Oposição síria pede ao governo que permita assistência e excreções em Ghouta

Por: SentiLecto

A oposição síria pediu nesta quarta-feira ao regime do presidente Bashar al Assad que permita o acesso de assistência humanitária e excreções médicas urgentes em Ghouta Oriental, o principal reduto rebelde, situado nos arredores damascenos e sitiado pelo governo. Cerca de 400 mil sírios “vivem em duras condições humanitárias pelo assédio de mais de cinco anos” a Ghouta Oriental, que padece “amplos bombardeios”, alegou, por parte do regime, declarou Hanadi Abu Arab, adjunta da presidência da Comissão Suprema para as Negociações , em uma conferência coletiva no hotel onde a oposição está hospedada em Genebra.

Leer Más

Alemanha dará 350 mil euros de bônus a cada jogador em caso de conquista da Copa do Mundo

Por: SentiLecto

Os jogadores da seleção de futebol da Alemanha receberão 350 mil euros cada se tiverem sucesso na defesa de seu título na Copa do Mundo da Rússia do ano que vem, informou a associação de futebol alemã nesta quarta-feira.

Leer Más

Haitianas buscam suporte a filhos de soldados da ONU no Haiti

Por: SentiLecto

– Advogados encarnando 10 mulheres de Haiti que alegaram terem tido filhos com agentes de paz da Organização das Nações Unidas entraram com as primeiras ações legais no Haiti contra a ONU e agentes de paz individuais por suporte infantil e reivindicação de paternidade. As ações judiciais registradas pelo grupo de direitos humanos Bureau des Avocats Internationaux , com base no Haiti, são parte de um combate legal das mulheres haitianas para forçarem os agentes de paz, que segundo elas são pais de seus filhos, a contribuírem com o crescimento das crianças. “Ter e depois abandonar os filhos não está dentro das habilidades oficiais de um agente de paz da ONU e portanto argumentamos que isso dá à corte haitiana jurisdição para resolver as reivindicações de paternidade e de asuporteà criança”, dideclarouesta terça-feira Nicole Phillips, advogada do Instituto para Justiça e Democracia no Haiti , baseado nos EUA, que está trabalhando no caso. Dez mães de 11 crianças que alegaram terem sido abandonadas por soldados da ONU estão buscando suporte financeiro dos mesmos. Uma quando deu à luz, das mães tinha 17 anos o que equivalea estupro de acordo com a lei haitiana, ddeclarouo IJDH. Sob a “política de tolerância zero” da ONU, relações sexuais entre agentes de paz e residentes dos países recebendo missão da ONU são fortemente desencorajadas. Farhan Haq declarou na Thomson Reuters Foundation que a responsabilidade pelo suporte infantil fica com aqueles indivíduos que “geraram as crianças”. Farhan Haq é porta-voz do secretário-geral da ONU António Guterres.”… as Nações Unidas por si só não podem estabelecer legalmente paternidade ou direitos de apoio a criança… a compensação é uma questão de responsabilidade pessoal a ser determinada sob processos legais nacionais”, declarou Haq por email. Faz 2 meses, a missão de a ONU deixou o Haiti em outubro após ser mandada para estabilizar um país afetado por conflitos políticos.

Leer Más

Mujeres que han acusado a Trump “deben ser escuchadas” asegura Nikki Haley

Por: SentiLecto

La embajadora de Estados Unidos ante la ONU, Nikki Haley, ha asegurado que las mujeres que han acusado al presidente Donald Trump de comportamiento sexual inapropiado “deben ser escuchadas”, una postura que se desmarca de la Casa Blanca.

Leer Más