Socorristas de China recuperam 2 corpos de navio petroleiro iraniano em chamas

Por: SentiLecto

Faz 11 dias, uma equipe de China de resgate recuperou corpos de um navio petroleiro iraniano em a deriva que ainda ardia em chamas uma semana após uma colisão em o Mar do Leste da China, informou a agência estatal de notícias Xinhua.

Leer Más

Se Trump impuser tarifas comerciais pesadas, alemanha pode retaliar , declara aliado de Merkel

Foto: Wikipedia – Donald and Ivana Trump

Bens de outros países, a Europa provavelmente fará o mesmo, disse um grande aliado da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, em entrevista a uma revista, se Donald Trump impuser tarifas punitivas a. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Yoo, atualmente professor na Escola de Direito Berkeley da Universidade da Califórnia explicou: “Isso encarnaria um aumento apreciável da supervisão judicial do que o presidente e todo o Executivo fazem”.”Milhões de bons empregos de classe média em ambos os lados da fronteira dependem desta relação”, evidenciou Trudeau durante a entrevista coletiva, na qual recordou que o Canadá é o principal mercado para as exportações de “35 estados” estadunidense.

Leer Más

Japão exorta chineses a não escalarem nervosismo no Mar do Leste da China

Foto: Wikipedia – Batting High school baseball in Japan 2007

– O Japão declarou nesta segunda-feira que depois que barquinhos do governo da China invadiram, irá reagir com firmeza o que Tóquio considera suas águas territoriais próximas de ilhas disputadas no oceano do Leste da China 14 vezes durante o final de semana. Há anos os laços entre China e Japão, a segunda e a terceira maior economias do mundo, estão sendo prejudicados por uma desavença em relação às ilhas que o Japão controla e as águas a seu redor. A série de incursões chinesas nas águas vem na esteira de um fase de pressão constante sobre a China por conta de suas atividades no Mar do Sul da China e de críticas de Pequim sobre o que vê como interferência japonesa nessa disputa. A atividade chinesa nas ilhas também contestadas do Mar do Leste da China, conhecidas como Senkaku no Japão e Diaoyu na China, se intensificou desde sexta-feira, declararam autoridades japonesas, o que levou a protestos reiterados do Japão, incluindo três só no domingo. Yoshihide Suga declarou que seu país iria exortar a China a não aprofundar a disputa no Mar do Leste da China e ao mesmo tempo reagir firme e tranquilamente. Yoshihide Suga é o secretário-chefe de salinha japonês. No sábado, a Hua Chunying declarou em um comunicado que a China detém a soberania inquestionável das ilhas e das águas próximas. Hua Chunying é porta-voz do Ministério das Relações Exteriores chinês. REUTERS MPP

– O Japão mandou um protesto a Pequim depois da descobrimento de que a China instalou um equipamento de radar em uma plataforma de exploração de gás perto de águas disputadas no oceano da China Oriental, declarou um porta-voz do ministério de Relações Exteriores do Japão neste domingo. O Japão teme que o radar, uma espécie encontrado com frequencia em navios de patrulha e que não é necessário para o desenvolvimento do campo de gás, possa ser um sinal que a China planeja utilizar plataformas de gás como estações militares em águas sob disputa, segundo o jornalismo japonesa. Também neste domingo, um número recorde de embarcações da guarda costeira da China e outros barquinhos governamentais entraram em áreas bastante próximas ao que o Japão considera suas águas territoriais, perto de um grupo de ilhotas disputadas no Mar da China Ocidental, aumentando os nervosismos. Segundo o ministério japonês, o Japão descobriu o radar no fim de junho e emitiu um protesto na sexta-feira por meio de sua embaixada na China, exigindo explicação de Pequim sobre as razões da instalação.

Leer Más

Japão declara que expansão marítima da China deixa o mundo ‘intensamente inquietado’

Foto: Wikipedia – China airforce J10

TÓQUIO – Falando às vésperas de uma visita a Pequim, o ministro das Relações Exteriores do Japão, Fumio Kishida, ddeclarounesta segunda-feira que a China está deixando o mundo “pinquietado com a intensificação de sua presença militar e sua expansão marítima nos moceanosdo Leste e do Sul da China.

A China Shipbuilding Industry Corp, empresa encarregada de esboçar e construir as plataformas, está “progredindo com o trabalho”, declarou o diretor da companhia, Liu Zhengguo.

Leer Más