O Galo canta hoje pela última vez no festival Milhões de Festa de 2017

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Cock-from-koovery

Ao terceiro dia, o Galo canta pela última vez para o ‘Milhões de Festa’, em Barcelos, que tem nos Pop Dell’ Arte o destaque de um cartaz que conta com 19 momentos musicais em quatro palcos e uma piscina. O último dia da 10ª edição do ‘Milhões’ arranca com Ghost Wavvves + Mike El Nite e só irá concluir depois das 04:00 com DJ Fitz , contando, pelo meio, com BALA, que segundo Joaquim Durães, da organização, não é pela popularidade que se selecionam as bandas ou projetos para atuar em o ‘ Milhões ‘, escolhendo mesmo, como montra, desconhecidos que “mais tarde acabam por estourar” no universo musical, Iguana Garcia, Suave Geração, Chúpame El Dedo, entre outros nomes. “Não a marcamos com esse objetivo, quando marcamos uma banda [tornar uma banda conhecida], mas para dar-lhe a suposição de tocar para centenas ou milhares de pessoas, dar espaço a bandas mais experimentais, dar-lhes um palco e dar-lhes público”, referiu.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Público é o que a organização calcula que não falte ao “nome grande” do cartaz do último dia do festival, os Pop Dell’Arte, que sobem ao Palco Milhões às 21:00.”Nos três dias de festival, mais a quinta-feira – uma espécie de aquecimento -, a nossa estimativa é que passem 10 mil pessoas pelo ‘Milhões'”, assinalou Joaquim Durães.

Barcelos está no mapa, nos próximos três dias, e não é pelo galo, mas pela 10.ª edição do Milhões de Festa, que atrai à cidade do Minho milhares de jovens, e “não tão jovens”, para um festival “diferente, insólito”, mas “único”.O sol “está tenrinho” para esta altura do ano, comenta Jorgina Medeiros, 31 anos, artista plástica, com “dez anos de ‘Milhões’ no lombo”, sentar-se em frente ao Placo Taina, um dos quatro palcos do recinto. Ao lado, sete irlandeses, cervejas na mão, ombros bafejados pelo sol, declaram-se “maravilhados, encantados, assombrados, rendidos, conquistados” e mais não declaram, porque “já não se recordam de mais adjetivos” pelo ambiente do festival Milhões de celebração.Durante a tarde é a piscina que concentra “mais malta”, explica à agência Lusa a “eexpertno ‘Milhões'”, Jorgina Medeiros, mas ao final da tarde, “a turbe vira-se para os palcos principais e o mundo para”. Este é um festival que só é possível aqui.”Acredito que tudo seja insólito para quem vem aqui a primeira vez. De tarde vê uma piscina repleta de adolescentes, com espinhas e cortes de cabelo insólitos, uns fatos de banhos bastante alternativos, mas tapadinhos, nada de indecências que isto é mesmo uma celebração de família, e à noite a música não é propriamente de embalar, ou bailarico, o que não é bastante típico de cidades pequenas”, sintetizou a veterana Jorgina, “quase mobiliário” do ‘Milhões’, como alega.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Monotonia é algo que não há no ‘Milhões’. Entre saltos para a água, a tradicional cachoeira em cogumelo das piscinas infantis, as corridas adolescentes à beira da piscina ou o mais adulto bar de bebidas – álcool, mbastanteálcool -, a música, “einsólita duma outra dimensão” oescutase: “MBastantedo que hoje aqui se oescutaninguém conhece. E daqui a um, dois, três anos começa a passar nas rádios, tem sido assim”, conta a festivaleira,E muitos estrangeiros. “Cada vez mais”, confirma à Lusa Joaquim Durães da organização do eacontecimento “É o resultado de alguma aposta em parcerias e de mbastantepassa aopvocábulo que, neestatespéciede eacontecimentos ainda acaba por ser o que funciona melhor”.Em cinco minutos, através do recinto, cinco passos dados, oito questões feitas, encontram-se seis nacionalidades: irlandeses, ingleses, japoneses, brasileiros, mais ingleses, um turco e espanhóis.”Viemos por acaso. O Paul esteve a fazer Erasmos em Braga, há três anos, e veio ao festival nessa altura. Gostou. Viemos visitar Portugal, ele apercebeu-se ontem que era altura do festival e, bem, cá estamos”, confidenciou Winnie Wills, inglês, 25 anos, um de um grupo de quatro.A um metro, outro grupo, outra língula. “Não é bem o que estávamos à espera. Pensámos em algo mais sereno, quando nos falaram de uma celebração na piscina, mas tem a sua piada. É uma experiência”, admitiu Pillar Marinho, 42 anos, espanhola.Naquele que é considerado o “primeiro dia ‘à séria'” do festival, já que, na quinta-feira, com um palco, “foi só para a máquina esquentar”, os destaques vão para o concerto do Palco Fusco Lusco, às 20:00, com Nightman, e para o Palco Milhões, às 21:00, com o Conjunto Cuca Monga.A noite conclui com Switchdance, às 04:00, no Palco Lovers.Nos três dias de festival a organização estima que irão passar pelo recinto cerca de dez mil festivaleiros, “bastante para um acontecimento do género”.Até domingo, em Barcelos, nem o galo dormirá.

Leer Más

Sete mortos e dois feridos em queda de grua em cidade no sul da China

Por: SentiLecto

A queda de uma grua num estaleiro de obra de uma companhia de infraestruturas no sul da China provocou a morte de sete pessoas e ferimentos noutras duas, informaram hoje as autoridades.O incidente aconteceu na noite de sábado no local da sede da companhia estatal China Communications Construction, na cidade de Guangzhou, segundo as autoridades mencionadas pela agência noticiosa Associated Press.Os dois feridos estão em situação estável, segundo as autoridades do distrito de Haizhu daquela cidade.Apesar de ter havido melhorias nos anos recentes, a segurança nos trabalhos de construção continua a ser fonte de preocupação na China, com os regulamentos a serem frequentemente ignorados, em parte por atitudes casuais e por causa da corrupção.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Final do Concurso Internacional de Piano de Santa Cecília realiza-se hoje na Casa da Música

Por: SentiLecto

O 19.º Concurso Internacional de Piano de Santa Cecília, que reuniu cerca de cem jovens músicos de 26 países, tem a final a decorrer hoje, na Casa da Música, no Porto, depois de uma semana de competições.Os intérpretes têm entre os seis e os 32 anos, e vieram de países como China, Rússia, Reino Unido, Coreia do Sul, Vietname, Ucrânia, Portugal.o Curso de Música Silva Monteiro coordena o concurso , uma de as principais e mais antigas escolas de piano de o país , com mais de 85 anos de atividade , formando professores , pianistas e outros jovens intérpretes.A competição está dividida em duas categorias: a primeira, principal, aberta a músicos até aos 32 anos, centrada na Casa da Música; e a categoria júnior, aberta a jovens músicos com idades entendidas entre os seis e os 18 anos, que decorreu na Fundação Manuel António da Mota .Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.elementos de o concurso principal constituem o júri de o panorama musical nacional e internacional , conta com nomes como Carles Lama , Constantin Sandu , Deniz Gelenbe , Emmanuel Ferrer-Laloe , Franch Reich e Fu Hong.”As resoluções do júri são soberanas e delas não vai haver recurso. Se assim o compreender, o júri vai poder não atribuir qualquer prémio. O júri poderá suspender as provas que excedam a ‘minutagem’ estabelecida”, lê-se na página do concurso.O ganhador do primeiro prémio, além de receber 5000 euros, cedidos pela Câmara Municipal do Porto, terá a chance de participar em recitais pela Europa.Os ganhadores da categoria júnior do CISC “vão ter a chance de gravar um ‘CD’ e de ingressar numa agência de habilidades internacional acolhida em Barcelona”, contando também com um prémio monetário, declarou à Lusa Álvaro Teixeira, rculpadapela organização.A grande final realiza-se hoje, a partir das 18:00, na Sala Suggia da Casa da Música.

Leer Más

Venezuela: oposição convida greve de 48 horas para quarta e quinta-feira

Por: SentiLecto

A oposição de Venezuela convidou no sábado uma greve de 48 horas para quarta-feira e quinta-feira contra o Presidente Nicolás Maduro e contra o seu projeto de modificar a Constituição.Durante uma conferência de jornalismo o deputado Simon Calzadilla, em nome da Mesa da Unidade Democrática , a aliança da oposição declarou: “Convidamo toda a população, todos os setores, para 48 horas de greve cívica”. O mesmo deputado anunciou para a próxima sexta-feira, 28 de julho, uma manifestação para exigir que o Presidente Maduro “retire” o seu projeto de Assembleia Constituinte, que é no domingo, 30 de julho, que têm que ser eleitos os 545 membros da Assembleia Constituinte para fazer mudanças à Constituição venezuelana. Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Rony Lopes e o golo invalidado pelo videoárbitro: “Não percebi bem a razão”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – View on Monacoville

Se este Mónaco pode ser melhor, rony Lopes abordou o desaire do Mónaco frente ao SportingMonáco poderá melhorar registo da época passada?: ” do que o do ano passado Rony Lopes é o internacional jovem de Portugal.? Neste momento ainda não, estamos num período de pré-época. Mas estamos a preparar a equipa para ser forte, desejamo defender o título de campeão de Francia e desejamo fazer uma boa Liga dos Campeões. Estamos ainda em preparação, mas teremos um grupo forte.”Análise ao Sporting: “O Sporting vai combater pelo título de campeão, de certeza. Tem excelentes jogadores. O Mónaco sentiu alguns obstáculos neste jogo, apesar de ter sido bastante equilibrado. O Sporting é uma equipa forte, mas o Mónaco também é. Se o Sporting é o principal candidato ao título? se o complica , porque tanto o Benfica como o FC Porto são excntes equipas. Acho que será um campeonato bastante equilibrado.”Bernardo Silva: “O Bernardo Silva é um excelente jogador. Eu já estou no Mónaco há dois anos, ainda não me consegui alegar, mas estou aqui para isso, independentemente de o Bernardo estar ou não. A pré-época está a correr bem, já fiz dois golos, hoje negaram-me o terceiro. Mas sim, tenho iniciado bem, estou aqui para melhorar e para agarrar um lugar.”Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Golo invalidado pelo vídeoárbitro: “Para mim, foi um excelente golo. Foi um bocado insólito ter sido invalidado, não percebi bem a razão. Aparentemente foi fora de jogo, mas acho que tinha que valer, porque foi um bom golo. Acaba por ser uma deceção, porque já estava tão contente por fazer o golo e depois é triste.”

Clube representado disputará a Algarve Cup.O plantel do Benfica já chegou ao Algarve, onde disputará a Algarve Cup, competição de pré-temporada na qual estão igualmente envolvidos Bétis e Hull City.O séquito encarnado chegou por volta das 23h00 e um grupo recebeu ele de adeptos.Na quinta-feira, os tetracampeões nacionais entram em campo para defrontar o Bétis , sendo que o jogo com o Hull está marcado para sábado, à mesma hora.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Mathias Walther confirma a existência de conversações por Jan Bamert. Mathias Walther é diretor esportivo do clube suíço.O Benfica está atencioso na evolução de Jan Bamert aos 19 anos, já capitaneia a equipa principal do Grasshoppers. A evolução de Jan Bamert é jovem defesa que.e acordo com o site Blick, o tetracampeão de Portugal faz parte de um lote de clubes interessados no jogador e, segundo o diretor esportivo do símbolo suíço, Mathias Walther, há “conversações em passeata” com vista à transferência.Faz 2 anos, Bamert estreou se por os seniores de o Grasshoppers e, em a época passada, realizou 33 jogos, assinalando um golo.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.”Somos mais um candidato e vamos fazer tudo para ser penta”, prometeu o goleador do BenficaO Benfica perdeu três titulares – Ederson, Nélson Semedo e Lindelof -, mas nem por isso Jonas vê menos qualidade ou falta de condições para atacar o pentacampeonato.”A equipa está bem. O Benfica, no que diz respeito à reposição, tem feito um trabalho fenomenal, contratando e também subindo jogadores da equipa B. Todos estão a corresponder. O momento é bastante bom, até para quem já saiu, porque estava num ambiente vitorioso e é com essa almazinha que chega ao novo símbolo. O Benfica é um grande clube e contrata bons jogadores. Se estamos mais perto do penta? Será uma briga intensa até ao fim como nos últimos anos. Somos mais um candidato e faremos tudo para ser penta”, afiançou o goleador das águias.Desafiado a falar sobre o que tem visto nos principais adversários, FC Porto e Sporting, nesta pré-temporada, o camisola 10 do Benfica deveu adotar um estilo diferente daquele que o caracteriza no interior das quatro linhas e jogar à defesa no discurso. Mas exibiu uma justificativa plausível: “Na verdade, só tenho visto os resultados dos oponentes. Faz parte do trabalho das grandes equipas realizar estes amistosos na pré-época, que existe para isso mesmo, para se ir adaptando, ganhando confiança e coordenando melhor dentro de campo. O Benfica e os outros grandes estão nesse processo”, anotou Jonas.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más