CVM investiga 40 por anormalidades contábeis na Petrobras

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Petrobrasbolivia2006

A CVM investiga 40 pessoas por anormalidades contábeis na Petrobras, que diminuiu o valor e seus ativos em R$ 44,3 bilhões, diante da revisão de perspectivas de ganhos com alguns dos projetos investigados e da queda do custo do petróleo. Na lista, estão três ex-presidentes da empresa, parte da diretoria atual e ex-conselheiros ligados aos governos Lula e Dilma.

Lula voltou a fazer um discurso mais agressivo em relação ao mercado e declarou que “não tem cara de demônio”, mas deseja que o respeitem “como se fosse”.”Eu sei que tô lascado, todo dia tem um processo. Eu não desejo nem que Moro me inocente, eu só desejo que ele peça desculpas”, declarou Lula durante um seminário sobre educação em Brasília. “Eles [investigadores] chegam a declarar: ‘Ah, ele não terá força como cabo eleitoral, se o Lula não for candidato’. Testem”, completou o petista.

Leer Más

Arquivado investigação contra Dilma, Cardozo, Falcão e Navarro

Por: SentiLecto

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, sediou pedido formulado por Rodrigo Janot, procurador-geral da República, e arquivou investigação contra a ex-presidente da República Dilma Rousseff, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo e os ministros do Superior Tribunal de Justiça Francisco Falcão e Marcelo Navarro.

Leer Más

Ex-ministro acusa PT de “convênio de sangue” com a Odebrecht

Por: SentiLecto

Um “convênio de sangue” foi a expressão utilizada pelo ex-ministro de Brasil Antonio Palocci para classificar os afirmados subornos da companhia Odebrecht ao Partido dos Trabalhadores . Pallocci declarou que a Odebrecht destinou 300 milhões de reais ao PT em troca de favorecimento nos contratos da Petrobras.

Leer Más

Dilma Rousseff e Lula da Silva acusados de organização criminosa

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Geddel Adolescente 001

Acusou-se Os antigos presidentes de o Brasil Lula da Silva e Dilma Rousseff os antigos presidentes de o Brasil, Lula da Silva e Dilma Rousseff, de organização criminosa e de desvio de fundos de a petrolífera brasileira, Petrobrás, em o âmbito de o caso Lava-Jato. Lula e Dilma já alegaram que a denúncia concluída pela Procuradoria-Geral da República não tem fundamento.

Foi assim que Sarney chegou ao fim do seu arrastado mandato em 1990. Será interessante assistir ao novo embate entre os fisiológicos e os alienistas, loucos para algemar as mãos esvoaçantes do sucessor de Rousseff.

Leer Más