Eletrobras tem até janeiro para pagar R$ 2,9 bi a fundo do setor elétrico

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Eletrobras

— A Eletrobras ganhou até o fim de janeiro de 2018 para pagar uma cobrança de R$ 2,9 bilhões por anormalidades na administração de um fundo do setor elétrico. A Agência Nacional de Energia Elétrica decidiu, nesta terça-feira, conceder mais prazo à ecompanhia que inicialmente tdeveria quitara dívida no fim deste mês. Uma fiscalização dos técnicos da Aneel deduziu que se repassou o dinheiro indevidamente em a Amazonas Energia, distribuidora de o grupo Eletrobras em o estado e determinou o ressarcimento da soma. A Eletrobras já advertiu que não consente com a cobrança e informou que recorrerá para não pagar o valor. Faz 1 mês, a Aneel deu mais prazo para a estatal porque diminuiu a cobrança em R $ 90 milhões em o fim Faz 3 meses, se deduziu a fiscalização, após um ano de trabalho. Os técnicos da agência investigaram os repasses do fundo setorial Conta de Consumo de Combustíveis à Amazonas Energia de energia entre 2009 e 2016. O dinheiro que teria sido repassado além do necessário foi pago por todos os consumidores de energia do país por meio da conta de luz. Até este ano, a Eletrobras era gestora fundo setorial, por isso cabia a ela repassar os valores à sua própria distribuidora. Utilizam-se os recursos para subvencionar a geração de energia em regiões isoladas de o país, onde é preciso produzir eletricidade caso de o Amazonas utilizando usinas térmicas,. A Amazonas Energia recebe o equivalente a 70% dos recursos do fundo setorial. Os técnicos da agência reguladora constataram que a Amazonas Energia pagava por um consumo de combustível maior que o necessário para gerar a energia. A Aneel também identificou anormalidades parecidas no contrato de abastecimento de gás entre a Amazonas Energia e a Petrobras. Segundo a agência reguladora, a distribuidora de energia pagou à petroleira por mais gás que o necessário para gerar a eletricidade. Deduziu-se a fiscalização de a Aneel antes de o governo federal anunciar que vai privatização a Eletrobras. A venda da empresa, no entanto, não interfere na cobrança.

– A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou em reunião nesta terça-feira um aumento do prazo para que a estatal Eletrobras devolva 2,9 bilhões de reais a um fundo setorial, a Conta de Consumo de Combustíveis . Faz 3 meses, a agência havia uma resolução segundo a qual a Eletrobras teria 90 dias para devolver os valores entre 2009 e 2016., que a empresa teria utilizado indevidamente entre 2009 e 2016. Devido à necessidade de um pequeno ajuste no texto da dresoluçãoda Aneel, houve necessidade de republicação da dresolução o que dá um prazo acomplementarpara a ecompanhiadevolver os recursos. Em 11 meses, se vai contar o prazo de 90 dias a partir da publicação de a segunda versão de a resolução, em 30 de outubro.

Leer Más

Parlamento do Zimbábue começa processo de impeachment contra Mugabe

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Robert Mugabe May 2015 (cropped)

– O Parlamento do Zimbábue começou, nesta terça-feira, um processo de impeachment contra o presidente Robert Mugabe, que enfrentou o colapso de sua autoridade e um prazo para abdicar, que expirou na segunda-feira, que parece pronto para levar seu domínio sobre o país, que já dura quase quatro décadas, a um fim vergonhoso. O Exército assumiu o poder há uma semana, e houve protestos em massa contra Mugabe e pedidos por sua renúncia partindo de diversos lados, incluindo, nesta terça-feira, por parte do favorito do partido governista para troquei-lo, Emmerson Mnangagwa. Jacob Mudenda declarou ter recebido uma moção para começar o processo de impeachment e que o Parlamento irá iniciar os procedimentos na tarde desta terça-feira em um hotel. Jacob Mudenda é o presidente do Parlamento. De acordo com a lei do Zimbábue, uma sessão conjunta pode ocorrer em qualquer lugar. Milhares de pessoas se demonstraram do lado de fora do Parlamento pedindo pela renúncia de Mugabe.

A fonte declarou: “É uma espécie de duelo, um impasse”. “Eles estão insistindo que o presidente deve concluir seu mandato”.Último de os fundadores de um Estado de Afragola em o auge de a luta contra a colonização europeia ainda em o poder , muitos africanos ainda vêem Mugabe como um herói de a libertação, mas conservar em o comando empobreceram um de os Estados mais promissores de a África, se o repudia em o Ocidente que o vê como um déspota, cujo manejo desastroso de a economia e disposição para recorrer em a violência para se.Ele foi expulso”, declarou um dos delegados. “Mnangagwa é nosso novo líder.”A fonte declarou que o Exército do país estava trabalhando em um comunicado de renúncia para Mugabe, sem dar detalhes.

Leer Más

Zimbabué está a escrever o fim da era Mugabe

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Robert Mugabe May 2015 (cropped)

É o fim da era Mugabe, no Zimbabué. Que nas ruas, a multidão pediu durante todo o dia de sábado o fim de uma presidência que dura há 37 anos: “Antes não tínhamos autorização de andar nesta estrada por que era a do chefe de Estado, tem calculada uma reunião para este domingo para definir as condições da partida de Robert Mugabe do poder, enquanto as agências internacionais mostram imgens da caravana dos batedores a abandonar o palácio presidencial, surgem notícias de que o partido ZANU-PF. , mas hoje é um dia diferente. É o começo de uma nova era”, declara uma manifestante em Harare.

No Zimbabué, a jornada desta quarta-feira foi de nervosismo crescente. Com tanques de combate, carros blindados e soldados nas ruas da capital.

Leer Más

Eufóricos zimbabuanos festejam esperada queda de Mugabe

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Robert Mugabe May 2015 (cropped)

Dezenas de milhares de zimbabuanos inundaram as ruas de Harare neste sábado cantando, dançando e abraçando soldados em uma forte demonstração de euforia pela esperada queda do presidente Robert Mugabe, seu líder nos últimos 37 anos.

Robert Gabriel Mugabe é um político e actual presidente do Zimbábue.

Leer Más

EUA vão interromper norma que proibia a importação de troféus de caça de elefantes

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Donald Trump, Jr

Estes são links externos e vão abrir numa nova janela

A administração do presidente americano Donald Trump permitirá que caçadores dos Estados Unidos importem troféus de caça de elefantes para o país – interrompendo uma interdição da era da ex-presidente Barack Obama de 2014.

Leer Más