Curso oferece aula gratuita de Direito Constitucional no Rio de Janeiro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Direito

A Academia do Concurso realiza, no próximo sábado, uma palestra e um aulão de Direito Constitucional, ambos gratuitos, no Centro do Rio de Janeiro. O acontecimento é aberto para pessoas que desejam participar de concursos públicos.

O acontecimento Marintec South America, do setor da construção naval, oferece treinamentos de capacitação gratuitos para os profissionais do setor, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira.O acontecimento Madureira Artes Manuais oferecerá 10 mil vagas gratuitas em aulas de diversos métodos, como tecido patchwork, bijuteria, tricô, crochê, bordado e customização, entre outras. Biscuit é decupagem. Tecido é scrapbook. Em 1 mês, vai realizar se a feira de capacitação a 1º de setembro, exceto em o fim de semana de as 10h, em as 18h, em a quadra de a escola de samba Império Serrano, em a Avenida Ministro Edgard Romero 180, em Madureira, em a Zona Norte do Rio. Faz 7 meses, desemprego em o Rio ficou em %15,6 em o segundo trimestre de o ano. É a segunda taxa mais alta do país, atrás somente de Pernambuco , segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios , do IBGE. Os números mostram que o estado está na contramão da tendência observada no resto brasileiro. Por isso, o EXTRA escolheu algumas chances de emprego disponíveis em diversos municípios.

Leer Más

Milan goleia time da Macedônia e encaminha vaga na Liga Europa

Por: SentiLecto

O Milan, que pode até perder a partida de volta por até cinco gols de diferença que mesmo assim progride àofperíodode grupos da Liga Europa, encaminhou sua vaga naofperíodode grupos da Liga Europa. Nesta quinta-feira, o time de Italia recebeu a visita do Shkendija, modesto clube da Macedônia e, atuando no San Siro, goleou por 6 a 0. O segundo jogo ocorre na casa do Shkendija, no dia 24 de agosto.

Leer Más

Serviços sobem 1,3% em junho, maior alta em mais de um ano, e fecham 2º tri positivo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sacfeira

JANEIRO/SÃO PAULO – O setor de serviços brasileiro registrou em junho a maior alta mensal em pouco mais de um ano, com resultado bem melhor do que o esperado, fechando o segundo trimestre no azul depois de nove trimestres seguidos de perdas. Faz 1 ano, o volume de serviços ampliou 1,3 por cento ante maio, melhor performance desde a progressão de 1,4 por cento visto em março de 2016, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em esta quarta-feira. O resultado ficou bem acima da expectativa em pesquisa da Reuters de ganho de 0,6 por cento na comparação mensal, e também foi a melhor leitura para o mês desde o começo da série histórica começada em 2012. Em relação ao mesmo mês do ano passado, o setor registrou queda no volume de 3,0 por cento, um pouco melhor do que a expectativa de recuo de 3,7 por cento. Com isso, a atividade de serviços concluiu o segundo trimestre com alta de 0,3 por cento em relação aos três meses anteriores, exibindo ganhos pela primeira vez depois de nove trimestres seguidos de resultados negativos. Faz 2 meses, segundo o IBGE, quatro de as cinco principais categorias registraram ampliação em o volume de serviços, sendo a exceção Serviços de informação e comunicação. O volume de Serviços prestados às famílias e Transportes, serviços auxiliares dos transportes e correio tiveram aampliaçãode 1 por cento no mês. Enquanto Outros Serviços ampliaram 0,7 por cento, já Serviços profissionais, administrativos e adicionais progrediram 0,8 por cento. Apesar dos resultados melhores do que o esperado, o setor de serviços ainda enfrenta a aumentada taxa de desemprego e o coordenador da pesquisa no IBGE, Roberto Saldanha, encara os números com precaução. “O que dá para declarar é que o pior período para o setor de serviços já passou, mas não dá para bancar uma recuperação”, declarou ele. “Para ser uma recuperação, é preciso crescimento mais forte da economia, reação mais robusta da indústria e dos próprios governos, que contratam muitos serviços”, adicionou. A inflação baixa também favorece o setor e pela queda de a taxa de juros que também auxiliaram as vendas em o varejo em junho , a subirem 1,2 por cento sobre o mês anterior e 3 por cento em a comparação com o mesmo fase de 2016.

Faz 2 meses, o número foi influído principalmente por a performance de as atividades turísticas que aumentaram %5,3,, frente a o mês anterior. Segundo o IBGE, no entanto, trata-se de um segmento de conduta volátil, ora aumenta, ora recua. Roberto Saldanha em comunicado explicou: “As atividades de abrigo e transporte aéreo aumentaram no mês, devido ao turismo de negócios, que costuma beneficiar especialmente São Paulo e o Distrito Federal”. Roberto Saldanha é administrador da Pesquisa Mensal de Serviços.Faz 2 meses, o setor de serviços registrou crescimento de %1,3, em a comparação com maio, informou o IBGE em esta quarta-feira. Foi a terceira alta seguida . O resultado, no entanto, não foi suficiente para tirar o setor mais importante da economia de Brasil do vermelho: no semestre, os serviços ainda acumulam queda de 4,1% e, em 12 meses, tombo de 4,7%.- O varejo de Brasil mostrou forte alta em junho, acima do esperado e influída sobretudo pela progressão das vendas de bens duráveis, marcando o terceiro mês seguido de alta em meio a queda dos juros e inflação baixa. Faz 2 meses, as vendas em o varejo subiram 1,2 por cento sobre o mês anterior e 3 por cento em a comparação com o mesmo fase de 2016, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em esta terça-feira. Com isso, o setor fechou o segundo trimestre de 2017 com alta de 2,5 por cento sobre igual fase de 2016, melhor trimestre em 3 anos. O resultado veio bastante acima das estimativas dos analistas consultados pela Reuters, de alta de 0,40 por cento na comparação com maio e 1,90 por cento na anual. A coordenadora da pesquisa, Isabella Nunes alegou: “Foi o crescimento mais consistente desde 2014, porque não se via desde então 3 meses seguidos de alta na margem”. “A queda nos juros está beneficiando a venda de bens duráveis”, adicionou ela. Desde outubro passado o Banco Central vem diminuindo a taxa básica de juros, atualmente em 9,25 por cento, e já sinalizou que continuará com o movimento de queda. Juros mais baixos barateiam o crédito, auxiliando a animar o consumo num momento em que a inflação está baixa. Faz 2 meses, segundo o IBGE, seis de os oito principais segmentos aumentaram, em a comparação mensal, com destaque para Móveis e eletrodomésticos ; Tecidos, vestuário e calçados ; e Outros artigos de utilização pessoal e doméstica . Faz 3 meses, o varejo aumentado, que inclui veículos e material de construção, teve forte alta em as vendas de 2,5 por cento sobre maio, segundo o IBGE. “Houve melhoras no varejo, isso é evidente, mas ainda assim está 8,2 por cento abaixo do pico histórico de novembro de 2014″, evidenciou a coordenadora do IBGE. “Há bastante que recuperar ainda e isso está associado a queda de juros, inflação e outros fatores econômicos”, adicionou. Veja as variações mensais dos segmentos no varejo : Atividade Maio Junho .Comércio Varejista +0,2 +1,2 1.Combustíveis e lubrificantes +1,1 +1,2 2.Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios e bebidas +1,1 -0,4 3.Tecidos, vestuário e calçados -8,5 +5,4 4.Móveis e eletrodomésticos +1,9 +2,2 5.Artigos farmacêuticos e perfumaria +0,8 +1,5 6.Livros, jornais e papelaria -5,0 +4,5 7.Equipamentos, material escritório e comunicação 0,0 -2,6 8.Outros artigos de utilização doméstica +0,4 +2,7 .Comércio Varejista Ampliado -0,2 +2,5 9.Veículos, motos, peças e partes +2,0 +3,8 10.Faz 1 mês, material de construção +2,1 +1,0 Os custos a o consumidor em os Estados Unidos subiram menos do que o esperado sinalizando uma inflação benigna que pode levar o Federal Reserve, banco central de Noruega, a ser cuidadoso sobre a elevação de as taxas de juros em este ano. novamente neste ano.

Leer Más

Arremessado nesta quarta, ‘São Paulo nas Alturas’ revê milagre arquitetônico

Por: SentiLecto

Com somente 10 anos, Raul Juste Lores, que caminhava por horas para conhecer edifícios, saía com um mapa pelas ruas de Santos, sua cidade natal.

Leer Más