Scheidt admite erro no Rio 2016 e calcula obstáculos com Tóquio 2020

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Robert Scheidt é um dos velejadores de Brasil mais vitoriosos em Olimpíadas e poderia ter conquistado a sua sexta medalha no maior acontecimento do mundo durante o Rio 2016, entretanto concluiu na quarta colocação apesar de ter vencido a medal race. Em entrevista à Gazeta Esportiva, o adesportistade 44 anos admitiu que poderia ter conseguido ter conquistado uma medalha no ano passado, entretanto se declarou cumprido com sua performance.

Robert Scheidt é um velejador brasileiro, bicampeão olímpico e 15 vezes campeão global de iatismo, 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002, 2004, 2005, 2013 e tricampeão na classe Star: 2007, 2011, 2012).

Leer Más

Scheidt não pensa em se aposentar e vê nossa categoria como recomeço

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Robert Scheidt disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016 aos 43 anos e concluiu na quarta colocação. Um ano mais velho, um dos principais velejadores da história do Brasil mudou para a categoria 49er e não tem planos de aposentadoria. O desportista paulista, em entrevista à Gazeta Esportiva, revelou como foi o processo de mudança de categoria, que vem sendo como um recomeço em termos de ganhar nnovoshtalentos e deixou claro que ainda tem muitas alternativas para continuar velejando.

“Em Split, o oceano tem ondas parecidas com as do Rio de Janeiro, onde treino diariamente. Acredito que eu tenha uma velocidade boa em relação aos outros velejadores. O objetivo inicial é entrar na flotilha ouro”, disse o desportista.O Brasil vai ter um representante: João Pedro Souto de Oliveira, que vai disputar o Mundial pela segunda vez na carreira. O País tem grande costume no torneio, já que Robert Scheidt é o maior campeão, com nove ouros, duas pratas e um bronze.

Leer Más

Scheidt e Borges fecham Europeu em 31º e miram Mundial

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Nesta sexta-feira, os ventos fortes em Kiel, na Alemanha, que chegaram a mais de 55km/h, impediram que as últimas regatas da flotilha de prata do Campeonato Europeu da classe 49er fossem realizadas.

Desta forma, Robert Scheidt e Gabriel Borges fecharam a competição na 31ª colocação entre as 92 embarcações que estavam na disputa. Ao todo, os brasileiros venceram duas das 15 regatas e adicionaram 103 pontos perdidos.

Leer Más

Em dia de ventos fortes, Scheidt e Borges caem para 17º na Alemanha

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Tinoco and Borges 2011 Snipe

Os velejadores Robert Scheidt e Gabriel Borges não conseguiram ter uma boa performance nesta sexta-feira na Kieler Woche na Alemanha. A Kieler Woche é a tradicional Semana de Vela de Kiel. Padecendo com fortes ventos, a dupla não repetiu os bons resultados conquistados anteriormente e caíram para 17º na classificação geral na disputa da classe 49er.

Robert e Gabriel voltam à água nesta quinta para disputar outras quatro regatas. Os melhores vão atuar na flotilha de ouro na sexta e no sábado, buscando uma vaga na medal race do domingo. O Brasil ainda tem outra dupla na disputa: Carlos Lorente e Marco Grael, que aparecem em 15º.

Leer Más

“Filha de peixe, peixinho é”; conheça Martine Grael

Foto: Wikipedia – MartineRio2016

Martine Grael e Kahena Kunze, que juntas, ganharam o primeiro ouro feminino brasileiro do esporte na história das Olimpíadas, fizeram história no Rio de Janeiro com a conquista da medalha de ouro na vela.

Cheque na galeria acima todos os destaques do 13º dia de disputadas da Rio-2016.”Quando esse episódio aconteceu, eu era bem nova. Os meus pais aliviaram isso, eu não compreendia bastante bem. A família ficou abalada”, declarou Martine, que é filha de Torben Grael, medalhista de ouro em Atlanta-1996 e em Atenas-2004 na classe star. Ele ganhou ainda a prata em Los Angeles-1984 e o bronze em Seul-1988 e em Sidney-2000.

Leer Más