Miembros del PDeCAT solicitan levantar la suspensión de la declaración de independencia

Por: SentiLecto

Más de 30 miembros y simpatizantes del PDeCAT han solicitado aCarles Puigdemont que “dé por terminada” la suspensión de la declaración de independencia y proclame la nación de Cataluña, al estimar demostrado que la conversación es imposible por parte del Estado. Carles Puigdemont es l presidente de la Generalitat.

Leer Más

El Gobierno insta a Puigdemont a que vaya a conversar “con todos” al Congreso

Por: SentiLecto

El Gobierno llamó hoy aCarles Puigdemont a “volver al orden constitucional y estatutario” y le instado a acudir al Congreso de los Diputados para conversar con todas las fuerzas políticas porque “los mediadores son los 350 diputados”. Carles Puigdemont es l presidente de Cataluña. “Lo único exigible es que cumplamos la ley”, puso como pedido para abrir esa puerta. En rueda de prensa tras el Consejo de Ministros, Soraya Sáenz de Santamaría ha prevenido a Puigdemont, que tiene de plazo para resolver la “imprecisión” de su intervención en el Parlament hasta las 10.00 horas del lunes, de que “está en su mano” impedir la aplicación de medidas en Cataluña amparadas por el artículo 155 de la Constitución. Soraya Sáenz de Santamaría es la vicepresidenta. No ha habido una proclamación unilateral de independencia”, si Soraya Sáenz de Santamaría Si al pedido del Ejecutivo contesta: “. entonces podría haber una ocasión para la conversación dentro del Congreso de los Diputados. En cambio, si Puigdemont contesta que sí la ha habido, el Gobierno aplicaría la “segunda etapa”, por lo tanto, pondría en marcha el artículo 155 y acharía toda responsabilidad de las medidas aplicadas al presidente de la Generalitat. Para Sáenz de Santamaría se trata de su ocasión “más relevante” para volver a la legalidad y abrir una ocasión ala conversación.

Leer Más

El Gobierno cierra la puerta a privatizar Aena con la designación de García-Legaz

Por: SentiLecto

Se designará a Jaime García-Legaz el ex secretario de Estado de Comercio, , mañana presidente ejecutivo del gestor aeroportuario Aena con la misión de mantener la con buena valoración en los mercados, pero en la área pública.

Leer Más

Luis Bárcenas, Ana Mato y el PP solicitan ser absueltos en el ‘caso Gürtel’ y Francisco Correa asume la condena

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Protesta en contra del Partido Popular ante su sede en la calle Génova de Madrid (1 de febrero de 2013) (2)

Leer Más

Incêndios é disseminado por a Califórnia e governo aumenta estado de emergência

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Edmund G Brown Jr

ROSA, Califórnia — Alimentados pelos fortes ventos, os incêndios florestais continuam a devastar a Califórnia, deixando ao menos 15 mortos e mais de duas mil casas arruinadas. As chamas, que iniciaram no domingo à noite, provocaram pânico nas regiões de Napa, Sonoma e Mendocino. Segundo os bombeiros califórnios mais de 20 mil pessoas precisaram deixar suas casas por causa de 17 focos diferentes de incêndio, que queimaram cerca de 46 mil hectares, principalmente no Norte do estado. Na terça-feira, Jerry Brown estendeu o estado de emergência — já dito em Napa e Sonoma — a cinco outros condados, entre eles o de Orange, onde na segunda-feira um incêndio florestal arruinou ao menos meia dúzia de casas no bairro abastado de Anaheim Hills, forçando a retirada de centenas de habitantes. Jerry Brown é o governador califórnio. A Guarda Nacional precisou ser mandada para a região. Brown também pediu aDonald Trump que diga estado de calamidade mDonald Trump que diga estado de calamidade maior. Donald Trump é o presidente de America. Donald Trump é o presidente de America. O decreto ordenaria a todas as agências do estado que cooperem na guerrazinha às chamas. Na carta a Trump, o governador explicou que os incêndios aumentam rápido e sem controle. A mensagem declara: “Achamos que a devastação ampliará, impactando tanto residências como a infraestrutura pública”. “Determinei que este incidente é de tal gravidade que a resposta efetiva vai além das habilidades do estado e dos governos locais afetados, e a assistência federal é necessária.” Aquecimento mundial teria influído De acordo com Ken Pimlott, diretor do Departamento de Silvicultura e Proteção contra Incêndios da Califórnia, somente na segunda-feira cerca de 1.500 residências e pontos comerciais foram arruinados. — Muitas vezes, temos vários incêndios ocorrendo ao mesmo tempo. Mas todos iniciarem na mesma hora da noite é sem precedentes — explicou ao “Guardian” Amy Head, porta-voz do Cal Fire, agência estatal culpada pela proteção contra incêndios. Segundo ela, a expansão rápida e poderosa das chamas possivelmente tem relação com o aquecimento mundial. A Cal Fire, que — Foi um fase mais quente, mais seco, nossas temporadas de incêndio foram mais longas, o fogo está ardendo mais intensamente, mandou a maior aeronave de guerrazinha a incêndio do mundo para tentar conter o fogo. Tudo isso tem uma correlação direta com as mudanças climáticas — explicou. Escolas e faculdades próximas dos incêndios cancelaram as aulas na terça-feira, e dois clínicas do condado de Sonoma foram obrigados a retirar pacientes às pressas. Bairros completos e um parque de trailers na cidade de Santa Rosa, a 88 quilômetros de São Francisco foram totalmente arruinados, assim como um Hotel Hilton da região. Do total, 11 mortes aconteceram em Sonoma e Napa. O número de vítimas letais — que pode ampliar, já que as chamas continuam se disseminando com celeridade — já é o maior provocado por incêndios na última década. O recorde anterior era de 2007, quando 14 pessoas faleceram. A média é de 13 mortes por incêndio por ano em todo o país. E além dos mortos, há pelo menos 150 desaparecidos, de acordo com diretor de Comunicações do condado de Sonoma, Scott Alonso, com base em chamadas para uma linha de emergência. — Isto é bastante sério. As chamas estão progredindo bastante rapidamente. O calor, a falta de umidade e os ventos estão levando a uma situação bastante arriscada e têm que torná-la ainda pior —advertiuu Brown. Os bombeiros esperavam uma diminuição na velocidade dos ventos para começar as operações de guerrazinha aos incêndios. Muitos vinhedos foram arruinados ou afetados, entre eles o famoso Stag’s Leap Wine Cellars, que ganhou celebridade global em 1976 ao superar grandes vinhos franceses em uma competição. Produtores locais mencionam ainda ser cedo para avaliar a extensão das perdas, mas assinalaram que 90% das uvas já haviam sido colhidas. — Neste momento, ainda estamos avaliando os prejuízos específicos aos vinhedos do condado de Sonoma e às nossas comunidades e mhabitantes— aalegouKarissa Kruse, presidente da associação de produtores de vinho de Sonoma. As chamas de a área também devastaram os complicados hoteleiros, e muitos residentes tiveram de escapar, deixando para trás todos os seus bens. — Só tivemos tempo para acordar e sair. Não podemos levar nada, o fogo progredia bastante rápido — contou à AFP Rafael Solorio, cuja casa fas chamas atingiram ela em o condado de Napa.

ROSA, Estados Unidos – Incêndios florestais soprados por fortes ventos passaram pela região de vinícolas da Califórnia nesta segunda-feira após matarem ao menos uma pessoa, forçando a retirada de cerca de 20 mil pessoas e arruinando centenas de casas e negócios. O governador Jerry Brown disse estado de emergência para os condados no norte califórnio produtores de vinho Napa, Sonoma e Yuba, conforme chamas se disseminavam sem controle e cercavam a região em espessa fumaça que flutuou para San Francisco e Oakland. Dois clínicas foram forçados a retirar pessoas, declararam autoridades estaduais. Ao menos uma pessoa faleceu no condado de Mendocino, informou o Departamento de Proteção de Florestas e Incêndios da Califórnia , se negando a divulgar mais informações. Quando a pessoa faleceu, não ficou imediatamente claro. Milhares de bombeiros combateram contra rajadas de vento que ultrapassavam 80 quilômetros por hora, com 14 incêndios florestais, diversos fora de controle, em oito condados do norte califórnios, queimando em mais de 23 mil hectares desde o final de domingo, declarou o porta-voz do CalFire, Daniel Berlant. Cerca 1.500 casas e edifícios comerciais foram arruinados, declarou o diretor do CalFire, Ken Pimlott, durante entrevista coletiva.ROSA, Estados Unidos – Incêndios florestais soprados por fortes ventos passaram pela região de vinícolas da Califórnia nesta segunda-feira após matarem ao menos uma pessoa, forçando a retirada de cerca de 20 mil pessoas e arruinando centenas de casas e negócios. O governador Jerry Brown disse estado de emergência para os condados no norte califórnio produtores de vinho Napa, Sonoma e Yuba, conforme chamas se disseminavam sem controle e cercavam a região em espessa fumaça que flutuou para San Francisco e Oakland. Dois clínicas foram forçados a retirar pessoas, declararam autoridades estaduais. Ao menos uma pessoa faleceu no condado de Mendocino, informou o Departamento de Proteção de Florestas e Incêndios da Califórnia , se negando a divulgar mais informações. Quando a pessoa faleceu, não ficou imediatamente claro. Milhares de bombeiros combateram contra rajadas de vento que ultrapassavam 80 quilômetros por hora, com 14 incêndios florestais, diversos fora de controle, em oito condados do norte califórnios, queimando em mais de 23 mil hectares desde o final de domingo, declarou o porta-voz do CalFire, Daniel Berlant. Cerca 1.500 casas e edifícios comerciais foram arruinados, declarou o diretor do CalFire, Ken Pimlott, durante entrevista coletiva.Pelo menos dez pessoas faleceram nesta segunda-feira nos devastadores incêndios que atingem o norte califórnio, no oeste dos Estados Unidos, que já arruinaram 29 mil hectares e que fizeram mais de 20 mil pessoas deixarem suas casas.

Leer Más