Israel recua de novas casas em Jerusalém Oriental antes de discurso de Kerry

Foto: Wikipedia – PikiWiki Israel 21483 Transport in Israel

– A prefeitura de Jerusalém cancelou uma eleição calculada para esta quarta-feira a depois que os planos provocaram críticas dos Estados Unidos em meio a uma disputa acirrada a respeito dos assentamentos, respeito de solicitações para construir quase 500 casas novas para israelenses em Jerusalém Oriental, declarou uma autoridade municipal. O assentamento sugerido é parte de uma atividade de construção que na sexta-feira o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas exigiu ser suspendida por meio de uma determinação tornada possível graças à abstenção dos EUA. Benjamin Netanyahu pediu que a resolução seja protelada, declarou Hanan Rubin, membro do Comitê de Planejamento e Habitação de Jerusalém, horas antes de o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, fazer um discurso no qual irá delinear sua visão para o fim do conflito israelo-palestino. Benjamin Netanyahu é o primeiro-ministro de Israel. Um porta-voz de Netanyahu não comentou de imediato. Rubin declarou que 492 licenças de construção de casas para israelenses nos assentamentos urbanos de Ramot e Ramat Shlomo, situados em áreas que Israel capturou na Guerra dos Seis Dias de 1967 e anexou a Jerusalém, se as submeteram a aprovação. Na sexta-feira, Washington rompeu com uma política antiga de blindar Israel diplomaticamente e se absteve na eleição da determinação no Conselho de Segurança da ONU, aprovada com o endosso de 14 países e nenhum voto oposto. Quando discursar no Departamento de Estado dos EUA às 14h , ddeclarouum funcionário de alto escalão do dsetora repórteres, kerry irá falar sobre a abstenção na terça-feira.O discurso também irá tratar do que este classificou como denúncias “enganosas” de autoridades israelenses segundo as quais o governo do presidente dos EUA, Barack Obama, desenhou a determinação e impôs sua eleição. A eleição sobre as novas licenças de construção foi retirada da pauta do comitê para a sessão “por causa do discurso de Kerry às 18h . O primeiro-ministro declarou que, não devemo atiçar a situação ainda mais, embora apóie as construções em Jerusalém”, declarou Rubin. O comitê se reúne regularmente e pode ponderar aprovar as licenças em uma data futura. Há décadas Israel vem praticando a política de construir assentamentos judeus em territórios ocupados que os palestinos cobiçam para formar seu próprio Estado, algo que a maioria dos países considera uma dificuldade para a paz.

– Israel convidou os embaixadores de 10 nações a Jerusalém para repreendê-los no domingo econduziuu maisvocábuloss duras à gestão Obama por conta de uma determinação do Conselho de Segurança das Nações Unidas demandando o fim da construção de assentamentos. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu colocou sua marca pessoal em uma demonstração de ira ao repetir, em sua reunião semanal de salinha, o que uma autoridade não identificada do governo israelense afirmou na sexta-feira: que Washington conspirou com os Palestinos para pressionar pela adoção da determinação. A Casa Branca nega a denúncia. A eleição passou no Conselho de Segurança, de 15 membros, na sexta-feira porque os Estados Unidos romperam com sua antiga abordagem de proteger diplomaticamente Israel e não exerceram, como membro permanente do fórum, seu poder de veto, selecionando se abster. Netanyahu aa salinha em comentários públicas declarou: “De acordo com nossas informações, não temos dúvidas que a gestão Obama começou , a apoiou, organizou a redação e demandou que ela passasse”. Embaixadores de 10 dos 14 países que votaram em defesa da determinação e que têm Embaixadas em Israel – Grã-Bretanha, China, Rússia, França, Egito, Japão, Uruguai, Espanha, Ucrânia e Nova Zelândia – foram convidados ao Ministério das Relações Exteriores em Jerusalém, declarou o ministério. Domingo é um dia regular de trabalho em Israel, mas a maioria das Embaixadas ficam fechadas, e chamar emissários no dia de Natal é pouco habitual. Quando Israel e o presidente eleito Donald Trump pressionaram, em reunião semanal de seu gabinete no domingo, Netanyahu descreveu uma conversa por telefone com o Secretário de Estado dos EUA, John Kerry, na quinta-feira com sucesso, o Egito a abandonar a resolução anti-assentamentos que havia apresentado. Ela foi reenviada um dia depois pela Nova Zelândia, Senegal, Venezuela e Malásia. “Durante décadas gerentes estadunidense e governos israelenses discordaram sobre os assentamentos, mas nós consentimo que o Conselho de Segurança não é o lugar para resolver essa questão”, declarou Netanyahu. “Nós sabemos que ir lá tornaria as negociações mais duras e empurraria a paz para mais longe. Como eu declarou a John Kerry na quinta-feira, ‘Amigos não levam amigos ao Conselho de Segurança'”, declarou ele, mudando de Hebreu para Inglês. Israel tem perseguido uma política de construção de assentamentos no território que conquistou em 1967 no combate contra seus vizinhos árabes – a Cisjordânia, Gaza e leste de Jerusalém, áreas Palestinas em busca de um Estado. A maioria dos países vêem os assentamentos como atividades ilegais e uma dificuldade para a paz. Israel discorda, mencionando conexões bíblicas e históricas à Cisjordânia e Jerusalém, bem como interesses de segurança.

Leer Más

Carrie Fisher recebeu visita de cachorro adotado em clínica antes de falecer

Foto: Wikipedia – Carrie Fisher and Wim Wenders

A atriz Carrie Fisher, que faleceu na manhã da última terça-feira, quatro dias depois de padecer um infarto durante um voo entre Londres, no Reino Unido, recebeu uma visita muita especial enquanto esteve internada no clínica UCLA Medical Center, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Levou-se seu companheiro o bulldog francês Gary de 4 anos adotado seu ” companheiro “, o bulldog francês Gary, de 4 anos, que ela havia adotado, até a unidade hospitalar para ver seu talento. A visita ocorreu quatro dias dela falecer. O animal agora tem que ser cuidado pela filha da atriz, Billie Lourd, de 24 anos., e Los Angeles, nos Estados Unidos. Quando ela passou mal dentro do aeronave, ainda segundo o “TMZ”, Gary estava ao lado da talento.

Se reproduz uma nota de a família de Fisher em a matéria, também , divulgada por o representante de a atriz, Simon Halls. “É com um grande afliçãozinha que Billie Lourd confirma que Carrie Fisher morreu nas 8h55 desta manhã. Carrie Fisher é sua amada mãe.Ela era amada pelo mundo e sua ausência será sentida profundamente. Nossa família agradece pelos pensamentos e orações”.Faleceu, na manhã desta terça-feira, Carrie Fisher, famosa por ter vivido a princesa Leia, da saga “Star Wars”. A atriz, de 60 anos, estava internada nos Estados Unidos após ter padecido um ataque cardiaco durante um voo de Londres para Los Angeles. A revista publicou a notícia ” People “.

Leer Más

Ataques aéreos no leste da Síria matam 22 civis

Ao menos 22 civis, entre eles dez crianças, faleceram em ataques aéreos contra uma cidade sob controle do Estado Islâmico no leste da Síria, alegou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos , com sede no Reino Unido.

Leer Más

Carrie Fisher faleceu após segunda parada cardíaca na clínica, declara site

Foto: Wikipedia – Carrie Fisher and Wim Wenders

De acordo com o site estadunidense TMZ, Carrie Fisher padeceu uma segunda parada cardíaca que levou à sua morte nesta terça-feira , aos 60 anos.

De acordo com o site, o incidente aconteceu 15 minutos antes da aterrissagem da aeronave. A tripulação teria requerido entre os passageiros a assistência de um médico, que realizou a reanimação cardiorrespiratória.

Leer Más

Kerry vai falar sobre paz no Oriente Médio na 4ª-feira, declara Departamento de Estado dos EUA

John Kerry vai fazer observações sobre a paz no Oriente Médio na quarta-feira e debaterá os próximos passos necessários para resolver o conflito entre israelenses e palestinos, declarou Mark Toner nesta terça-feira. John Kerry é o secretário de Estado dos Estados Unidos. Mark Toner é o porta-voz do Departamento de Estado.

Leer Más