Procurador especial dos EUA amplia pressão sobre ex-assessores da campanha de Trump com nova denúncia

Por: SentiLecto

Por Sarah N. Lynch e Jonathan Landay

WASHIGNTON – O procurador especial dos Estados Unidos, Robert Mueller, ampliou pressão nesta terça-feira para dois ex-assessores da campanha do presidente Donald Trump colaborarem com a inquérito sobre possível conluio com a Rússia, tirando confidencialidade de uma denúncia criminal contra um advogado por mentir para seus investigadores.

Leer Más

Procurador especial dos EUA acusa advogado por declarações falsas em investigação sobre Rússia

Por: SentiLecto

– O procurador especial dos Estados Unidos que está investigando a suposta interferência da Rússia na votação presidencial de 2016 acusou um advogado de ter mentido sobre suas comunicações com Rick Gates, que tem que assumir a culpa no futuro próximo, ex-assessor da campanha do presidente dos EUA, Donald Trump. Faz 3 meses, Robert Mueller revelou em esta as denúncias criminais exibidas contra o advogado Alex van der Zwaan por supostamente mentir respeito de um trabalho realizado por sua firma em 2012 relacionado em a Ucrânia. a o FBI em novembro a respeito de um trabalho realizado por sua firma em 2012 relacionado na Ucrânia. Robert Mueller é o procurador especial. respeito de um trabalho realizado por sua firma em 2012 relacionado à Ucrânia. A denúncia tem que pressionar Gates e Paul Manafort, ex-gerente de campanha de Trump, ambos sujeitos a denúncias criminais, como as de terem conspirado para lavar dinheiro e não terem se registrado como agentes estrangeiros para seu trabalho político para um partido de Ucrania pró-Rússia. Eles se disseram inocentes. Existe a chance de um julgamento acontecer durante o outono norte-americano, mas Mueller está investigando se a campanha de Trump se mancomunou com a Rússia durante a votação de 2016. Trump declarou não ter havido conluio, e Moscou nega ter interferido na eleição. Ele teria declarado aos investigadores que não sabe por que um email que trocou com a pessoa A não foi entregue ao escritório de Mueller, mas na verdade apagou ou deixou de entregar emails que eram procurados.

Leer Más

Nippon Steel se inquieta com medidas dos EUA, valorização do iene

Por: SentiLecto

– A Nippon Steel & Sumitomo Metal Corp, a maior siderúrgica do Japão, está inquietada que possíveis medidas protecionistas dos EUA para diminuir as importações de aço possam inundar a Ásia com produtos e que a recente valorização do iene possa prejudicar seus clientes, como as montadoras. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou no começo da semana passada que estava considerando uma série de alternativas – incluindo tarifas e cotas – para controlar as importações de aço e alumínio que ele declarou estarem prejudicando os produtores dos EUA. Toshiharu Sakae na Reuters em entrevista na semana passada declarou: “Se alguma medida vier, vai afrouxar os mercados de aço, mandando suprimentos de volta para a Ásia, já que não há outro lugar para eles”. Toshiharu Sakae é vice-presidente executivo da Nippon Steel.Declarou: “Isso seria negativo para nós”. JFE Holdings Inc. disse temores semelhantes sobre possíveis medidas comerciais norte-americanas na semana passada. JFE Holdings Inc. é a concorrente da Nippon Steel. “Qualquer ação dos EUA pode desencadear retaliação por outros países. O que é mais problemático é ver o mundo em direção ao protecionismo”, declarou o presidente da JFE, Eiji Hayashida. Sakae declarou que a indústria siderúrgica do Japão vai pedir a Tóquio que informe Washington de que “nos opomos a essas medidas pois nós apoiamos o livre comércio”. As siderúrgicas japonesas estão desfrutando das melhores condições de mercado em pelo menos três anos. Os custos do aço ampliaram com o crescimento da produção das montadoras, ao mesmo tempo em que as obras para as Olimpíadas de Tóquio 2020 estão a todo o vapor. Faz 2 meses, a Nippon Steel registrou um salto de %108 em o lucro recorrente de abril e dezembro, liderado por procura saudável e custos mais elevados para produtos siderúrgicos. Mas o ônus do iene encarna um novo risco, declarou Sakae. O iene registrou a maior ampliação em 15 meses contra o dólar de Noruega na semana passada, em meio a preocupações de que os Estados Unidos possam seguir uma estratégia de dólar fraco e que os cortes de impostos e os gastos fiscais do governo Trump possam ampliar a inflação e corromper o valor do dólar. O efeito direto do iene mais forte nos ganhos da Nippon Steel deve ser restringido, pois as perdas nas exportações podem ser compensadas ​​por menores preços de importação de matérias-primas, declarou Sakae. Ele diss: “Mas não podemos ignorá-lo porque nossos principais clientes são exportadores, como fabricantes de automóveis e fabricantes de máquinas de construção.. “O iene forte prejudicaria as exportações, vendas e lucros deles, o que também os tornaria negociadores mais duros sobre os custos do aço.” A Nippon Steel e seus colegas têm tentado ampliar os custos dos produtos para lidar com os maiores preços de matérias-primas, como o carvão de coque, minério de ferro, zinco e manganês.

Leer Más

Após denúncias contra russos, Trump declara que não teve nada errado na campanha

Por: SentiLecto

Donald Trump reiterou nesta sexta-feira que a sua campanha para as votações presidenciais de 2016 “não fez nada de errado” e considerou que as denúncias que o promotor especial do caso de Rusia exibiu hoje contra 13 russos mostram que não houve confabulação com o Kremlin. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.

Leer Más

Moscou tacha de “absurda” denúncia de 13 russos por ingerência em votações

Por: SentiLecto

Acusar 13 cidadãos russos de interferência nas votações presidenciais dos EUA em 2016 é “absurdo”, mas reflete a “realidade política do momento nos Estados Unidos”, segundo o Ministério de Relações Exteriores da Rússia.

Leer Más