Alta em oferta mundial de petróleo pode superar procura em 2018, declara AIE

Por: SentiLecto

A ampliação na produção mundial de petróleo, liderado pelos Estados Unidos, possivelmente ultrapassará o crescimento na procura neste ano, alegou a Agência Internacional de Energia nesta terça-feira.

Leer Más

FMI melhora projeção de crescimento mundial após reforma tributária nos EUA

Por: SentiLecto

– O Fundo Monetário Internacional revisou para cima sua previsão para o crescimento econômico mundial em 2018 e 2019 declarando que os cortes tributários nos Estados Unidos devem ampliar os investimentos na maior economia do mundo e auxiliar seus principais parceiros comerciais. Entretanto, em uma atualização de seu relatório “Perspectiva Econômica Global” divulgada nesta segunda-feira, o FMI advertiu que o crescimento dos EUA deve começar a enfraquecer após 2022, à medida que acabarem os incentivos de gastos tprovisóriadesencadeados pelas rdiminuiçõesde impostos. Os cortes de impostos possivelmente aumentarão o déficit em conta corrente dos Estados Unidos, vão fortalecer o dólar e vão afetar fluxos de investimentos internacionais, declarou o economista-chefe do FMI, Maurice Obstfeld. Faz 1 mês, Donald Trump modificou em lei a enorme reforma tributária de os republicanos de 1,5 trilhão de dólares, consolidando o maior triunfo legislativo de seu primeDonald Trump modificou em lei a enorme reforma tributária de os republicanos de 1,5 trilhão de dólares em dezembro, consolidando o maior triunfo legislativo de seu primeiro ano em a Casa Branca. Donald Trump é o presidente dos EUA. Donald Trump é o presidente dos EUA. Faz 3 meses, o FMI, que declarou que agora a expectativa é de que a economia de os EUA aumente 2,7 por cento em 2018, contra previsão de 2,3 por cento revisou sua previsão para o crescimento mundial para 3,9 por cento tanto para 2018 como para 2019, em uma mudança de 0,2 ponto percentual em relação a sua projeção de outubro. O documento também declarou que a atividade econômica na Europa e na Ásia foi surpreendentemente mais forte do que o esperado no último ano, e que agora estima-se que o crescimento mundial de 2017 chegou a 3,7 por cento, 0,1 ponto percentual a mais do que projetado em outubro. O FMI na atualização, divulgada durante o Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça declarou: “As mudanças na política tributária dos EUA devem animar a atividade, com o efeito de curto prazo nos Estados Unidos impulsionado principalmente pela resposta de investimentos aos cortes nos impostos sobre a receita corporativa”. O crescimento de Noruega deve reduzi, chegando a 2,5 por cento em 2019, declarou. O FMI também revisou para cima suas previsões de crescimento para a zona do euro, especialmente para a Alemanha, Itália e Holanda, “refletindo o impulso mais forte na procura interna e maior procura externa”. O FMI conservou suas previsões de crescimento para mercados emergentes e países em desenvolvimento para este e o próximo ano. A economia china ainda tem que expandir 6,6 por cento este ano e retardar para 6,4 por cento em 2019. Em a América Latina , um colapso econômico vai pressionar o crescimento em a Venezuela , apesar da melhora em a atividade econômica brasileira e em o México , declarou o FMI.

Leer Más

França repensa atitudes envolvendo assédio sexual após escândalo Weinstein, declara ministra

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Harvey Weinstein 2010 Time 100 Shankbone

O escândalo envolvendo o produtor de cinema Harvey Weinstein está forçando uma nova análise de atitudes em relação a assédio sexual na França, que tem frequentemente debatido assédios sexuais durante a última década após escândalos envolvendo políticos franceses, um país que aprecia sua autoimagem como terra da sedução e romance, declarou a ministra encarregada de reprimir a violência contra as mulheres. Diversas mulheres acusaram Weinstein de assédios e abusos sexuais em incidentes datados desde a década de 1980 , incluindo três mulheres que declaram ter sido estupradas. O produtor nega ter feito sexo não consensual com qualquer uma delas.

Ele e seu irmão, Bob Weinstein, são co-presidentes da The Weinstein Company, sua companhia de produção cinematográfica, desde 2005.

Leer Más

Ditaduras não perdem votações, fazem fraude como em Caracas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Assinatura de Laura Chinchilla

Os resultados das votações regionais deste domingo , segundo os números oficiais, só podem ser explicados por uma frase curta e grossa da ex-presidente da Costa Rica, Laura Chinchilla: “As ditaduras não perdem”, declarou ela, conforme recolhe o jornal “El País”.

Laura Chinchilla Miranda é uma política e cientista política da Costa Rica, tendo sido a 47ª presidente de seu país, entre maio de 2010 e maio de 2014.

Leer Más

FMI adverte sobre crescente risco financeiro por ininterrupto estímulo monetário

Por: SentiLecto

O Fundo Monetário Internacional informou nesta quarta-feira que o estendido estímulo monetário está aumentando os riscos financeiros, ao ampliar o valor dos ativos e o endividamento mundial, vulnerabilidades que podem fazer “descarrilar a recuperação econômica”.

Leer Más