La Croacia de Modric y Rakitic va a jugar el Mundial

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Karaiskakis

Tal vez no haya en el panorama internacional selección que gestione mejor la supervivencia que Croacia. Disputó en su historia cinco repescas. Las ganó todas. La última ha tenido poca historia tras las taquicardias de la etapa de grupos. La última es la disputada frente a una triste Grecia. La ha zanjado con autoridad en Zagreb . Los helenos ni siquiera han opositado a levantar la eliminatoria en El Pireo y han desplegado la alfombra a los balcánicos, que van a disputar en Rusia su quinto Mundial. [Relato y estadísticas: 0-0]

La excelente generación de Modric, Rakitic, Perisic, Mandzukic y Kalinic, en su plena madurez, va a tener así su gran ocasión. Al menos, peleará por evocar el éxito croata en su primera participación en el Mundial hace 19 años. Aquellas habilidades alumbrado en el Mundial sub-20 de Chile de 1987 han tenido su momento de gloria en Francia ’98. El inolvidable equipo en el que formaban Suker, Boban, Prosinecki, Asanovic, Jarni, Bilic o Vlaovic consiguió el tercer puesto y ha grabado en la memoria del aficionado escenas para el recuerdo.

Leer Más

El callejón de Luka Modric

Por: SentiLecto

En el parqué bursátil que son los grandes torneos futbolísticos, tan cortos, estresantes y volátiles, a algunas selecciones se les pone rostro de favoritas repentinamente. Le ocurrió a Croacia el año pasado en la Eurocopa de Francia, tras ganar a España en la última jornada de la primera etapa, remontando un gol en en contra de y pasando así como primera a los octavos. Todo eran piropos y buenas predicciones para el equipo de Modric, Kovacic o Perisic. Jugaban bonito, tenían piernas y carácter. Tanta miel les ha empachado, cayendo por sorpresa en los octavos ante la temblorosa Portugal que, más que competir, sobrevivía en el campeonato. Hasta esa noche en Lens, de donde han salido Cristiano y compañía lanzados hacia el título de Saint-Denis.

Leer Más

Mourinho declara que United não tentou Cristiano: “Missão inimaginável”

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Mourinho Madrid

O técnico José Mourinho concluiu todas as especulações sobre uma possível ida de Cristiano Ronaldo para o Manchester United. De acordo com o português, seria uma “missão inimaginável” o atual melhor do mundo voltar aos Diabos Vermelhos.

Se assinalou craque de Portugal a o Manchester United antes de confirmar a permanência em o Real Madrid.associou-se o craque de Portugal quando surgiram boatinhos de um eventual descontentamento de Cristiano Ronaldo em o Real Madrid, foi quase automaticamente associado a um retorno a Old Trafford, clube onde passou seis épocas antes de se mudar para o Santiago Bernabéu.No entanto, Ronaldo já garantiu que vai continuar a vestir a camisola “merengue” durante as próximas temporadas, colocando um ponto final a uma novela que prometia arrastar-se durante todo o verão.Depois de assentada a poeira, José Mourinho procurou explicar as razões pelas quais os “red devils” optaram por não progredir com uma proposta por Ronaldo.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.”Não tentamos contratar Ronaldo em momento algum. Jamais pensamos nisso porque é um jogador demasiado importante num clube com grande poderio económico. Não tínhamos razões para acreditar que desejava sair e não gosto que o clube perca tempo com missões inimagináveis. Por isso, jamais progredimo por ele”, alegou, em declarações aos jornalistas durante o estágio de pré-época do Manchester United.Quanto a outras possíveis contratações, o treinador de Portugal não fecha a porta a Alvaro Morata. “Se Morata pode acabar no Manchester United? Isso é uma questão para Florentino Pérez e não para nós. O Real Madrid decide o custo e não chegamos a acordo. Tenho muita pena porque é um jogador que chegou comigo, estreou-se comigo e gostei bastante da sua evolução. Mas vai ser bastante difícil”, rematou.Manchester United tentou garantir Alvaro Morata, mas as pré-requisito do Real Madrid fizeram abortar o negócio.José Mourinho confirmou uma proposta do Manchester United por Alvaro Morata, antes de os “red devils” garantirem a contratação de Romelu Lukaku. O treinador de Portugal acredita que fez uma proposta “justa”, mas deu a compreender que as pré-requisito dos “merengues” fizeram o negócio cair por terra.”Não sou ninguém para falar de um jogador que não é da minha equipa, bastante menos um jogador do Real Madrid. Estivemos interessados. É óbvio, é público e não chegamos a acordo. É lógico e o Real Madrid tem todo o direito de pedir o que desejar pelos seus jogadores. Não os posso criticar e também não posso criticar os meus dirigentes. A minha direção fez as propostas que considerou justas e ainda assim, não conseguimos chegar a acordo”, revelou, em declarações aos jornalistas durante o estágio do Manchester United em Los Angeles.José Mourinho concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira nos Estados Unidos, onde o clube de Inglaterrade Inglaterra está realizando os trabalhos de pré-temporada. José Mourinho é o técnico do Manchester United.

Leer Más

Gabigol desencanta e garante triunfo da Inter sobre o Bologna

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

A Internazionale visitou o Bologna, que conseguiu equilibrar mais a partida, neste domingo e conseguiu um triunfo suado por 1 a 0 em partida válida pela 25ª rodada italiana. Após um fraco primeiro tempo, o time não conseguiu render o esperado na etapa adicional após os ajustes do técnico Steafano Pioli na pausa, mas no finalzinho do jogo conseguiu os três pontos graças a Gabriel, que trocou Palacios e aproveitou os poucos minutos para garantir o resultado.

Precisando do triunfo para regressar ao grupo de classificação para a Liga Europa, a Internazionale não se intimidou com o fato de estar jogando fora de casa e partiu para cima do Bologna desde o começo do jogo. Logo aos 12 minutos Palacio teve uma boa chance dentro da pequena área, mas acabou mandado por cima do travessão., no entanto, esbarrava no forte esquema defensivo dos oponentes. Contando com o brasileiro Miranda na zaga, a Inter fez uma partida segura no primeiro tempo e ofereceu poucas brechas para que os proprietários da casa pudessem buscar espaços e chegarem com perigo ao gol hanoveriano.

Leer Más