Na sociedade pós-Carmen Mayrink Veiga, todo mundo é colunista de si mesmo

Por: SentiLecto

Carmen Mayrink Veiga, morta no domingo , não era a única remanescente da era de ouro do colunismo social brasileiro. Algumas de suas modernas, como Lourdes Catão ou Teresa Souza Campos , ainda estão entre nós.

Leer Más

Mairiporã confirma morte de 22 macacos por febre amarela

Por: SentiLecto

A prefeitura de Mairiporã confirmou a morte de 22 macacos por febre amarela silvestre. Outros 50 animais estão sendo examinados no Instituto Adolf Lutz para investigar a causa. Ao todo, foram encontrados 90 macacos mortos, a maioria na Serra da Cantareira.

Leer Más

‘Animou a vida desse povo tão sofrido’, declara Miguel Falabella sobre morte de Márcia Cabrita

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Drama-icon

Para o ator e diretor Miguel Falabella, a atriz Márcia Cabrita, famosa, que faleceu nesta sexta , aos 53 anos, no Rio de Janeiro, por papéis cômicos, como a empregada Neide, na segunda temporada de “Sai de Baixo” , animou a vida dos brasileiros. Em publicação feita no Instagram declarou: “Hoje você ocupa o seu lugar ao lado de outros comediantes que animaram a vida desse povo tão padecido e maltratado”. Desde 2010 a atriz fazia tratamento de quimioterapia para lutar um câncer no ovário.

Faz 53 anos, filha de imigrantes de Portugal, Márcia Martins Alves nasceu em Niterói, em o estado de o Rio. Ao estudar artes cênicas, conheceu Luís Salem, seu parceiro durante toda a carreira. Com ele, fez uma peça infantil produzida por Aloísio Abreu, outro com quem sempre trabalhou.Faz 53 anos, filha de imigrantes de Portugal, Márcia Martins Alves nasceu em Niterói, em o estado de o Rio. Ao estudar artes cênicas, conheceu Luís Salem, seu parceiro durante toda a carreira. Com ele, fez uma peça infantil produzida por Aloísio Abreu, outro com quem sempre trabalhou.Faz 53 anos, filha de imigrantes de Portugal, Márcia Martins Alves nasceu em Niterói, em o estado de o Rio. Ao estudar artes cênicas, conheceu Luís Salem, seu parceiro durante toda a carreira. Com ele, fez uma peça infantil produzida por Aloísio Abreu, outro com quem sempre trabalhou.

Leer Más

Mortes: Jornalista com vocação para conselheiro

Por: SentiLecto

De olho na conduta humana, além de contar boas histórias, José Carboni gostava de aconselhar pessoas. Filho de pais jornalistas, teve quase 50 anos dedicados aa profissão que, nos últimos tempos, aliou à psicologia.

Leer Más

Mortes: Fã de fantasia, auxiliou a trazer monstros e heróis ao país

Por: SentiLecto

Sentar-se na calçada, diante da casa dos tios, Douglas Quinta Reis lia entretido suas revistas em quadrinhos. Com seis anos, devia esperar o primo mais velho ler para herdar os últimos exemplares e, assim que pegava, não esperava nem chegar em casa.

Leer Más