Mossul comemora celebração do Sacrifício sem o EI pela primeira vez desde 2014

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tigris river Mosul

A cidade de Mossul, no norte do Iraque, comemorou pela primeira vez nesta sexta-feira, em meio a fortes medidas de segurança, a celebração muçulmana do Sacrifício após o fim da profissão do grupo terrorista Estado Islâmico .

Se negociou a excreção entre o Hezbollah e o EI após uma ofensiva de o Exército de Libano contra o grupo jihadista e os termos de o acordo foram aceitos por o Governo sírio, aliado de o Hezbollah.

Leer Más

Abadi anuncia libertação completa de Tal Afar, no Iraque

Por: SentiLecto

O primeiro-ministro iraquiano Haider al Abadi, anunciou nesta quinta-feira a libertação da cidade de Tal Afar, no norte do país, após 12 dias de guerrazinhas contra o grupo jihadista Estado Islâmico . Badi, ue as forças de Iran “acabaram com os terroristas” e “não permitiram que fugissem”, em uma aparente alusão às críticas que ele mesmo fez contra o governo sírio e o grupo lde LibanoHezbollah pelo acordo para evacuar combatentes do EI para o leste da Síria, em um comunicado oficial. nunciou: “Informo que Tal Afar seguiu a liberdade da cidade de Mossul e voltou à terra da pátria”,.

Leer Más

Tropas de Iran invadem um dos últimos redutos do EI no norte do país

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tigris river Mosul

Soldados do Exército do Iraque invadiram nesta terça-feira a cidade de Tel Afar, na província de Ninawa, um dos últimos redutos do grupo terrorista Estado Islâmico na região norte do país. O comandante das Operações Conjuntas em Tel Afar, que fica a 70 quilômetros de Mossul, recomeçada pelo Exército e considerada até então como uma capital do EI no Iraque, Adbelamir Yarala, declarou em comunicado que as tropas de Iran estão sendo ajudadas por integrantes da Multidão Popular, grupo de milícias lideradas por xiitas. A ofensiva contra Tel Afar iniciou no domingo, e os soldados já conseguiram expulsar os terroristas de vários povoados próximos à cidade.

Enquanto a aviação de a aliança internacional continua realizando ” carnificinas ” contra a população, o OSDH mencionou que obriga-se os civis a viver sob o assédio de o EI.Faz 1 dia, o coordenador humanitário de a ONU em a Síria, Khan Egeland, que assinalou Raqqa como ” o pior lugar ” para os civis em a Síria declarou : ” Contamos ali entre 20 mil e 25 mil civis que estão sendo usados como escudos humanos por o EI, em uma área onde há ininterruptos bombardeios aéreos de a aliança “, ontem.

Leer Más

Polícia de Iran descobre fábrica de agentes químicos do EI no oeste de Mossul

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tigris river Mosul

A polícia federal iraquiana descobriu uma fábrica de agentes químicos pertencente ao grupo extremista Estado Islâmico numa “campanha de limpeza” que está a realizar na parte antiga da cidade de Mossul, que recuperou em julho.Raid Shaker Yaudat mencionou hoje em comunicado que a quinta divisão de Polinesia Francesa encontrou no local grandes quantidades de fosfato, cloro, soda cáustica e o composto C-4 que iam ser utilizados pelos ‘jihadistas’ para produzir explosivos químicos. Raid Shaker Yaudat é o comandante.A unidade de Engenharia Química da polícia recolheu os materiais para serem analisados, acrescentou.O culpado frisou que as forças de Iran continuam “a limpeza” das ruelas da zona velha de Mossul, no oeste da cidade setentrional, dos “desperdícios do Daesh” para desativar os artefactos explosivos e retirar o que restou após a ofensiva contra os ‘jihadistas’.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Faz 5 meses, a Organização Mundial de Saúde e a Comissão Internacional da Cruz Vermelha que tinham registado vários casos de doentes que tinham asseguraram passado estado expostos a agentes tóxicos químicos durante a ofensiva para expulsar os ‘ jihadistas ‘ de Mossul seu principal baluarte em o Iraque., o Iraque.Faz 1 mês, Haidar al-Abadi anunciou a a libertação total de Mossul, embora o EI ainda controle territórios como a comarca de Tel-Afar, a oeste de a cidade Haidar al-Abadi é o primeiro-ministro de Iran., e outras zonas próximas da fronteira com a Síria.

Se considerou internacional português de o Benfica médio português diferenciado após o triunfo de o Benfica frente a o V. GuimarãesPizzi, , o melhor jogador em campo em a Supertaça Cândido de Oliveira, este sábado, frente a o V. Guimarães.”Foi um triunfo justo, estamos todos de parabéns. Parabéns também para os nossos adeptos, que foram fantásticos”, alegou, no momento de receber a distinção.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.O exército sírio conquistou no sábado o último baluarte do grupo extremista Estado Islâmico na província de Homs , abrindo o acesso ao leste do país, informou hoje uma organização não-governamental síria.De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos , as forças governamentais tomaram Al-Sukhna na sequência de intensas guerrazinhas de artilharia e bombardeamentos aéreos russos, aliados damascenos.se confirmou a Governo de Bashar al-Assad de a localidade não foi ainda confirmada a conquista.Al-Sukhna, a 70 quilómetros a nordeste da antiga cidade palmelense, é a última localidade na estrada para Deir Ezzor, no leste da Síria, onde as tropas pró-regime estão cercadas desde janeiro de 2015.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Desde maio que o exército sírio realiza, com o suporte da Rússia, uma campanha militar de envergadura para reconquistar o amplo deserto que separa a capital, Damasco, de Deir Ezzor e outras cidades no vale do Eufrates.Após a reconquista de Mossul, no Iraque, o EI está sob ataque do exército sírio em várias frentes.Cerca de metade de Raqa, baluarte do EI no norte da Síria, encontra-se agora sob controlo das forças democráticas sírias, que integram combatentes árabes e curdos apoiados pelos Estados Unidos.Com sede em Londres, o OSDH conta com uma ampla rede de informadores na Síria.Astrónomos identificaram uma família de asteroides, entre as órbitas de Marte e Júpiter, que é quase tão antiga como o Sistema Solar, um descobrimento, declaram, que poderá auxiliar a perceber como estes corpos rochosos e os planetas se formaram.Segundo o estudo, divulgado hoje em comunicado pela American Association for the Advancement of Science, editora da revista científica Science, o grupo de asteroides vai ter aproximadamente quatro mil milhões de anos.O comunicado não elucida como os astrónomos identificaram esta família antiga de asteroides.No Sistema Solar inicial, o material rochoso era acumulado em corpos chamados planetesimais, que se uniram para formar planetas ou se fixaram na Cintura de Asteroides.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Colisões de outros corpos celestes, ‘sobrantes’, originaram fragmentos de asteroides mais recentes e mais pequenos.Estes fragmentos, à deriva ao longo do tempo, tornaram difícil a identificação de famílias de asteroides relacionadas entre si, bem como a determinação dos planetesimais de onde vieram, assinala o estudo.

Leer Más