Jorge Braz: “Uma equipa a sério não perde duas vezes seguidas”

Jorge Braz, que indicou que é o bom caminho efetuado pela Seleção Nacional, “mesmo tendo um jogo mau” e ficado afastada da final, que lhe permite ter chance de conquistar outra medalha, a de bronze, refere que “um mau jogo” não reflete o caminho da Seleção no Mundial de futsal, que concluiu diante da Argentina. Jorge Braz lamentou as “ofertas” nas meias-finais do Mundial, que redundaram na derrota com a Argentina por 5-2, informando que “uma equipa a sério não perde duas vezes seguidas”. Jorge Braz é o selecionador português de futsal.”Ofertas, momentos de desconcentração e ao oferecer um benefício de três golos numa meia-final de um campeonato do Mundo torna-se bastante difícil. Tentámos depois de várias maneiras invalidar esse benefício [da Argentina], tivemos chances, mas não conseguimos”, lamentou o treinador.”Não é que não a desejemos, mas… Hoje houve um percalço . Desperdiçámos esta. Uma equipa a sério não perde duas vezes seguidas e não desperdiça duas chances seguidas e é com essa mentalidade que devemo preparar o último jogo que vamo ter neste Mundial”, observou.Os comandados de Jorge Braz disputarão o terceiro lugar com o Irão, no sábado, dia em que os argentinos debaterão o cetro com a Rússia, ganhadora da primeira meia-final, na terça-feira, por 4-3.

Leer Más

Rússia à espera de Portugal ou Argentina na final

Foto: Wikipedia – PortugalNumbered

Formação europeia vai disputar a sua primeira final de globais.A Rússia qualificou-se pela primeira vez na sua história para a final do Mundial de futsal, ao vencer na terça-feira o Irão por 4-3, em Medellín, numa primeira meia-final bastante equilibrada e emotiva.A formação europeia, que tinha como melhor registo em Mundiais o terceiro posto de 1996 e vai debater o título na Colômbia’2016 com Portugal ou Argentina, jamais esteve a perder, mas só liderou por dois golos durante 31 segundos, já na parte derradeira do encontro, e teve de padecer até ao fim.O Irão, que já garantiu, ainda assim, que igualará a sua melhor classificação de sempre , teve contra si o facto de nunca ter passado para o comando do marcador, também por alguma infelicidade.Os russos iniciaram melhor, a dominar por inteiro o jogo e, com toda a naturalidade, porque há bastante o justificavam, adiantaram-se aos 13.44 minutos, graças a um remate de fora da área, em posição frontal, de Dmitry Lyskov.Em desvantagem, situação vivida muitas vezes ao longo da prova, o Irão reagiu de pronto e restabeleceu a igualdade aos 16.27 minutos, num espetacular livre direto de Ahmad Esmaeilpour, que deixou Gustavo pregado ao chão.Os detentores do título asiático estiveram bastante perto de passar para a frente no começo da segunda parte, quando o mesmo Esmaeilpour atirou ao poste direito, para, 20 segundos depois, aos 22.21 minutos, Sergey Abramov dar nova benefício à Rússia,Apesar de nova cirritação os iranianos não se foram abaixo e, com 29.12 minutos, e após várias ocasiões desperdiçadas, chegaram ao 2-2, por Ali Hassan Zadeh, que assinalou o seu quinto golo na competição.Esta nova igualdade só durou, porém, 13 segundos, já que, no ataque seguinte, e aproveitando alguma falta de concentração dos jogadores do Irão, o capitão Vladislav Shayakhmetov recolocou os russos na liderança.A 4.12 minutos do final, os iranianos apostaram no guarda-redes progredido e estiveram várias vezes perto do terceiro tento, mas foi a Rússia a chegar ao quarto, já nos minutos final, por Ivan Chishkala.Mahdi Javid ainda conseguiu diminuir, com escassos 11,4 segundos para jogar, e o Irão teve tempo para mais um ataque, mas Esmaeilpour voltou a não aproveitar, para alívio da Rússia, que selou a sua primeira final de um Mundial.A segunda meia-final, entre Portugal e a Argentina, realiza se, por as 19h00 locais, em o Coliseo el Pueblo, em Cali.Em o mesmo local, realizam se o jogo de apuramento de o terceiro lugar, por as 12h00 locais , e a final, a partir das 14h30 .

A oponente da Rússia vai sair do confronto entre Argentina e Portugal, que ocorre às 21h desta quarta-feira. O duelo também coloca frente a frente duas seleções que nunca chegaram a uma resolução de Copa do Mundo.O jogo, que colocava frente a frente duas equipes que nunca haviam chegado a uma final de Mundial, foi emocionante do começo ao fim. Os russos saíram na frente aos 13 minutos de jogo, com Lyskov, mas quando Esmaeilpour balançou a rede, padeceram o empate três minutos depois.

Leer Más

Síria: Aleppo eixo do combate

Foto: Wikipedia – Imagem: Cidade Antiga de Alepo

Nuvens de fumo perto da fronteira sírio-turca este domingo, dão conta do prosseguimento das guerrazinhas depois de um armistício ultimamente acordado mas não respeitado.

Desde que o exército anunciou, pelo menos 115 pessoas, sobretudo civis, faleceram devido aos bombardeamentos sírios e russos sobre a parte oriental de Aleppo na quinta-feira uma operação para recuperar aquela área da cidade atualmente controlada por rebeldes.

Leer Más

Portugal nos quartos de final do Mundial de futsal, ao golear Costa Rica

Surpresa envolveu detentor do título, o Brasil, que foi suprimido da provaA seleção portuguesa de futsal qualificou-se quarta-feira para os quartos de final do Mundial da Colômbia2016, ao golear a Costa Rica por 4-0, em encontro dos ‘oitavos’ disputado em Cali.Ricardinho marcou os dois primeiros golos, um em cada parte, e André Coelho e Tiago Brito completaram a goleada da equipa de Jorge Braz, que nos ‘quartos’ defronta Tailândia ou Azerbaijão, no domingo .Além de Portugal, já estão nos quartos de final a Rússia, o Paraguai, a Espanha e o Irão, que, sensacionalmente, afastou o detentor do título e pentacampeão Brasil .

Leer Más

Jorge Braz promete Portugal de “característica e enormemente ambicioso”

Foto: Wikipedia – PortugalNumbered

Está “proibido” de voltar a casa antes de outubro…O selecionador Jorge Braz garantiu que Portugal está “focado” em exibi-se com “característica e enormemente ambicioso” no Mundial2016 de futsal, que decorrerá na Colômbia entre 10 de setembro e 02 de outubro.”Só estamos preocupados connosco porque se nós não cometermos alguns erros e tivermos a nossa identidade, não há que ter receio. Temos um Portugal de característica e enormemente ambicioso”, declarou Jorge Braz, em entrevista à agência Lusa.O técnico assinalou como “reais e objetivas” expectativas “vencer o grupo para depois ter algum benefício, particularmente logística numa segunda passe para maior recuperação entre os jogos a suprimi”.Portugal estreia-se neste Mundial num jogo com a Colômbia, anfitriã da prova, mas o facto dos sul-americanos jogarem em casa não inquieta o selecionador português que vincou que a seleção portuguesa “sabe bastante bem o que deve fazer” e está e “a preparar bastante bem os três jogos [do período de grupos]”.”Isso até é bom para nós. Poder começar o Mundial num pavilhão que estará completamente repleto, num ambiente tipicamente de Mundial, só tem de nos estimular ainda mais”, declarou Jorge Braz.Portugal integra o grupo A e à Colômbia sadicionase o Panamá e o Uzberquistão, um grupo descrito como “competitivo” que está dentro de um Mundial onde pvão poder acredita o selecionador, aocorrer”surpresas”.”Muitos países estão a preparar-se com grande rigor. Existe sempre uma cultura diferente. O jogo e a forma de abordar o jogo tem muito a ver com a cultura local, portanto existem abordagens ligeiramente distintas em função da cultura também distinta de cada país. Uns maus físicos, outros mais técnicos. Uns mais irreverentes, outros mais pacientes”, descreveu.Quanto a ‘favoritos’ àovtriunfofinal, Jorge Braz aassinalouos únicos atuais detentores do título, Brasil e Espanha, sadicionandoa Rússia, a Argentina, o Irão e a Itália, sem deixar de garantir que Portugal está “claramente no lote dos países que ambicionam algo”.Aliás Jorge Braz não fez promessas, mas em casa garantiram-lhe que não entrava antes de outubro.”A minha esposa proibiu-me de voltar antes mas não depende dela, depende de nós e nós tudo vamo fazer para voltar o mais tarde possível como é evidente. Estamos com muita pretensão e com muita vontade de ser Portugal mas com os pés bem assentes e a perceber as várias etapas que devemo passar. A primeira etapa é claramente o grupo. Sem deslizes. Este Mundial pode ser o Mundial das surpresas”, analisou.Questionado sobre o processo de renovação de jogadores de futsal, Jorge Braz falou de um trabalho “de anos”, cujos resultados vão poder não surgir “no imediato”, mas vincou ter neste momento “14 [jogadores] prontos para o imediato”.”Temos aí gente nova. Voltamos a ter jogadores enormemente jovens nesta convocatória. Temos ai gerações bastante interessantes nas seleções jovens. Para alguns jogadores jovens que temos aqui já não é novidade vestir o equipamento e perceber o que é o espaço seleção e o que devem fazer”, deduziu.

O internacional português Ré, estreante na equipa lusa que vai disputar o período final do Mundial de futsal, na Colômbia, considera a seleção “bem preparada”, conforme declarações transmitidas pela Federação Portuguesa de Futebol .”Tivemos uma pré-época bastante boa, durante a qual treinámos muito e de maneira dura”, alegou o ala do Benfica, lembrando os seis jogos de preparação, ainda em território luso, apesar de incluir duas derrotas com a Espanha: “Perdemos o segundo jogo mais por culpa própria”, assumiu.Para Ré, “o balanço é bastante positivo” e os convidados de Jorge Braz chegaram hoje à Colômbia “mbastantebem preparados”, tendo agora cinco dias para “estudar a fmaneirade jogar” da equipa anfitriã, o primeiro aoponente que dvão defrontarno sábado , no Coliseo el Pueblo, em Cali, onde também rvão realizara segunda partida.Segundo nota da FPF, a seleção nacional já iniciou a adaptação às condições climatéricas e à diferença horária , depois de uma viagem “um pouco cansativa, com muitas horas de voo”, segundo o mesmo jogador.O futebolista do Benfica não esconde a satisfação por fazer parte do lote de 14 jogadores que encarnarão Portugal na mais importante prova do calendário internacional da modalidade: “Estou bastante contente por estar entre os eleitos para participar no período final do Mundial e espero estrear-me na competição”.”Este era um objetivo que já tinha em mente há muito tempo. Prosseguiu, quando se joga a um nível alto, estamos sempre com esperança e trabalhamos para jogar um dia disputar um Mundial ou um Europeu”.Portugal vai defrontar a Colômbia a partir das 20h00 de sábado , o Panamá na terça-feira, às 18:00 e o Uzbequistão na sexta, às 20h00 , partida esta a disputar no Coliseo Iván de Bedout, em Medellín.

Leer Más