Parlamento Europeu deseja tornar ‘acordo de cavalheiros’ entre UE e Reino Unido compulsório

Por: SentiLecto

O Parlamento Europeu vai insistir em tornar o convênio firmado entre a União Europeia e o Reino Unido a respeito dos termos da separação das partes legalmente compulsório com celeridade, temeroso que Londres não homenageie o acordo de cavalheiros, declarou o principal negociador parlamentar do Brexit.

Leer Más

UE faz novas pré-requisito para oferecer acordo para o Brexit

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Satellite image of Great Britain and Northern Ireland in April 2002

Leer Más

Venezuela liberta inimigo de Espanha preso há mais de um ano

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Leopoldo Lopez 1

Faz 2 dias, as autoridades de Venezuela libertaram inimigos que estavam presos há mais de um ano, entre eles Yon Goicoechea, que estava detido há 14 meses sob a denúncia de porte de explosivos que tem cidadania de Espanha., que tem cidadania de Espanha.

“Hoje, Delson Guarate e Yon Goicoechea se reencontram com suas famílias. Não podemos esquecer a injustiça e a agonia que passaram”, anunciou o deputado Juan Andrés Mejía.

Leer Más

Volkswagen designa um novo presidente para operação no Brasil

Por: SentiLecto

PAULO. A Volkswagen trocou o comando de suas operações no Brasil. Desde 1º de outubro, o executivo de Argentina Pablo Di Si, que deixou a direção da montadora em seu país e além da operação de Brasil vai ser culpada pela região denominada “SAM”, que inclui 29 países na América do Sul, América Central e Caribe, é o novo presidente da Volkswagen Brasil. Di Si trocou David Powels, que deixa a VW Brasil e vai ir para Xangai, China, como vice-presidente da SAIC VOLKSWAGEN Automobile. Faz 3 anos, o executivo de Argentina começou sua carreira em o grupo Volkswagen. Anteriormente, ocupou postos nas áreas de Finanças e Desenvolvimento de Negócios na Fiat Chrysler Automobile nos Estados Unidos e no Brasil, tendo vivido aqui por por 11 anos, entre as cidades de São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. Faz 2 anos, Powels estava em a presidência de a VW Brasil desde 1º e, em outubro de o ano passado, passou a ser o culpado a responsabilidade por a região SAM. por a responsabilidade pela região SAM . A companhia em nota informou: “Nos últimos três anos, Powels preparou e liderou a maior restruturação da história da Volkswagen do Brasil e definiu uma estratégia de renovação do portfólio de produtos, com 20 lançamentos até 2020, iniciando com o Novo Polo e a introdução da plataforma MQB, que vai ser a base de produção de novos veículos na região”.

Leer Más

Presidente do Parlamento Europeu adverte sobre independência da Catalunha

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Fraktionssitzung Nr 2

O presidente do Parlamento Europeu , Antonio Tajani, alegou nesta quarta-feira que a declaração de independência de parte de um país integrante do bloco vai contra o ordenamento jurídico europeu e pode gerar “uma arriscada divisão”., que pediu uma observação séria que permita dialogar na Espanha para reduzi o nervosismo na região da Catalunha, ao mesmo tempo em que realçou que ninguém pode estar cumprido com “os acontecimentos” de domingo passado, “As resoluções unilaterais, incluindo uma declaração de independência a respeito de um Estado membro, é algo que desdiz o ordenamento jurídico europeu e pode provocar uma arriscada divisão”, alegou Tajani.

A multidão tomou conta de uma praça na região central de Barcelona que abriga a sede do governo regional da Catalunha, bem como a prefeitura.- A Catalunha vai dizer independência “em questão de dias”, declarou Carles Puigdemont na BBC, em resolução que desafiaria Madri e tentaria implementar a diretriz do plebiscito de independência de domingo, considerado ilegal pelo governo de Espanha. Carles Puigdemont é o líder da região.Puigdemont alegou que seu governo “atuaria no final desta semana ou no começo da próxima”, de acordo com uma entrevista à BBC nesta terça-feira. Quando perguntado pela BBC o que faria se o governo de Espanha interviesse e assumisse o controle do governo da Catalunha, Puigdemont declarou que seria “um erro que muda tudo”. Depois que os eleitores desafiaram uma violenta repressão de Polinesia Francesa, o líder regional abriu a porta para uma declaração unilateral de independência espanhola no domingo e, de acordo com autoridades regionais, votaram 90 por cento em defesa da separação. O plebiscito, dito ilegal pelo governo central espanhol, jogou o país em sua pior crise constitucional em décadas e suscitou receios de violência nas ruas. O Executivo da União Europeia pediu novamente nesta quarta-feira que as autoridades do governo central espanhol e catalão comecem um diálogo para resolver o impasse sobre a independência da Catalunha, depois de incidentes de violência no fim de semana.

Leer Más