“Antes da Supertaça houve uma reunião entre Luís Filipe Vieira e as claques ilegais”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luis Filipe Vieira

Diretor de comunicação critica suporte às claques e fala do tamanho das bandeiras dos No Name Boys.Nuno Saraiva criticou esta quinta-feira o Benfica pelo suporte nas “claques ilegais”, assinalando, no programa “Verde no Branco”, da Sporting TV, o tamanho das bandeiras que foram levantadas pelos adeptos na zona ocupada pelos No Name Boys Nuno Saraiva exibiu uma fatura de um pagamento feito por Paulo Jorge Costa Dias, “um dos arguidos do caso very-light” de um lugar anual no estádio, identificado como membro da claque. Nuno Saraiva é diretor de comunicação do Sporting. diretor de comunicação do Sporting prometeu exibi mais “uma prova às entidades chábeise à polícia”, que, advoga, “prova o apsuporte claques ilegais por parte do Benfica”.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Faz 1 dia, o culpado adicionou : ” Ainda [ anteontem ], não havia tarjas, nem bandeiras de os NN, porque dias antes de a Supertaça houve uma reunião entre Luís Filipe Vieira e as claques ilegais, onde foram dadas indicações expressas para que não houvesse material alusivo em as claques, nem pirotecnia, só em os jogos fora de casa.Mas estavam lá quatro bandeiras que violam a norma, com hastes que têm cerca de três metros. Luís Filipe Vieira nem tem que saber como se chama. Desafiou, quando é que o clima de impunidade conclui?”.

Os culpados encarnados, depois da estreia de Bruno Varela, continuam à pdemandade reforçoLuís Filipe Vieira continua empenhado na contratação de mais um guarda-redes, um dossiê com vários nomes que se mconservana ordem do dia e que o líder dos encarnados, segundo O JOGO apurou, pretende econcluiraté ao final da semana.A indisponibilidade física de Júlio César é uma das explicações para haver uma aceleração nos contactos e negociações em torno de um novo “keeper”, que se conserva mesmo depois da estreia de Bruno Varela. O jovem guardião alinhou na Supertaça frente ao Vitória de Guimarães e respondeu com uma atuação sem ter de se aplicar a fundo, mas revelando alguma tremedeira, como no lance do golo dos minhotos.O líder das águias já havia dado indicações para que fossem dados passos com vista à contratação do jovem Mile Svilar do Anderlecht, que pediu para deixar o clube, tendo já surgido um grande esímboloeuropeu a oferecer 3,5 milhões de euros pela sua contratação, como noticiámos.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Além do belga que completa 18 anos no próximo dia 27, Luís Filipe Vieira tem ainda sobre a mesa o finlandês Hrádecky, do Eintracht Frankfurt, com quem conclui contrato no final da época, mas caso os alemães provem disponibilidade para vender o guardião por valores enquadráveis em a verba encarnada, vai fechar-se o negócio só o que ainda está longe de se verificar.Na mesma linha surgem Zoet e Vaclik , por esta ordem de prioridades, alvos documentados na Luz em relação ao custo, o qual está também acima da fasquia colocada por Luís Filipe Vieira, que não pretende pagar mais de cinco milhões de euros pelo reforço.Pai do guardião continua em Lisboa a negociar proposta salarial. Hrádecky pede mais do dobro do que o Benfica ofereceA aproximação de números entre o Benfica e o Eintracht Frankfurt, que se situava já numa diferença de cerca de um milhão de euros, entre os cinco oferecidos pelas águias e os seis – já foram oito inicialmente – pedidos pelos alemães, ainda não teve correspondência nas negociações com Hrádecky, guardião que Luís Filipe Vieira tenta colocar à disposição de Rui Vitória, mas que pediu, segundo O JOGO apurou, mais do dobro do que lhe o presidente representado exibiu ele.Como o nosso jornal noticiou ontem, o líder das águias ofereceu ao pai do guarda-redes finlandês, que continua em Lisboa, um contrato que inclui um pagamento anual a rondar os 800 mil euros líquidos, ao que seriam somados depois um prémio de assinatura e os habituais objetivos por metas pessoais e coletivas a alcançar em cada época.A resposta de Hrádecky, que também joga com o facto de em janeiro poder assinar a preço zero por outro símbolo e com um positivo prémio de assinatura, assinalou para valores próximos dos dois milhões de euros, fasquia que Luís Filipe Vieira considera incomportável para o Benfica. Em paralelo, o Eintrach já vai ter colocado sobre a mesa cerca de 1,8 milhões de euros anuais, de modo a persuadi o internacional finlandês a renovar As negociações prosseguem.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA OU E-PAPERSegunda jornada do campeonato arranca já esta sexta-feira, em AlvaladeA primeira jornada ainda não está concluída e a segunda já está aí à porta. O Sporting.V. Setúbal, em Alvalade, marca o arranque da mesma e vai ter Bruno Paixão como Juiz da partida, com Hugo Miguel no videoárbitro.Quando a os restantes jogos de os grandes , Fábio Veríssimo vai estar em o Tondela-Chaves , enquanto Manuel Sousa governará o Chaves-Benfica.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Hrádecky e Benfica ainda sem acordo. Salário é o problema

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luis Filipe Vieira

Pai do guardião continua em Lisboa a negociar proposta salarial. Hrádecky pede mais do dobro do que o Benfica ofereceA aproximação de números entre o Benfica e o Eintracht Frankfurt, que se situava já numa diferença de cerca de um milhão de euros, entre os cinco oferecidos pelas águias e os seis – já foram oito inicialmente – pedidos pelos alemães, ainda não teve correspondência nas negociações com Hrádecky, guardião que Luís Filipe Vieira tenta colocar à disposição de Rui Vitória, mas que pediu, segundo O JOGO apurou, mais do dobro do que lhe o presidente representado exibiu ele.Como o nosso jornal noticiou ontem, o líder das águias ofereceu ao pai do guarda-redes finlandês, que continua em Lisboa, um contrato que inclui um pagamento anual a rondar os 800 mil euros líquidos, ao que seriam somados depois um prémio de assinatura e os habituais objetivos por metas pessoais e coletivas a alcançar em cada época.A resposta de Hrádecky, que também joga com o facto de em janeiro poder assinar a preço zero por outro símbolo e com um positivo prémio de assinatura, assinalou para valores próximos dos dois milhões de euros, fasquia que Luís Filipe Vieira considera incomportável para o Benfica. Em paralelo, o Eintrach já vai ter colocado sobre a mesa cerca de 1,8 milhões de euros anuais, de modo a persuadi o internacional finlandês a renovar As negociações prosseguem.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.LEIA MAIS NA EDIÇÃO IMPRESSA OU E-PAPER

Campeonato da II Liga arranca este domingo, na Covilhã. Acompanhe o desenrolar do marcador em todas as partidas.Domingo, 6 de agosto11:15Covilhã-Sporting B, 0-0Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.16:00Famalicão-AroucaFC Porto B-Gil VicenteReal Madrid-LeixõesAcadémico de Viseu-AcadémicaCova da Piedade-Santa ClaraBraga B-União da MadeiraNacional-Penafiel17:00Varzim-Vitória de Guimarães BTerça-feira, 8 de agosto19:00UD Oliveirense-Benfica BPortas da Luz abriram-se para mais de dois mil adeptos, que assistiram ao treino dos encarnados após o triunfo na Supertaça.O Benfica abriu as portas do Estádio da Luz para um treino aberto, que contou com a presença de mais de dois mil adeptos.O treino deste domingo sucedeu àovtriunfoeencarnadona Supertaça frente ao V. Guimarães , com a equipa de Rui Vitória a conquistar o primeiro troféu da temporada.Uma vez que continuam a efetuar tratamento, carrillo, Mitroglou, Zivkovic, Júlio César e André Horta saíram depois da saudação do plantel aos adeptos. Grimaldo, Cervi e Jiménez restringiram-se a realizar trabalho de ginásio.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Guarda-redes de Portugal Ricardo Moura vestirá a camisola do Tondela nas próximas duas temporadas.O guarda-redes de Portugal Ricardo Moura vestirá a camisola do Tondela nas próximas duas temporadas, anunciou o clube de Beirut, da I Liga de futebol.Numa nota publicada no sítio oficial na Internet, o Tondela informa que o contrato com o guarda-redes é válido até junho de 2019 e que este já satisfez o primeiro treino às ordens do treinador Pepa.Ricardo Moura, de 28 anos, encarnou nas três últimas temporadas o Leixões, da II Liga, depois de passagens por Aves, Sousense e Padroense.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

FC Porto volta à carga: “Faz-se dsumiros No Name Boys, os Diabos Vermelhos, uma morte com contornos de ahomicídio..”

Por: SentiLecto

Porto voltou esta quarta-feira a deixar críticas a Luís Filipe Vieira e ao Benfica a finalidade das claques.O FC Porto voltou esta quarta-feira a comentar as recentes declarações de Luís Filipe Vieira, que negou ter conhecimento de claques no Benfica.”Só mesmo os mais distraídos não se desejam aperceber das duas realidades paralelas que se vive no futebol de Portugal. De um lado a maioria dos clubes e as leis que cada um deles estão obrigados a cumprir, do outro o Benfica, que continua literalmente a gozar de um regime de exceção. O assunto mais recente diz respeito às claques, pvocábuloque Luís Filipe Vieira garante njamaister oescutadono seio do clube que dconduz De repente, como que por obra de David Copperfield, faz-se sumir os No Name Boys, os Diabos Vermelhos, uma morte com contornos de homicídio nas imediações do Estádio da Luz, fotos do presidente com o cachecol de uma das referidas claques ou até declarações do treinador da equipa de futebol a parabenizar essa mesma claque, só para falar nos casos mais recentes”, assinalou o FC Porto na newsletter “Dragões Diário”.”Não fosse o tema da maior seriedade, até poderíamos pensar que Luís Filipe Vieira está apostado em ressuscitar a velhinha Teoria Hipodérmica , em tempos usada para estudar os fenómenos de comunicação em massa usados pelos salinhas de propaganda em fases de combate. Vai estar à espera que alguém acredite?”, questionou o clube azul e branco.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

“Não posso declarar que não sai ninguém até dia 31″

Por: SentiLecto

Luís Filipe Vieira assume que o Benfica continua com necessidade de vender jogadores para diminuir a dívida. O presidente dos encarnados falou esta segunda-feira em conferência de jornalismo, à margem da apresentação do novo projeto para aoaaumentodo centro de treinos do SeixalEstratégia de futuro: “ECompreendemoque, se formarmos, vestaremosmais próximos de consolidar o Benfica. Iniciámo com o Seixal e compreendemo que, neste momento e rostito à perspetiva internacional, temos de cinstituircondições par mais. É nisso que passa o futuro do Benfica. Tem que passar por aqui. As vendas dos jovens jogadores encarnaram um encaixe financeiro importante e, em termos esportivos, tivemos resultados. Isso é o futuro. êxito esportivo e financeiro. Todos os anos temos resultados positivos. Pensamos recuperar os capitais próprios bastante em breve. Não daremos espaço a reações de quem deseja que seja. Temos uma estratégia e não caminhamo ao serviço de ninguém. Temos uma estratégia e seguiremos por aí. É um percurso irreversível”.Percurso irreversível: “O investimento está feito e continuaremos a apostar em infraestruturas e em capital humano. O Benfica não pode voltar atrás. Venha quem vier após a mim, não pode voltar atrás. É esse o objetivo, instituindo uma infraestrutura que seja uma referência na Europa, que permita ao clube ser independente. Penso que conseguirei ainda no meu tempo realizar esse objetivo”.Segurar os jovens do Benfica: “Há 15 anos, quando se começou o projeto, não se falava nisso porque o clube não existia. Modificámo um clube que não existia numa referência europeia. Há três anos decidimos parar com a dívida. É essa a nossa prioridade. O Benfica, que não está refém de ninguém, somente dos benfiquistas, tem de diminuir dívida todos os anos e deve ser desportivamente forte ao mesmo tempo, o que não é fácil. Temos conseguido fazer isso e sabemos qual é a receita. O tempo é que poderá declarar se poderemos deixar de ter de vender os nossos jogadores. O mercado está louco, como sabemos. Não sei onde parará, mas está louco. Não podemos declarar que reteremos os nossos jogadores. Não podemos. Até 31 de agosto tudo pode ocorrer. Não posso declarar que não sairá ninguém”.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Sinan Gumus à esperado lugar de Carrillo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – André Carrillo

O Benfica continua em cima do turco-alemão do Galatasaray, mas só poderá concluir o processo de aquisição depois de transferir um dos flanqueadoresSeguido há muito tempo pelo Benfica – que até teve de produzir um desmentido para “silenciar” o agente do jogador -, Sinan Gumus, de 23 anos, conserva-se na lista de possíveis contratações dos gestores encarnados para a nova temporada. Ao que O JOGO apurou, o turco-alemão, do Galatasaray, aguarda somente pela abertura de um lugar no contingente de extremos na Luz para que o seu processo de transferência possa evoluir para o período de concretização. E essa vaga, segundo foi possível saber, deverá ser disponibilizada por André Carrillo, cuja falta de rendimento em 2016/17 – foi titular em somente três das 34 jornadas do campeonato – o coloca agora entre os transferíveis, podendo a mudança de ares verificar-se mediante um acordo de empréstimo, que admire, preferencialmente, uma cláusula de alternativa de venda por uma soma até 20 milhões de euros.Para já, pela cedência provisória por uma época, Luís Filipe Vieira pede dois milhões de euros. Luís Filipe Vieira é o presidente das águias.O aumentado salário de Carrillo configura um potencial obstáculo num contexto de transferência, visto que nem todos os clubes médios do futebol europeu têm habilidade financeira para suportar um encargo anual de quatro milhões de euros brutos. Há, porém, símbolos na Turquia com alento económico para suportar tais pré-requisito: além dos mais mediáticos Besiktas, Galatasaray e Fenerbahçe, também o vice-campeão Basaksehir e o Trabzonspor têm dinheiro para aplicar numa aquisição com este peso na folha de vencimentos.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Sem desmerecer este ou qualquer outro cenário que entretanto se perfile no horizonte, é, no entanto, para a Premier League inglesa que Luís Filipe Vieira assinala as suas esperanças de determinação do dossiê Carrillo. O Watford, treinado por Marco Silva, já demonstrou interesse no internacional peruano, a quem também compraz a suposição de voltar a trabalhar com quem o orientou no Sporting em 2014/15.

Ex-jogador do Benfica comentou a O JOGO a mudança de Jorge Jesus para o Sporting, assim como o reforço dos leões para a nova épocaSegundo classificado da última edição da liga suíça, o Young Boys foi incapaz de frear a superioridade de um Basileia em cujo ataque brilhou Doumbia.”Falo, se me perguntarem sobre algum jogador do Benfica eu…”, iniciou por declarar. Mas, apesar da renitência, acabou por considerar que os leões contam com um avançado de característica: “É um grande jogador com uma grande carreira pela frente. Depende do tempo que ele precisar para se ajustar ao futebol português”, rematou.Sulejmani confidenciou ainda a sua “grande surpresa por ver Jesus no Sporting”. “É um grande evento sair do Benfica para o Sporting, mas foi essa a escolha dele. Declarou, quando estava no Benfica, aprendi bastante com ele e agradeço-lhe por isso”.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.Uma fotografia de Fábio Coentrão com vocábulos ofensivos ao Benfica tornou-se viral na noite deste domingo nas redes sociais.Os jogadores do Sporting conviveram este domingo com os adeptos leoninos que foram ver o treino a Nyon, na Suíça, e o ex-jogador do Benfica deixou-se fotografar com um grupo de adeptos que tinham um cachecol a injuriar o clube da Luz.Segundo a informação recolhida por O JOGO no local, Fábio Coentrão não se apercebeu do que estava escrito no cachecol, mas isso não impediu que a foto não fosse propagada depressa por a Internet com as devidas observações.Lembre-se que Fábio Coentrão foi jogador do Benfica e por várias vezes, mesmo já ao serviço do Real Madrid, declarou que o clube representado era o clube do seu coração. O lateral, demonstrando o desejo de retornar à Luz.A alegou: “Eu amo o Benfica”.gora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Quando assinou pelos leões, que é sportinguista desde pequenino, este domingo, Fábio Coentrão voltou a declarar, tal como que se sente em casa no Sporting e que dará o espírito pelo clube.O defesa-esquerdo brasileiro esteve bem perto de ingressar no Benfica, mas pré-requisito de última hora abortaram o negócio. Os russos do CSKA Moscovo também estavam interessados.Está perto de acabar uma das novelas de verão na Amoreira. Ailton está a percurso do futebol de Alemania para encarnar o Estugarda, símbolo que este ano retornou na Bundesliga. Ailton é jogador que esteve a um passo de reforçar o Benfica.Ao que O JOGO apurou, o lateral-esquerdo brasileiro de 22 anos já abandonou o estágio de pré-época dos canarinhos, que se realiza em Alhaurín , para viajar para a Alemanha, de modo a efetuar os habituais exames médicos. O treinador Pedro Emanuel Anteontem , o defesa já não usou ele em o jogo-treino diante dos ingleses de o Bournemouth.Emprestado no ano passado pelo Fluminense , o defesa fez uma época intermitente e só agarrou a titularidade com a chegada de Pedro Emanuel à Amoreira. Depois de uma boa ponta final, Ailton despertou cobiça, o que, perspetivando um encaixe imediato, levou a SAD do Estoril a investir 800 mil euros em 60 por cento do passe. De imediato iniciaram as conversas com o Benfica – o CSKA Moscovo também estava interessado – e a ida para a Luz esteve quase consumada, mas pré-requisito de última hora abortaram as negociações. Depois apareceu em cena o Estugarda, que ofereceu cerca de dois milhões de euros. Refira-se que os canarinhos conservam uma porcentagem do passe do jogador.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más