Milan perde em casa e não descola do adversária Inter

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Napoli 2

Equipa “rossonera” perdeu em casa por 2-1, com o Empoli, que , inaugurou o marcador aos 40 minutos, por intermédio de Levan Mchedlidze. O Milan perdeu este domingo por 2-1 na receção ao Empoli, na 33ª jornada da Liga de Italia, desperdiçando a chance de ampliar a diferença pontual para o adversária Inter, derrotado no sábado pela Fiorentina.O espanhol Suso poderia ter empatado o encontro, mas falhou uma grande penalidade, aos 59 minutos. Mame Thiam assinalou o segundo golo dos visitantes, pouco antes de Gianluca Lapadula ter marcado para os milaneses, aos 72 minutos.O Milan conserva-se na sexta posição, com menos cinco pontos do que a Atalanta, a primeira equipa em zona europeia, e mais dois do que o vizinho Inter, que segue no sétimo posto.A Lazio goleou o Palermo por 6-2 e continua no quarto posto, com 64 pontos, menos sete do que o Nápoles, terceiro, que este domingo de manhã empatou 2-2 com o Sassuolo.A formação da de Romania chegou aa pausa a vencer por 5-0, com um hat-trick de Ciro Immobile, e um bis de Balde Keita, enquanto Andrea Ripoli assinalou aos 46 e 52 minutos os golos palermitanos, penúltimo classificado.O aflito Crotone, que continua em zona de despromoção, foi a Génova vencer a Sampdoria por 2-1.Aos 20 minutos, Patrick Schick inaugurou o marcador para a equipa visitante, na qual foi titular o de Portugal Bruno Fernandes. Diego Falcienelli e Acosty, os 67 e 80, marcaram os golos que garantiram o vitória do Crotone.Em dois encontros que opuseram equipas do meio da tabela, o Torino visitou e venceu o Chievo por 3-1, e a Udinese impôs-se, em casa, ao Cagliari por 2-1.

O Milan ainda reduziria na sequência, em bela jogada de Lapadula, que carregou até a entrada da área e chutou no canto, com força, deixando a perda em somente um gol.Atuando de forma apática, os rossoneros não conseguiram atacar como o pretendido no primeiro tempo, e os visitantes foram aproveitados de essa passividade para se encontrar em o jogo. Após algumas tentativas, o gol que abriu o placar veio aos 40 minutos, com Mchedlidze, completando com cabeceio uma cobrança primorosa de escanteio.

Leer Más

Ronaldinho Gaúcho manda recado para Kaká: ‘Meu parceiro’

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Kaká vs Real Sociedad 2011

Dois dos maiores craques de Brasil dos anos 2000, Ronaldinho Gaúcho e Kaká foram companheiros primeiro na seleção, inclusive conquistando o pentacampeonato em 2002, e depois no Milan.

Jordi Cardoner, primeiro vice-presidente e culpada pela área social do clube, vai comandar a expedição ao Oriente Médio, que vai incluir visita dos ex-atletas a um campo de refugiados da região de Bekaa e a escolas públicas de Beirute onde se aplica o programa FutbolNet, da Fundação FC Barcelona.Em 2 meses, vai ser contra o Manchester United Legends, se a divulgou em março a data de o primeiro duelo envolvendo o Barça Legends em o Camp Nou :; Em 5 meses, a volta acontecerá em Old Trafford. Com informações do Barcelona FC.

Leer Más

Ibrahimovic: um “globetrotter” do futebol com fim inglório

Por: SentiLecto

Avançado de Suecia encarnou oito clubes durante a sua carreira, que deve concluir devido à lesão spadecidano joelho.Há dezenas de adjetivos que podem auxiliar a qualificar Zlatan Ibrahimovic. “Irreverente” vai ser, provavelmente, o mais consensual. E a verdade é que o internacional sueco, de 35 anos, prepara-se para colocar um ponto final na carreira de maneira inglória: a lesão padecida no joelho durante o jogo com o Anderlecht, a contar para a segunda mão dos quartos de final da Liga Europa, não terá que permitir ao avançado voltar à competição.E são 18 anos de uma carreira com bastante para contar. Quando se estreou pela equipa principal do Malmoe, desde 1999 ibrahimovic encarnou mais sete clubes. Deixou o país natal para rumar ao Ajax, na Holanda, e cedo se estabeleceu como uma das principais figuras da equipa de Amesterdão. Faz 13 anos, assinou por a gigante de Italia Juventus, ele que viria a encarnar outros dois grandes de a Serie A : o Inter, onde chegou a ser orientado por José Mourinho, em 2004, e o Milan. Foi campeão nos três clubes, mas, de permeio, ainda passou pelo Barcelona de Pep Guardiola, estabelecendo uma relação áspera com o técnico que se tornou sobejamente conhecida.Faz 5 anos, em o Paris Saint-Germain, tornou se rei e senhor de a Liga francesa, a partir de 2012. Foram quatro títulos consecutivos, passando sempre o obstáculo dos 30 golos. Desejou o destino que fosse José Mourinho o seu último treinador, agora no Manchester United. Após um arranque de temporada titubeante, conseguiu, ainda, assinalar 28 golos em 46 jogos, assumindo-se como a grande figura de Old Trafford em 2016/17.Na seleção da Suécia, marcou uns impressionantes 62 golos em 116 jogos.A nível de palmarés, conquistou praticamente tudo o que havia para ganhar a nível clubístico, ficando a faltar uma competição de seleções. E, claro, o grande vazio do currículo de Ibra: apesar do leque de clubes que encarnou, jamais conseguiu vencer a Liga dos Campeões.

Leer Más

Los estampados de la primavera: líneas, flores, cuadros y frutas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – London Montage L

Mencionó una vez Miuccia Prada que “lo que llevas es el modo de presentarte al mundo. La moda es una lengua instantánea”. Y podemos sacar una conclusión, si vemos las propuestas de la pasarela como los looks de calle y las repisas de las tiendas: esta primavera habla por sí misma y va a ser más alegre gracias a los estampados que llenaron de color los outfits.

No son aptos para discretas y de ello dieron buena cuenta las influencers que se han paseado luciendo líneas, cuadros, flores y estampados de frutas durante las semanas de la moda parisiense, Londres, Nueva York y Milán, que arriesgado con sus combinaciones extremas sin terror a parecer un catálogo de tendencias.

Leer Más

La última frontera de Messi, la Europa maldita de Buffon

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Juventus vs Malmoe, 2014, Gianluigi Buffon – CROP (1)

Tal vez no haya deporte más dado a la hipérbole que el fútbol. La burbuja encierra más que envuelve. Oprime. «Repentinamente, sin saber por qué, mis piernas eran puestas a temblar. No me sentía satisfecho con mi vida, con el fútbol, con mi trabajo». Ha escapado de la depresión padecida entre 2003 y 2004, hablaba de frustración:«Tal vez te das cuenta de que no puedes encontrar a la mujer adecuada, cuando Gianluigi Buffon, que sigue sin ganar la Liga de Campeones, se ha animado a contar cómo. O no puedes ganar la Copa de Europa. No estimas lo que tienes». Ha perdido las dos finales que ha jugado, frente al Milan en 2003 y en contra del Barcelona en 2015. Cuando sólo tenía 21 años, su palmarés internacional a nivel de clubes, dado al malditismo, se sintetiza en un único título, conquistado. Ha levantado con la camiseta del Parma la Copa de la UEFAde la temporada 1998-1999 tras ganar en la final al Olympique de Marsella .

El centrocampista de Mande Man, que sigue sin renovar su contrato y cuya escasa participación en el equipo esta temporada le llenó de incertidumbres, ha vuelto mostrarse de lo más misterioso cuando le interrogar por su futuro. «Mi ilusión no modifica [la de retirarse en el Barcelona]. Pero a final de temporada muchísimas cosas serán apreciadas en muchísimos sentidos”.

Leer Más