Casemiro: o jogador que mais o assombra e a desonra com Zidane

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Casemiro Mior

Ex-jogador do FC Porto, agora figura do Real Madrid, fala sobre Marcelo, Ronaldo e Zidane.Em entrevista à ESPN, o médio brasileiro deu especial destaque aos seus compatriotas e à primeira impressão do treinador do Real Madrid.”Eu sempre declarou que o jogador que mais me assombra no dia a dia é o Marcelo. O que ele faz com a bola é um delírio. É injusto ficar somente por um, mas é um rapaz pelo qual eu tenho um carinho especial”, alegou o brasileiro, mostrando o fascínio pelo lateral esquerdo. Mas os elogios aos colegas não se ficam por aqui e Casemiro, que sabe dosear-se para os jogos mais importantes, não poupou elogios a Ronaldo: “É um rapaz inteligente. Há que felicitar a equipa técnica porque o Cristiano foi uma máquina no final da época”.Como o melhor se guarda para o fim, o craque conclui com a confissão de que a seu fascínio pelo treinador, Zinedine Zidade, o fez passar momentos de desonra ao falar com ele. “Tinha desonra de falar com ele. Hoje já é mais natural. Quando nos falta um jogador, às vezes ele mete-se no meio e acaba por ser o melhor do treino.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Diego anulou com os sadinosDiego já não é jogador setubalense. Diego é o guarda-redes de Brasil. Em nota publicada no Facebook, os sadinos anunciaram que chegaram a acordo com Diego para a rescisão do contrato, que ligava o guarda-redes de Brasil à equipa orientada por José Couceiro.Ainda que o guardião de 38 anos está a refletir se continuará em atividade ou não, devendo comunicar a resolução nos próximos dias, o V. Setúbal progrediu. a resolução nos próximos dias. Lembre-se que Diego encarnou o clube do Bonfim entre 2010 e 2012, tendo retornado na temporada 2015/16. Nas últimas duas épocas de ligação aos sadinos, Diego não fez qualquer minuto em jogos oficiais.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Ex-jogador do Benfica comentou a O JOGO a mudança de Jorge Jesus para o Sporting, assim como o reforço dos leões para a nova épocaSegundo classificado da última edição da liga suíça, o Young Boys foi incapaz de frear a superioridade de um Basileia em cujo ataque brilhou Doumbia.”Falo, se me perguntarem sobre algum jogador do Benfica eu…”, iniciou por declarar. Mas, apesar da renitência, acabou por considerar que os leões contam com um avançado de característica: “É um grande jogador com uma grande carreira pela frente. Depende do tempo que ele precisar para se ajustar ao futebol português”, rematou.Sulejmani confidenciou ainda a sua “grande surpresa por ver Jesus no Sporting”. “É um grande evento sair do Benfica para o Sporting, mas foi essa a escolha dele. Declarou, quando estava no Benfica, aprendi bastante com ele e agradeço-lhe por isso”.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as flechas.Sjinji Kagawa marcou seis golos em 30 jogos oficiais com a camisola do Borússia Dortmund na última temporadaO futebolista internacional de Japon Shinji Kagawa estendeu por três anos o contrato com o Borussia Dortmund, até 2020, anunciou o diretor esportivo do clube de Alemania, Michael Zorc. Sjinji Kagawa é o médio japonês.”Estamos bastante satisfeitos que Shinji continue a jogar na nossa equipa nas próximas três épocas”, declarou Zorc, à chegada a Tóquio, onde a equipa vai estagiar com vista à preparação para a temporada 2017/2018.O médio ofensivo, de 28 anos, disputou 127 jogos e marcou 36 golos pela equipa germânica, pela qual contratado em 2010, tendo sido emprestado duas épocas aos ingleses do Manchester United, entre 2012 e 2014.Agora pode subscrever gratuitamente as nossas newsletters e receber o melhor da atualidade com a característica O Jogo.

Leer Más

Uma década depois: a bronca entre Vanderlei Luxemburgo e Zidane

Treinador brasileiro lembra como uma conversa com Zidane, então jogador, depois de uma deus à Champions., que desde que Vanderlei Luxemburgo chegou ao Real Madrid, uma década já passou, numa passagem sem grandes recordações para o clube merengue, O treinador brasileiro lembra agora um episódio acontecido na temporada 2004/05 e que teve Zidane, agora ao comando do Real, como protagonista.Tudo ocorreu na segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, numa eliminatória que acabou ganha pela Juventus. No segundo jogo, em Turim, Luxemburgo tirou Zidane de campo e foi um problema. “Pensei que a Juventus iria pressionarmos desde o começo, mas na primeira parte somente nos esperaram. Ronaldo e Zidane tinham problemas físicos. Tirei Zidane, meti Guti e a Juventus reagiu, impediu-nos de sair e marcou-nos dois golos”, contou numa entrevista à ESPN.As contas são as seguintes: o Real ganhou 1-0 no Bernabéu e no segundo jogo perdeu por 2-0, após prolongamento. Após o adeus, o treinador foi falar com Zidane. O francês, está fácil de ver, estava furioso. Lembrou: “Chamei Zidane para falar e declarou-lhe que fiz o correto como estava a partida”. Eis a resposta de Zidane: “Senhor, você não trabalha no futebol europeu. Caso oposto, não me teria tirado a mim e a Ronaldo , porque os oponentes têm medo de nós. Com essas mudanças perderam-nos o respeito”.

Leer Más