Milhares de pessoas marcham na capital de Chile em defesa do aborto livre e seguro

Por: SentiLecto

Milhares de pessoas marcharam na noite de terça-feira pelas principais ruas da capital de Chile em defesa do aborto “livre, seguro e gratuito”, que foi afastado depois de um projeto de lei não obter a maioria necessária no parlamento.Cerca de 6.000 pessoas, segundo números divulgados pelos organizadores, começaram a manifestação na Praça Itália, um dos pontos nevrálgicos da capital de Chile, seguiram pela calçada sul da Alameda, a principal artéria de Santiago, até chegarem à Praça dos Heróis, perto da sede do Executivo.Num dos cartazes lia-se “As ricas pagam… as pobres sangram! Aborto seguro, gratuito e solidário”. Outro mencionava “Abortar é uma alternativa, decidir é um direito”.O projeto de lei que despenaliza o aborto em três situações não obteve, na passada quinta-feira, a maioria necessária no Parlamento no último período legislativo, pelo que agora será debatido numa delegação mista que pode atrasar a aprovação final da iniciativa.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.O diploma para legalizar a interrupção da gravidez em caso de inviabilidade fetal, perigo de vida para a mulher e violação precisava de 67 votos. Na primeira eleição conseguiu 65 votos a favor, na segunda 66.O Chile é um dos poucos países do mundo que conserva uma interdição legal absoluta do aborto, juntamente com El Salvador, Nicarágua, Honduras, Haiti, Suriname, Andorra, Malta e o Vaticano.

Leer Más

El rey de Jordania desactiva la crisis de la Explanada de las Mezquitas

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Flickr – Government Press Office (GPO) – Benjamin Netanyahu and Sorin Hershko

Leer Más

Procuradora-geral declara que Maduro deseja “se perpetuar no poder”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Palácio do Tribunal Supremo de Justiça

A procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz, disse em uma entrevista ao jornal “El Nacional” que o presidente, Nicolás Maduro, tenta “se perpetuar no poder” através da Assembleia Nacional Constituinte que convidou para o próximo domingo.

O TSJ disse: “Qualquer um que assumir indevidamente funções públicas –civis, ou militares–, será culpado do crime de usurpação”.A plataforma foi coloca à prova há uma semana em uma simulação do Conselho Nacional Eleitoral para medir sua chabilidadede mobilização, em uma jornada em que se formaram duas longas filas: a primeira para votar; e a segunda com os eleitores que, logo após votar, passavam o cartão em frente ao aparelho que lê o documento e registra sua participação. Dessa maneira, o governo poderá acompanhar quem participou ou não da votação dos candidatos da Constituinte.No conflito, várias pessoas se feriram, incluindo o aluna Wuilly Arteaga, que se tornou famoso por tocar seu violino em protestos.

Leer Más

La policía política de Maduro detiene a otras dos juezas juramentadas por el Parlamento

Por: SentiLecto

El Servicio Bolivariano de Inteligencia prosigue la cacería y captura de las juezas juramentadas por el Parlamento el viernes pasado. Según ha confirmado la propia Asamblea Nacional, la policía política de Nicolás Maduro termina de detener en dos operativos en el estado costeño de Anzoátegui a dos de los jueces, Jesús Rojas y Zuleima González.

Leer Más

Fiscal venezolana: Maduro busca ‘perpetuarse en el poder’ con Constituyente

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luisa Ortega Díaz

Luisa Ortega Díaz mencionó en una entrevista propagada Nicolás Maduro pretende “perpetuarse en el poder” a través de la Asamblea Nacional Constituyente a la que ha convocado el pasado 1 de mayo Luisa Ortega Díaz es la fiscal general de Venezuela. Nicolás Maduro es el martes que el jefe de Estado. y cuyos comicios deben festejarse este domingo.

Sobre la identidad del emisario internacional -que según su narración ha planteado en nombre de la oposición postergar “dos, tres semanas” las elecciones- Maduro se limitó a mencionar que por Venezuela pasan “presidentes, expresidentes, expresidentas” que “traen mensajes”.

Leer Más