Proposta que amplia gastos gera motim em base de Alckmin

Por: SentiLecto

Uma proposta que aumenta as despesas do Estado de São Paulo tem instituído fricções internas na base do governador Geraldo Alckmin na Assembleia Legislativa. Se aprovada, ampliaria o telhado salarial de servidores públicos de R$ 21 mil para R$ 30 mil .

Leer Más

Projeto de abuso de autoridade ganha força entre aliados no Congresso

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

A estratégia do presidente Michel Temer de desqualificar a gravação de que foi alvo e questionar a denúncia de corrupção pela qual é investigado no STF fortaleceu entre os aliados do peemedebista a persistência em pautar na Câmara o projeto de lei que endurece as penalizações por abuso de autoridade atribuídas a agentes públicos -incluindo juízes, promotores e policiais.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado, professor universitário e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Leer Más

Já se entrevê ganhador no Rali de Portugal

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sébastien Ogier – 2008 Rallye de France SS5

Sébastien Ogier conservou a benefício sobre Thierry Neuville , antes da última prova especial classificativa, a “power stage”, que em Fafe, de 11,8 quilómetros, em FafeSébastien Ogier anda para o triunfo do Rali de Portugal, depois de ter preservado o benefício para Thierry Neuville , na penúltima prova especial classificativa, em Mondim. O tetracampeão do mundo, que esta época já venceu em Monte Carlo, tem 17,5 segundos em relação ao belga.O mais rápido da PEC 18 foi Hayden Paddon , que já tinha concluído à frente na PEC 16, na primeira passagem por Fafe. Em caso de triunfo, Ogier vence o Rali de Portugal pela quinta vez, equiparando Marklu Alen, e a primeira desde que a prova volta ao Norte do país. O francês está na frente do Mundial de pilotos, podendo assim reforçar essa mesma liderança.Classificação PEC 18

Decidiu-se o triunfo de Thierry Neuville em a Argentina em a última especial e por a terceira diferença mais curta em o historial de o Campeonato do Mundo de Ralis.As contas são feitas pelo ACP e têm como cenário o Complexo Municipal de Leça da Palmeira: somente 19,1 metros – distância que corresponde a 0,7 segundos, numa tabela de conversão elaborada a partir de uma média geral final de 98,3 km/hora – foi a distância que separou Thierry Neuville de Elfyn Evans no final do Rali da Argentina, prova que antecedeu a prova portuguesa.se decidiu o triunfo em a América do Sul em a última especial e por a terceira diferença mais curta em o historial de o Campeonato do Mundo de Ralis.Antes do arranque do Rali de Portugal, as equipas acederam a montar uma imagem dessa curta diferença, com o Hyundai e o Ford a “posarem”, separados por 19 metros, na pista de atletismo do Complexo Desportivo de Leça da Palmeira.O belga Thierry Neuville e o norueguês Mads Ostberg partem esta sexta-feira para o segundo dia do Rali de Portugal na liderança repartida, depois de terem equiparado o melhor tempo na superespecial de Lousada.Neuville, ganhador das últimas duas provas e terceiro no Mundial, e Ostberg detêm um décimo de segundo sobre o neozelandês Hayden Paddon , mas será o francês e tetracampeão do mundo Sébastien Ogier o primeiro a partir para as seis classificativas no Alto Minho e para a ‘Braga Street Stage’.O regulamento de líder do Mundial obrigará Ogier, sexto na superespecial a 0,7 segundos dos mais rápidos, a partir na frente e a ‘limpar’ a estrada, seguindo-se a ordem da classificação de pilotos, com o finlandês Jari-Matti Latvala, ganhador do Rali de Portugal em 2015, e Neuville, enquanto Ostberg, que venceu a prova de Lusaka em 2012, será o 12.º a enfrentar os troços.No dia seguinte ao arranque na pista de ralicrosse de Lousada, a 51.ª edição do Rali de Portugal prossegue com oito classificativas, a disputar a partir das 10:09, com duplas passagens pela renovada especial de Viana do Castelo e pelos invertidos troços de Caminha e Ponte de Lima , antes da estreia da ‘Braga Street Stage’ , que sucede ao mesmo concepção urbana disputada anteriormente no Porto.Miguel Campos vai defender o regulamento de português mais rápido em prova, depois de ter sido 22.º em Lousada, uma liderança ‘presa’ por meio segundo sobre Pedro Meireles e Miguel Barbosa, todos em Skoda Fabia R5.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.Piloto australiano da Hyundai assume a liderança do Rali de Portugal após a segunda classificativaHayden Paddon, ao volante de um Hyundai i20 WRC, foi mais rápido na segunda classificativa portuense, deduzindo os 26,7 quilómetros de Viana do Castelo 1 em 15m44,3s, levando o carro da marca sul-coreana para o topo da classificação da prova de Portugal. Jari-Matti Latvala obteve a segunda marca mais rápida – 15m45,3s -, colocando o Toyota Yaris WRC a meros 2,4 segundos de Paddon.Kris Meeke, ganhador no ano passado, deduz a classificativa com o terceiro melhor crono; enquanto Sebastien Ogier foi somente sétimo, talvez prejudicado pelo facto de ser o primeiro na estrada. Sebastien Ogier é líder do campeonato. Thierry Neuville e Mads Ostberg, que iniciaram o dia a repartir a liderança, estiveram discretos, em especial o belga da Hyundai, somente 11º, a quase 13 segundos de Paddon, em carro idêntico, na primeira passagem por Viana do CasteloClassificação na PEC 2 1º Hayden Paddon , 15m44,3s2º Jari Matti-Latvala , a 1s3º Kris Meeke , a 1,2s4º OttTanak , a 3,9s5º Craig Breen , a 3,9s6º Mads Ostberg , a 4,7s7º Sebastien Ogier , a 5,6s8º Elfyn Evans , a 8s9º Dani Sordo , a 8,3s10º Juho Hanninen , a 9s11º Thierry Neuville , a 12,8sGeral após PEC 21º H. Paddon a 2,4s3º K. Meeke, a 3.1s4º M. Ostberg, a 4,65º C. Breen, a 5,8s6º O. Tanak, a 6,27º S. Ogier, a 6,28º E. Evans, a 8,3s9º D. Sordo, a 8,7s10º J. Hanninen, a 10,7 21º H. Paddon são 18m21,0s2º J. Latvala….12º T. neuville, a 12,7

Leer Más

Sebastien Ogier continua na frente após a primeira passagem por Fafe

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sébastien Ogier – 2008 Rallye de France SS5

Francês tem 16 segundos de benefício sobre Thierry Neuville O tetracampeão de Francia Sébastien Ogier, que foi o quarto mais rápido numa classificativa ganha por Hadden Paddon , abriu este domingo o último dia do Rali de Portugal a preservar a liderança que trazia de véspera, tendo 16 segundos de benefício sobre Thierry Neuville após a Prova Especial Classificativa 16 . Classificação PEC 16

Carro do Estónio chegou ao final da época com prejuízos na roda traseira esquerdaOtt Tanak está fora da luta pela liderança no Rali de Portugal. O piloto da Ford, que liderava a prova até à PEC 11, saiu da estrada, deu um toque com a roda traseira esquerda e ficou com dprejuízosna suspensão que o fizeram perder 1m 23s para Ogier, o vganhadorda especial de 37,55 quilómetros em Amarante.O Rali de Portugal tem assim um novo líder. Sebastien Ogier, também em Ford, que venceu esta PEC 12, com 6,9s de benefício sobre Neuville, que ocupa agora o segundo lugar da geral. Ogier é o sexto líder da edição 2017 do Rali de Portugal.Classificação da PEC 12 1. Sebastien Ogier 24m41s2. Thierry Neuville +9,9s3. Dani Sordo +14,7s4. Jari Matti-Latvala +14,2s5. Craig Breen +15,2s6. Esapekka Lappi 7. Mads Ostberg +19,8s8. Kris Meeke +18,0s9. Juho Hanninen +18,3s10. Hayden Paddon +17m3s–Classificação geral após PEC 121. Sebastien Ogier 2h26m29s2. Thierry Neuville + 19,5s3. Dani Sordo + 25,0s4. Craig Breen + 46,2s5. Ott Tanak +1m16s6. Juho Hanninen + 1m 39s7. Elfyn Evans + 2m12sA triunfo de Thierry Neuville na Argentina foi decidida na última especial e pela terceira diferença mais curta no historial do Campeonato do Mundo de Ralis.As contas são feitas pelo ACP e têm como cenário o Complexo Municipal de Leça da Palmeira: somente 19,1 metros – distância que corresponde a 0,7 segundos, numa tabela de conversão elaborada a partir de uma média geral final de 98,3 km/hora – foi a distância que separou Thierry Neuville de Elfyn Evans no final do Rali da Argentina, prova que antecedeu a prova portuguesa.decidiu-se o triunfo em a América do Sul em a última especial e por a terceira diferença mais curta em o historial de o Campeonato do Mundo de Ralis.Antes do arranque do Rali de Portugal, as equipas acederam a montar uma imagem dessa curta diferença, com o Hyundai e o Ford a “posarem”, separados por 19 metros, na pista de atletismo do Complexo Desportivo de Leça da Palmeira.O belga Thierry Neuville e o norueguês Mads Ostberg partem esta sexta-feira para o segundo dia do Rali de Portugal na liderança repartida, depois de terem equiparado o melhor tempo na superespecial de Lousada.Neuville, ganhador das últimas duas provas e terceiro no Mundial, e Ostberg detêm um décimo de segundo sobre o neozelandês Hayden Paddon , mas será o francês e tetracampeão do mundo Sébastien Ogier o primeiro a partir para as seis classificativas no Alto Minho e para a ‘Braga Street Stage’.O regulamento de líder do Mundial obrigará Ogier, sexto na superespecial a 0,7 segundos dos mais rápidos, a partir na frente e a ‘limpar’ a estrada, seguindo-se a ordem da classificação de pilotos, com o finlandês Jari-Matti Latvala, ganhador do Rali de Portugal em 2015, e Neuville, enquanto Ostberg, que venceu a prova de Lusaka em 2012, será o 12.º a enfrentar os troços.No dia seguinte ao arranque na pista de ralicrosse de Lousada, a 51.ª edição do Rali de Portugal prossegue com oito classificativas, a disputar a partir das 10:09, com duplas passagens pela renovada especial de Viana do Castelo e pelos invertidos troços de Caminha e Ponte de Lima , antes da estreia da ‘Braga Street Stage’ , que sucede ao mesmo concepção urbana disputada anteriormente no Porto.Miguel Campos vai defender o regulamento de português mais rápido em prova, depois de ter sido 22.º em Lousada, uma liderança ‘presa’ por meio segundo sobre Pedro Meireles e Miguel Barbosa, todos em Skoda Fabia R5.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.

Leer Más

PSB pede renúncia de Temer e deixa base, mas não define saída de ministro

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Renato Casagrande

O domo do PSB decidiu neste sábado pedir a renúncia do presidente Michel Temer para “agilizar a solução da crise de governabilidade já instalada”. O partido já assinou também um pedido de impeachment do peemedebista.

A sigla, na prática, integra a base aliada por ter um de seus quadros no comando do Ministério de Minas e Energia, o deputado Fernando Filho.

Leer Más