Polícia investiga se genro de Nem transmitiu ordem falsa para quadrilha invadir Rocinha

Por: SentiLecto

A Polícia Civil investiga se a combate de facções na Rocinha iniciou por causa de uma mentira. Após ser preso na semana passada, Rogério Avelino da Silva alegou informalmente a policiais da 11ª DP, que , que a ordem para invasão da favela não partiu diretamente de Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem. Rogério Avelino da Silva é o Rogério 157. o Nem. A retomada teria sido, segundo ele, tramada pelo genro de Nem, Adriano Cardoso da Silva que alegou a seus comparsas falar em nome de Nem sem consultar o chefão, que satisfaz pena em Porto Velho, Rondônia. Adriano Cardoso da Silva é o Modelo. que satisfaz pena em Porto Velho, Rondônia.

Leer Más

Justiça determina transferência de Rogério 157 para presídio federal

Por: SentiLecto

A Justiça do Rio determinou a transferência do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, preso na última quarta-feira, para uma unidade federal de segurança máxima fora do estado. A resolução é da 20ª Vara Criminal, após pedido feito pela secretaria de Segurança do Rio. O Ministério Público estadual foi favorável à transferência.

Leer Más

Cozinheiro ficou um mês preso por engano acusado de participar de combate na Rocinha

Por: SentiLecto

Um chef de 26 anos ficou preso por engano durante um mês acusado de participar do combate do tráfico na Rocinha. O jovem, segundo documentos anexados ao processo judicial sobre a invasão da favela, trabalha há três anos num restaurante na Barra da Tijuca, no turno das 17h à 0h, e, na madrugada de 17 de setembro, horas antes dos confrontos, o jovem havia acabado de sair do trabalho. Naquele dia, ele chegou em casa por volta das 2h — quatro horas antes do começo da invasão.

Leer Más

Moradores da Rocinha temem venda de crack na comunidade

Por: SentiLecto

A celebridade de ser uma das poucas favelas a proibir a entrada do crack já não existe mais. A Rocinha, que sempre resistiu à mistura de restos de cocaína e impurezas, com poder de despedaçar vidas, virou mais um ponto de venda das prochasamareladas. Faz 3 meses, de este ano, o Comando de Operações Especiais da Polícia Militar apreendeu em o morro de São Conrado, entre tabletes de maconha, 120 embalagens de crack, em o dia 18 de setembro. O sinal de alerta foi aceso. O descobrimento ocorreu no mesmo mês em que teve começo uma disputa entre dois chefões do tráfico. De um lado, Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem — que satisfaz pena no presídio federal de Porto Velho — e, do outro, Rogério Avelino da Silva, que 157 caiu nos braços do Comando Vermelho, conhecido por comercializar crack em algumas comunidades, o Rogério 157, preso na última quarta-feira. Os dois eram da mesma facção, Amigos do Amigos, mas O maior temor dos habitantes, agora, é o surgimento de uma grande cracolândia num morro crucial para o crime coordenado, que vende R$ 10 milhões em drogas por mês no coração da Zona Sul.

Leer Más

Advogado de Rogério 157 declara: ‘Ainda não caiu a ficha dele de que foi preso’

Por: SentiLecto

O traficante Rogério Avelino da Silva recebeu a visita de seus advogados na Penitenciária Laércio da Costa Pellegrino, Bangu 1, no Complexo de Gericinó, no começo da tarde desta sexta-feira. O traficante Rogério Avelino da Silva é o Rogério 157. Quando foi preso, o criminoso está na unidade de segurança máxima desde a última quarta-feira. Segundo a defesa do criminoso, Rogério não tem contato com outros detentos durante o banho de sol e está se alimentando normalmente.

Leer Más