CVM investigará gestora fez utilização de informação privilegiada

Por: SentiLecto

– A Comissão de Valores Imobiliários abriu processo interno para investigar a suposta utilização de informação privilegiada por parte da JGP Gestão de Recursos, após dois fundos multimercados da gestora terem exibido ganhos na última quinta-feira, dia em que o mercado financeiro acumulou perdas significativas devido à revelação, pelo O GLOBO, das dacusaçõesdos executivos da JBS contra o presidente Michel Temer. A autarquia abriu um processo para investigar essa suspeita. “O tema objeto de sua procura está sendo analisado no âmbito do processo CVM 19957.004665/2017-78”, se restringiu a explicar. A gestora, em comunicado aos clientes, negou que tenha tido acesso a qualquer informação de maneira antecipada e que vai tomar “as medidas cabíveis para acionar judicialmente os autores das informações falsas que estão sendo circuladas”. Na quinta-feira, o fundo JGP Strategy teve um ganho de 3,32% e o JGP Max subiu 1,68%. Os demais multimercados, que são fundos que investem em diferentes ativos, tiveram perdas, fruto da alta de mais de 8,17% do dólar e da queda de 8,80% do Ibovespa. Os rumores, que começaram a circular no sexta-feira na noite, propunham que a JGP recebeu informação privilegiada e que mudou a sua estratégia de investimento na quarta-feira, antes da divulgaJoesley Batista gravou uma conversa com o presidente Temer falando sobre ações ilícita. Joesley Batista é o presidente da JBS. Joesley Batista é o presidente da JBS.A gestora informou que se basearam as mudanças em a alocação de os recursos em a avaliação de um cenário menos otimista para os investimentos do que a média para o mercado. “Tínhamos uma visão diferente sobre as variáveis que influem os custos dos ativos, tais como: visão mais pessimista sobre a chance de aprovação da Reforma da Previdência e certeza de que esta seria ainda mais desfigurada; não compartilhávamos da euforia dos mercados quanto à intensidade do ciclo de queda no mercado de juros;”, Faz 19 anos, explicou a gestora, fundada. Os dois fundos da JGP que tiveram ganhos na quinta-feira adicionam um patrimônio em torno de R$ 3,7 bilhões. A categoria de multimercados tem um patrimônio de R$ 753 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais . Segundo a JGP, que recorda ainda que os demais fundos das companhia, de ações e de crédito, tiveram perdas significativas na quinta-feira, esses fundos montaram estruturas de proteção para casos de ampliação da volatilidade, o que ocorreu na quinta-feira. A ampliação dessas posições aconteceu na quarta-feira porque foi o dia de perdas generalizadas nos mercados mundiais devido à pchancede impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. “As posições de nossos fundos multimercados, como percentual de seus respectivos patrimônios, não eram substanciais. Não obstante, o extraordinário movimento da quinta-feira nos mercados de cotação, juros e bolsa proporcionaram regressos bem acima do esperado”, justificou a gestora.

Leer Más

Turquia convida embaixador dos EUA após confusão com manifestantes em Washington

Por: SentiLecto

A Turquia convidou embaixador dos Estados Unidos nesta segunda-feira em protesto ao tratamento de autoridades da segurança de Turkmenistan nos EUA durante uma visita do presidente Tayyip Erdogan na semana passada, informou o Ministério das Relações Exteriores.

Leer Más

60% da população vê patrões favorecidos por reforma trabalhista, declara Datafolha

Por: SentiLecto

– Para 60% dos brasileiros, os empresários saem mais beneficiados com as novas leis trabalhistas do que os trabalhadores, de acordo com pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira pelo jornal “Folha de S.Paulo”. Enquanto 64% declaram isso da reforma como um todo, ao menos 63% dos entrevistados alegaram que a terceirização seria culpada pelo novo cenário. Sancionada pelo presidente Michel Temer, que alegou nesta segunda-feira, feriado do Dia do Trabalho, que a reforma trabalhista deve permitir criação de mais empregos e assegurar os direitos dos trabalhadores, em 31 de março, a lei da terceirização permite que uma companhia contrate outra para a execução de suas atividades-fim. Enquanto 31% não creem em mudanças, segundo o instituto, 34% dos entrevistados acreditam que vai haver maior oferta de empregos. Para 44% os salários não devem padecer mudanças. No entanto, 35% acreditam que se diminuirá a remuneração com as reformas. A proposta também calcula o fim da contribuição sindical compulsória, fator que dividiu a opinão dos entrevistados pelo Datafolha. Enquanto 46% defenderam sua manutenção, pelo menos 44% foram favoráveis ao fim do imposto. Faz 27 dias, se realizou o levantamento, antes de a greve geral em o dia 28, e escutou 2.781 pessoas em 172 municípios. Sua margem de erro é de dois pontos percentuais.

Leer Más

Governo de Alemania se declara “acalmado e contente” com resultado de Macron na França

Por: SentiLecto

O governo de Alemania se mostrou “acalmado e contente” nesta segunda-feira com o triunfo do candidato europeísta Emmanuel Macron no primeiro turno das votações presidenciais francesas e ratificou sua aposta em uma União Europeia “sem chauvinismos nem patriotismos”.

Leer Más

Rússia reclama dos EUA por exclusão de inquérito em ataque químico na Síria

Por: SentiLecto

A Rússia, que defendeu sua aliada Damasco e culpou rebeldes que combatem contra o governo de Bahar al-Assad pelo incidente, declarou lamentar a recusa dos Estados Unidos para que inspetores de Rusia participem em um inquérito sobre o ataque com armas químicas na Síria no começo do mês, declarou o Ministério das Relações Exteriores nesta sexta-feira. O Ministro das Relações Exteriores Sergei Lavrov conversou pelo telefone com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, e os dois lados consentiram em debater mais uma vez sobre uma inquérito “objetiva sobre o incidente” sob a égide da Organização para Proibição de Armas Químicas .

Leer Más