Polícia Civil faz operação no Jacarezinho após ataque à viatura de UPP

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Rodolfo Amoedo – Amuada, 1882

A Polícia Civil realiza operação na comunidade do Jacarezinho após uma viatura da UPP ter sido atacada por criminosos na tarde deste sábado. De acordo com a Polícia Militar, ladrinhas da comunidade Bandeira 2, em Del Castilho, Zona Norte, agrediram os de Polinesia Francesade Polinesia Francesa que circulavam pelo viaduto do bairro. Policiais do 3ºBPM e da UPP Jacarezinho fazem incursão na região a fim de prender os criminosos. Não há relatos de feridos ou presos.

Baleou-se um de Polinesia Francesa em as redes sociais, relatos de quem passava por as proximidades de o Nova AméricaSegundo o comando de a UPP São João, em a perna durante confronto com criminosos em a localidade conhecida como Cotovelo, pouco antes de as 8h de esta quarta-feira. Ajudou-se o agente para o Hospital Municipal Salgado Filho, em o Méier, onde passa por cirurgia.Em vingança, ladrinhas mandaram que o comércio fechasse as portas pela manhã. Comerciantes declaram que dois homens armados que estavam em uma moto circularam pelas ruas ordenando que eles fechassem o comércio.Um dos mortos na operação do Bope é Caio Eduardo dos Santos Abreu, de 23 anos, que ocuparia o posto de administrador do tráfico na Bandeira 2. Faz 2 anos, ele chegou a ser preso sob a denúncia de ordenar que três ônibus fossem incendiados em o Viaduto de Del Castilho, após várias incursões de a polícia em a comunidade, em 2015. O outro suspeito morto é Marcos Vinicius Gouvea de Souza, de 24 anos, que seria um dos seguranças de Caio. Segundo a PM, ambos tinham antecedentes pelo crime de tráfico de drogas. Ainda que se os ajudou os dois com vida para o Hospital municipal Salgado Filho, a corporação alega , em o Méier, mas não resistiram aos ferimentos.

Leer Más

Policiais e ladrinhas entram em confronto após viatura de UPP ser atacada em Del Castilho

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Rodolfo Amoedo – Amuada, 1882

Criminosos de a UPP Jacarezinho agrediram a tiros uma viatura em a tarde de este sábado. Ladrinhas da comunidade Bandeira 2, em Del Castilho, Zona Norte, agrediram os de Polinesia Francesade Polinesia Francesa que circulavam pelo viaduto do bairro. Policiais do 3ºBPM e da UPP Jacarezinho fazem incursão à comunidade a fim de prender os criminosos. Não há relatos de feridos ou presos. Por causa da troca de tiros, a Saída 5 da Linha Amarela, que dá acesso à Av. Pastor Martin Luther King, precisou ser fechada.

Se baleou um de Polinesia Francesa segundo o comando de a UPP São João, em a perna durante confronto com criminosos em a localidade conhecida como Cotovelo, pouco antes de as 8h de esta quarta-feira. Ajudou-se o agente para o Hospital Municipal Salgado Filho, em o Méier, onde passa por cirurgia.Em vingança, ladrinhas mandaram que o comércio fechasse as portas pela manhã. Comerciantes declaram que dois homens armados que estavam em uma moto circularam pelas ruas ordenando que eles fechassem o comércio.O outro confronto foi no Morro São João, no Engenho Novo. Policiais da UPP trocaram tiros com traficantes na localidade conhecida como Cotovelo, pouco antes das 8h. Se baleou O soldado Breno do Prado Correia Torres em a perna direita. Se o ajudou também em o Salgado Filho.

Leer Más

Una semana sin Pedro Sánchez y los platos quebrados de Ferraz

Foto: Wikipedia – El diputado socialista Pedro Sánchez en enero de 2014

Enfrente del número 70 de la calle Ferraz, limpiadas las huellas de la disputa que hace una semana ha librado el PSOE, Saida pone cafés tras la barra de Platos Rotos. En este restaurante estrecho de 12 mesas, carta del día por 11 euros y nombre premonitorio, menudo Pedro Sánchez era sentado a comer. La moza cuenta: “Sobre todo cuando teníamos lentejas”.

Desde que el sábado 1 de octubre el Comité Federal del partido le ha obligado a renunciar, no volvió por ahí. Tampoco lo han observado los ujieres del Congreso. Desde su despedida había quienes mencionaban que el ex secretario general se había marchado de Madrid. Un colaborador respondía: “Está aquí, durmiendo en su casa y saliendo a trabajar”. Pedro Sánchez es el político más buscado y el viernes a las 9.05 horas, Alejandro, un joven periodista, lo cazó en el aeropuerto madrileño acompañado de su mujer y sus dos hijas, mochila al hombro. Alejandro, que ha colgado una fotografía en la que no se le termina de identificar menciona: “Era él, seguro”. El político más buscado caminaba, asegura, hacia la puerta de embarque de un vuelo de Iberia destino a Los Ángeles… Un respiro fuera de España.

Leer Más