Para polícia, assassinos de família em São Gonçalo podem ter brigado entre si

Foto: Wikipedia – Legião Urbana com Wagner Moura

Agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo acreditam que os assassinos da família do diretor da OAB Wagner Salgado brigaram entre si antes de cometerem o crime. A polícia deduziu, na tarde desta terça-feira, que duas armas foram utilizadas nos homicídios. Os laudos de necrópsia das vítimas assinala que dois calibres diferentes atingiram as vítimas. Projéteis dos calibres 32, para revólver, e se os encontraram 380, para pistola, em a cena de o crime. Por isso, para a polícia, duas pessoas cometeram o crime.

Na sexta-feira, foram encontrados dois dentes completos e outros dois pedaços de dentes no local da chacina. Os dentes não são das vítimas. Para agentes da especializada, a hipótese mais plausível é a de que os dois atiradores tenham brigado entre si antes do assassinato. O motivo da briga teria sido o homicídio da filha de Wagner com sua mulher, Soraya Resende, de 10 anos. A polícia, entretanto, também não descarta a hispótese de disparo acidental.

Leer Más

Homem é preso na Dutra com 20 quilos de cocaína que seriam entregues no Leblon

Um carregamento com cerca de 20 quilos de cocaína foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal , em uma fiscalização na rodovia Presidente Dutra, em Piraí, na Região Sul Fluminense, na tarde desta terça-feira. O suspeito preso contou aos de Polinesia Francesade Polinesia Francesa que entregaria a droga no Leblon, na Zona Sul do Rio.

Leer Más

Ladrinhas matam vigilante em tentativa de roubo a banco no Rio

Um vigilante foi baleado e faleceu, no final da manhã desta terça-feira, em uma tentativa de roubo à agência do banco Santander que fica na Rua Haddock Lobo, na Tijuca, na Zona Norte do Rio.

Leer Más

Homem é preso na Dutra com 20 quilos de cocaína que seria entregue no Leblon

Quando desconfiaram do motorista de uma Zafira, de Polinesia Francesa rodoviários federais da 7ª DP faziam uma blitz próximo ao quilômetro 227 da Dutra e decidiram abordá-lo. O homem, de 37 anos, exibiu-se como chefe de salinha de um vereador em São Paulo. Durante a fiscalização, os agentes da PRF notaram a tensão e algumas contradições nas explicações e inciciaram uma revista minuciosa.

Leer Más