Seat comunicó la gama de modelos para volver a la Argentina

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Wikipedia space ibiza(03)

“La marca de España va a desembarcar en los mercados de Argentina y Chile”, comunicó Wayne Anthony Griffiths. Wayne Anthony Griffiths es vicepresidente Comercial de Seat. Lo va a hacer con los modelos Ibiza, Arona, León y Ateca. Adicionalmente, la firma del Grupo VW planifica producir modelos para nuestro lugar en la planta que el gigante automotor tiene en Puebla .

Ibiza es una isla ubicada en el océano Mediterráneo y que forma al lado de las de Mallorca, Menorca y Formentera y varios islotes de menor medida el archipiélago y comunidad autónoma de las Islas Baleares, en España.

Leer Más

Mercado de veículos do Brasil deve aumentar 40% nos próximos 4 anos, calcula Volkswagen

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Volkswagen polo 1990

– O mercado de Brasil de veículos novos deve aumentar de 8 a 10 por cento ao ano nos próximos quatro anos, apoiado no crescimento da economia e na melhora no crédito, declarou um executivo da Volkswagen nesta segunda-feira. A projeção foi feita pelo novo presidente do grupo de Alemania para Brasil e América do Sul, Pablo Di Si, que tem como objetivo levar a empresa de volta à dianteira do mercado nacional, atualmente liderado pela norte-americana General Motors. Em 3 anos, segundo Di Si, que respondeu que o objetivo de a montadora de Alemania em o país é alcançar a liderança em o ” médio prazo “, com o crescimento esperado, as vendas de o mercado nacional vão atingir 2,8 milhões de unidades ante nível calculado por o setor em este ano de 2,2 milhões de veículos. Di Si referindo se ao crescimento esperado para o Brasil e incertezas sobre a habilidade da indústria de autopeças conseguir suprir as montadoras após quatro anos de quedas nas vendas do setor. declarou: “Temos bons problemas agora”. Di Si a jornalistas durante o Congresso Autodata Perspectivas 2018. declarou: “Crescimento de 8 a 10 por cento é difícil e não gostaria que perdêssemos chance de aumentar, devemo estar prontos para este cenário base”. A Volkswagen atualmente é a terceira maior montadora de veículos leves do país em vendas, atrás da GM e da Fiat, do grupo FCA. Em 195133 anos, o grupo de Alemania teve vendas acumuladas até setembro de 197,15 mil carros e comerciais leves, ante 282,8 mil de a GM e 214,2 mil de a Fiat. Para isso, a montadora está reformulando sua linha de produtos no Brasil, calculando 20 lançamentos até 2020, e investimentos de 7 bilhões de reais. O primeiro é a nova versão do Polo anunciada neste ano, seguida pelo lançamento do sedã Virtus em janeiro de 2018, alegou Di Si. O executivo evitou falar sobre dados financeiros da empresa na América do Sul. Questionado sobre possível queda de margens do setor diante do esperado ampliação da concorrência no próximo ano, Di Si respondeu que “margem quem decide é o consumidor e a concorrência. Se o volume de vendas do mercado aumentar como esperado e as exportações também, isso deverá auxiliar nas margens do setor”. Faz 3 anos, antes que em a juventude foi jogador de futebol em o Huracán antes de conseguir uma bolsa para estudar em os Estados Unidos, foi diretor financeiro de a Fiat em Belo Horizonte. Ele alegou que pretende implantar na empresa uma administração “baseada em time e motivação. Sempre relacionei administração de companhia com futebol”, alegou. Como parte do esforço de equipe, a Volkswagen deseja se reaproximar de sua rede de 530 concessionários do país, para prepará-la para os futuros lançamentos e reposicionamento da marca,alegouu o executivo,adicionandoo que acompanhiaa deve serr rápida” neste processo. Sobre sua terra Natal, Di Si alegou que o forte crescimento do mercado de Argentina, calculado em de 30 por cento em 2017, tem que continuar nos próximos dois a três anos, diante do represamento da procura em anos anteriores e ampliação da concessão de crédito. A Argentina é o principal destino de exportações automotivas brasileiras e a Volkswagen, a maior exportadora de veículos brasileira. “O crescimento do mercado de Argentina é sustentável. Não está ocorrendo delírios de custos lá. A ampliação do crédito está auxiliando bastante”, alegou Di Si, mencionando que outros setores, como o de construção civil também estão tendo forte crescimento.

– O novo presidente da Volkswagen no Brasil e América do Sul, Pablo Di Si, alegou nesta segunda-feira que o mercado de Brasil de automóveis e comerciais leves vai aumentar cerca de 40 por cento nos próximos 4 anos. “A economia continuará aumentando no final deste ano e no próximo…A perspectiva é de crescimento do mercado de 40 por cento nos próximos quatro anos”, declarou o executivo durante o Congresso Autodata 2018 Perspectivas. PAULO. A Volkswagen trocou o comando de suas operações no Brasil. Desde 1º de outubro, o executivo de Argentina Pablo Di Si é o novo presidente da Volkswagen Brasil. Ele deixou a direção da montadora em seu país e além da operação de Brasil vai ser culpada pela região denominada “SAM”, que inclui 29 países na América do Sul, América Central e Caribe. Di Si trocou David Powels, que deixa a VW Brasil e vai ir para Xangai, China, como vice-presidente da SAIC VOLKSWAGEN Automobile. Faz 3 anos, o executivo de Argentina começou sua carreira em o grupo Volkswagen. Anteriormente, ocupou postos nas áreas de Finanças e Desenvolvimento de Negócios na Fiat Chrysler Automobile nos Estados Unidos e no Brasil, tendo vivido aqui por por 11 anos, entre as cidades de São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. Faz 2 anos, Powels estava em a presidência de a VW Brasil desde 1º e, em outubro de o ano passado, passou a ser o culpado a responsabilidade por a região SAM. por a responsabilidade pela região SAM . A companhia em nota informou: “Nos últimos três anos, Powels preparou e liderou a maior restruturação da história da Volkswagen do Brasil e definiu uma estratégia de renovação do portfólio de produtos, com 20 lançamentos até 2020, iniciando com o Novo Polo e a introdução da plataforma MQB, que vai ser a base de produção de novos veículos na região”.- Carlos Zarlenga alegou nesta segunda-feira que a montadora norte-americana deseja liderar o mercado de veículos elétricos no bloco econômico nos próximos anos. Carlos Zarlenga é o presidente da General Motors para o Mercosul. Falando durante Congresso Autodata Perspectivas 2018, o executivo alegou que a GM tem como meta arremessar 20 produtos elétricos no mundo nos próximos cinco anos. O executivo declarou: “Se somos líderes no Mercosul , devemo liderar em eletrificação”. Ele adicionou que a GM tem que anunciar novos investimentos no Brasil em breve. A companhia já anunciou investimentos de 4,5 bilhões de reais entre este ano e 2020, dentro de um pacote de 13 bilhões de reais que vem sendo aplicado desde 2014.

Leer Más

Volkswagen designa um novo presidente para operação no Brasil

Por: SentiLecto

PAULO. A Volkswagen trocou o comando de suas operações no Brasil. Desde 1º de outubro, o executivo de Argentina Pablo Di Si, que deixou a direção da montadora em seu país e além da operação de Brasil vai ser culpada pela região denominada “SAM”, que inclui 29 países na América do Sul, América Central e Caribe, é o novo presidente da Volkswagen Brasil. Di Si trocou David Powels, que deixa a VW Brasil e vai ir para Xangai, China, como vice-presidente da SAIC VOLKSWAGEN Automobile. Faz 3 anos, o executivo de Argentina começou sua carreira em o grupo Volkswagen. Anteriormente, ocupou postos nas áreas de Finanças e Desenvolvimento de Negócios na Fiat Chrysler Automobile nos Estados Unidos e no Brasil, tendo vivido aqui por por 11 anos, entre as cidades de São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. Faz 2 anos, Powels estava em a presidência de a VW Brasil desde 1º e, em outubro de o ano passado, passou a ser o culpado a responsabilidade por a região SAM. por a responsabilidade pela região SAM . A companhia em nota informou: “Nos últimos três anos, Powels preparou e liderou a maior restruturação da história da Volkswagen do Brasil e definiu uma estratégia de renovação do portfólio de produtos, com 20 lançamentos até 2020, iniciando com o Novo Polo e a introdução da plataforma MQB, que vai ser a base de produção de novos veículos na região”.

Leer Más

Volkswagen rechaza haber comunicado la Tharu para el Mercosur

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – 2006-2007 Volkswagen New Beetle

Desde Frankfurt – El stand de Volkswagen en el Salón de Frankfurt ha sido un buen ejemplo del plan de la marca a nivel global. En el futuro cercano, su gama va a tener muchos autos eléctricos y híbridos, eso ya se sabía. Pero también se va a multiplicar la oferta de SUVs, en todos los segmentos.

Volkswagen es un fabricante de automóviles de Alemania con sede en Wolfsburgo, Baja Sajonia .

Leer Más

El Proyecto Bala de Plata usará la Plataforma MQB-A0

Foto: Wikipedia – Volkswagen Passat B8 Wagon 02 Mondial de l’Automobile 2014-10-14

Volkswagen Argentina planeó hoy en San Isidro el “The Beetle Day”, una jornada consagrada al clásico Escarabajo, donde se ha realizado el lanzamiento oficial del restyling de The Beetle 2017 . El evento fue realizado en la Quinta Anchorena, justo frente a la Catedral de San Isidro y sobre el barranco que ve al Río de la Plata.

El Volkswagen Passat es un automóvil de turismo del segmento D producido por el fabricante de Alemania Volkswagen desde el año 1973.

Leer Más