Partido de Alemania de extrema direita define novos líderes para votações

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Frauke Petry 2015 (cropped)

O partido de extrema direita AfD elegeu neste domingo o publicitário Alexander Gauland, 76, e a economista Alice Weidel, 38, para liderarem sua campanha nas votações de setembro, após a figura mais conhecida da organização, Frauke Petry, 41, anunciar na quarta-feira que não seria mais candidata.

No discurso de consagração, Weidel garantiu que “a AfD vai conseguir entrar nos parlamentos regionais nas votações de maio e depois brilhará nas votações nacionais”.

Leer Más

Um país periférico que pode dar o voto do triunfo na França

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Varzy1

VARZY, FRANÇA —Com suas ruas desertas cheias de placas de vende-se e ervas daninhas aumentando entre o asfalto, Varzy enfrenta os obstáculos de uma França que se sente esquecida, à margem da metrópole — e que pode ser peça-chave na evotaçãopresidencial. Apoiado no bar de uma das cafeterias da aldeia, Michel Cadour, motorista caminhão de 58 anos, lista os restaurantes que foram fechados nos últimos anos no local de 1,3 mil moradoras, situado 200 quilômetro ao sul parisiense, em uma região considerada por muito tempo um baluarte da esquerda.

TRUMP: ATENTADO vai ter conseqüência NA votação

Leer Más

Brasileiros na França votarão sem convicção

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Emmanuel Macron em março de 2016

Dona de um hotel e de uma loja de adorno na Normandia, a de Brasilde Brasil Flávia de Mello, que já sabe em quem votará, teme um eventual triunfo da direita radical de Marine Le Pen, da Frente Nacional . — Estou na França há 23 anos, se Marine ganhar, não tenho vontade de continuar aqui. Como estrangeira, este desejo de parte da população desejar a guinada para a FN é um choque., e inclusive tem feito campanha em seu entorno para o candidato:

— Temos 26 empregados, e noto que as pessoas só desejam trabalhar por um tempo, para depois ficar em casa recebendo seguro-desemprego. É preciso acalmar os encargos sociais e reduzi a assistência social. Para mim, François Fillon tem um excelente discurso e transmite a energia de desejar tirar o país do marasmo.

Leer Más

Vencedor vai ter desafio da governabilidade na França

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Dédicace F Fillon 06297 (cropped)

Os franceses começam a selecionar hoje o próximo presidente do país numa votação marcada por um ineditismo: quatro candidatos têm possibilidades de passar ao segundo turno. De acordo com as últimas pesquisas de opinião, o centrista Emmanuel Macron, do movimento Em Marcha!; a líder da extrema-direita, Marine Le Pen, da Frente Nacional ; o conservador François Fillon, de Os Republicanos ; e Jean-Luc Mélenchon, da frente de esquerda radical França Insubmissa, disputam em situação de quase igualdade uma vaga no duelo final que vai decidir, em 7 de maio, o sucessor do presidente François Hollande. Os eleitores vão votar sob um forte esquema de segurança no país, reforçado por causa do atentado da última quinta-feira, num clima de ameaça terrorista que pode adicionar votos de última hora à direita radical. Em 2 meses, o candidato ganhador vai enfrentar um novo desafio, quando serão realizadas as votações legislativas, para obter uma maioria parlamentar que lhe garanta um mandato governável.

François Charles Amand Fillon é um político francês e foi primeiro-ministro do seu país de 17 de maio de 2007 a 10 de maio de 2012, sob a presidência de Nicolas Sarkozy, tendo composto três governos nesse ínterim.

Leer Más

Alternativa para Alemania apuesta por una línea dura de ultraderecha

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – 2015-07-04 AfD Bundesparteitag Essen by Olaf Kosinsky-202

Alternativa para Alemania , el partido de ultraderecha, xenófobo y euroescéptico, escogió este sábado el sendero más radical para pretender llegar al Bundestag, el Parlamento federal, en las elecciones que tienen lugar en septiembre próximo. En el marco de un tumultuoso congreso realizado en la ciudad de Colonia, el partido le ha dado la espalda a su actual presidenta, Frauke Petry, que no consiguió hacer aprobar una moción donde solicitaba que la organización abandonara la posición de oposición a los partidos establecidos y se convirtiera en una formación capaz de formar alianzas.

Las encuestas de cara a los comicios de septiembre vaticinan el ingreso por primera vez de AfD en el Bundestag— Cámara Baja—, lo que significaría que por primera vez un partido xenofóbo y de ultraderecha tendría escaños en el Parlamento nacional después de la Segunda Guerra Mundial.

Leer Más