradoria Geral da República. Está assistir-se a uma situação de contrainformação, o FC Porto a declarar que não foi alvo de buscas, entregou voluntariamente. Nessa altura combinou-se um encontro presencial, foi perguntado se o FC Porto estava disponível e entregou-se tudo. O Benfica pôs a correr que o FC Porto estava a mentir, que tinha sido intimado. Isto é uma coisa patética, a PGR tem o dever de elucidar os cidadãos. Há uma outra entidade que declara o oposto. A PGR que elucide, tem um setor de comunicação, não custa nada, se não até parece que se está a simpatizar, fica feito o pedido que se acabe com esta mistificação com um dos lados”.Na mesma sequência, Francisco J. Marques adicionou que não calculava as proporções do caso. “Não imaginava que isto atingisse estas proporções. Hoje estou capaz de declarar que isto é o maior escândalo do futebol português. Já expusemos muita coisa. O melhor ainda está para vir.”Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Asensio, el futbolista de hoy para el mañana

Por: SentiLecto

Con autorización de Cristiano Ronaldo, el mundo sigue y a Marco Asensio le queda todo un mundo por delante. A sus 21 años, no hay mejor veta para el Real Madrid y el fútbol de España. Con el tutelaje adecuado, si nada no es torcido, este mallorquín apunta tan alto como su cabeza de oro y su zurda de quilates. Con focos merecidos en el club de Madagascar y a un dedo de asentarse en la selección absoluta, estos días luce en el Europeo Sub-21, donde maravilló en el estreno y ha estado peor abrigado en la segunda cita, frente a Portugal. Eso sí, ha dejado una asistencia a lo Laudrup para enmarcar. Ya saben, el pie por un lado y la vista por otro. Hasta en los días grises, en este balear de aire reflexivo y con buenos modales un futbolista cumbre es intuido.

Leer Más

Sergio Ramos: “Yo tocaría muy poco la plantilla del Madrid”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Florentino perez

Si haría, el reglamento de capitán ha transformado a Sergio Ramos, que , cada año más musculoso y tatuado, ha opinado sobre la política deportiva del Madrid, como contestación a la pregunta sobre o no haría muchos fichajes para la próxima temporada, en una especie de oráculo. El hombre es consciente de su poder representativo y de su influjo cada vez mayor en todo tipo de asuntos, tanto en la selección como en el Real Madrid. De forma que ha sido el último en salir, cuando terminó el partido en Skopje él, como siempre, y como siempre ha tenido la última palabra. La sentencia cerró la temporada y ha dado por inauguradas las vacaciones.

La manifestación de rabia de la afición de España en el amistoso en contra de Colombia festejado en Murcia el miércoles pasado, silbando a Piqué cada vez que ha tocado la pelota, ha rozado el sadismo. Nadie parece reparar que el origen del repudio no tiene nada que observar con la selección. El origen del repudio es el antimadridismo irónico de Piqué. El defensa del Barcelona se esforzó por demostrar a sus compañeros que sabe perder y sabe convivir con la ironía cuando la diana es él.

Leer Más

Macedonia de fruta agria

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Isco – Atletico Madrid 13

La selección de Lopetegui terminó con la letanía de mencionarle al árbitro que terminara con el partido cuanto antes. Todo se queda para la resolución de Chamartín, pero creo que Lopetegui no tiene a su equipo concretado. Incertidumbre y los jugadores reciben ese alarmante recelo. El oscuro objeto de saber quién es el titular. Demasiadas incertidumbres que trascienden en el juego de la selección actual, afligida por el cansancio de la final del ejercicio de la temporada.

“Espero un partido muy exigente, nos harán ir al límite. El adversario querrá utilizar sus armas como es lógico y nosotros las nuestras. El foco está en hacer un gran partido, que es lo que nos demandará el adversario”, ha asegurado tras conocer que Igor Angelovski ha asegurado que van a buscar un “fútbol agresivo”. Igor Angelovski es el seleccionador adversario.

Leer Más