Brasil abre quase 10 mil vagas formais em junho, pior que o esperado

Por: SentiLecto

– Faz 1 mês, o Brasil abriu 9.821 vagas formais de emprego, terceiro dado mensal positivo consecutivo, mas bem abaixo do esperado e puxado quase exclusivamente pela atividade agropecuária, em meio ao mercado de trabalho ainda mostrando fraqueza após dois anos de recessão. Em pesquisa Reuters junto a analistas, a expectativa era de abertura de 36 mil postos no mês passado. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta segunda-feira, dos oito setores analisados no mês, somente dois exibiram criação de vagas. O destaque ficou para a agropecuária, com abertura líquida de 36.827 postos, repetindo o bom movimento visto em maio. Segundo o ministério do Trabalho, o cultivo do café foi o carro-chefe do crescimento, com mais de 10 mil postos instituídos. Faz 1 mês, em a gestão pública, houve a abertura de 704 vagas. Já do lado negativo, as maiores perdas ficaram com construção civil , indústria da mudanças e serviços . “É bastante importante reconhecermos que o Brasil passou por uma recessão que foi uma das mais profundas da sua história”, alegou a jornalistas o ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. O Caged mostrou ainda que, no primeiro semestre do ano, houve ganho líquido de 67.358 vagas, melhor para o fase desde 2014. Entre janeiro e junho de 2016, o país havia registrado perda líquida de 531.765 vagas, sem ajustes. Apesar de a taxa de desemprego estar recuando, ela ainda continuava em platô muito aumentados, acima de 13 por cento, com quase 14 milhões de pessoas sem uma atividade, segundo leitura mais recente feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística .

Leer Más

Balança tem superávit de US$ 2,367 bilhões nas duas primeiras semanas de julho

Por: SentiLecto

— A balança comercial de Brasil registrou um superávit de US$ 2,367 bilhões nas duas primeiras semanas de julho. O número é resultado da diferença entre US$ 8,573 bilhões em exportações e US$ 6,206 bilhões em importações. No acumulado do ano, o saldo está positivo em US$ 38,583 bilhões, ante US$ 25,138 bilhões. O Ministério de Indústria divulgou em esta segunda-feira os números , que em as exportações , a média diária , de US $ 857,3 milhões , aumentou %10,3 em relação a julho de 2016 , com destaque para petróleo em bruto , minério de ferro , soja em grão , carne bovina , semimanufaturados de ferro-aço e óleo de soja em bruto , Comércio Exterior e Serviços. Houve queda de 1,4% nas vendas de manufaturados, como gasolina, etanol, suco de laranja e produtos siderúrgicos. Já a média diária importada, de US$ 620,6 milhões, ampliou 10,9% em comparação ao mesmo mês do ano passado. Aumentaram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes, combustíveis e lubrificantes, plásticos e obras, equipamentos eletroeletrônicos e automóveis.

Leer Más

Esta é a hora de investir no Brasil, declara Meirelles em posse de novo presidente do BNDES

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – By Carlos Barretta stk 001068 (7310177286)

Henrique Meirelles alegou nesta quinta-feira que a economia de Brasil entrou em um ciclo de estabilidade e que as chances de investimento oferecidas pela economia de Brasil são “raras no mundo”. Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda.

“O forte crescimento da economia neste começo de ano é uma comprovação de que este processo já mudou. Ainda há um percurso a ser percorrido para alcançarmos a plena recuperação econômica, mas estamos na direção correta”, deduziu.- Quando um novo presidente da República tem que assumir a posição, a economia de Brasil ficará estagnada até 2019 e vai ter condições e força política para implementar mudanças capazes de fazer o Brasil aumentar de maneira mais robusta novamente. A opiNelson Marconi para quem o presidente Michel Temer não vai conseguir se conservar em sua posição até o final do mandato, em 2018. Nelson Marconi é presidente da Associação Keynesiana Brasileira. Nelson Marconi é presidente da Associação Keynesiana Brasileira. final do mandato, em 2018. E mesmo quem o trocar, adicionou, não conseguirá caminhar com as reformas e colocar o país em rota de crescimento. Marconi à Reuters aalegou “A economia vficaráem banho-maria”.”A economia de Brasil deve se comportar mais ou menos como o último ano do governo Sarney , só que sem a hiperinflação, quando todo mundo esperava o resultado da votação de 1989″, adicionou. Marconi, que também é coordenador do Fórum de Economia da FGV, que reúne anualmente importantes economistas e integrantes da equipe econômica, acredita que, se a troca de Temer se confirmar, a equipe econômica deve ser conservada, mas não vai ter força política para aprovar a agenda de reformas diante da proximidade do pleito no próximo ano. Se considera a principal de elas a a principal de elas, a de a Previdência, fundamental para colocar as contas públicas em ordem e tem grande suporte de o mercado financeiro. O governo sempre vendeu a reforma da Previdência como peça-chave para a retomada do crescimento, mas diante do impasse político, avalia o Marconi, vai ser obrigado a modificar o discurso de que, mesmo sem ela, o Brasil pode aumentar. “Nesses dias, Meirelles já declarou que atrasar a reforma da Previdência não seria nada de outro mundo. Será difícil, mas vão ter de mudar o discurso”, declarou ele, referindo-se ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. [nL1N1IO0R1] Temer corre o risco de perder seu mandato depois de delações de executivos do grupo J&F, levando o Supremo Tribubal Federal a abrir investigação contra o presidente por crimes, entre outros, de corrupção passiva. A crise política, alegou Marconi, só piorou o cenário econômico brasileiro, que já vinha mostrando sinais de fraqueza. O crescimento esperado para o Produto Interno Bruto do primeiro trimestre, declara o economista, o performance de o agronegócio puxará exclusivamente ele e pela mudança metodológica na pesquisas de serviços e comércio do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística . A projeção de estagnação econômica feita por Marconi é mais pessimista do que a do mercado. No relatório Focus, do Banco Central, que colhe a previsão de uma centena de analistas todas as semanas, a expectativa é que a economia aumente cerca de 0,5 por cento este ano e 2,5 por cento em 2018. SEM VÁLVULAS Para Marconi, o Brasil tem poucas válvulas que possam permitir a volta do crescimento robusto. Na avaliação dele, a recuperação deveria vir por meio da retomada das exportações de produtos manufaturados, o que auxiliaria na recuperação do setor industrial e dos investimentos, instituindo conseqüência positivo em toda a economia. Hoje, ele declara, o canal das exportações só tem funcionado para o agronegócio. Se as prejudicaram por causa da desvalorização de o dólar desde que Temer assumiu a Presidência, as exportações de manufaturados, avalia o economista. No fase, o dólar deixou o platô de 4 reais para a faixa de 3,25 reais. “O que auxiliaria a puxar o crescimento é a exportação de produtos industrializados, mas que foi prejudicada pela valorização do real”, declara. Para Marconi, o governo optou por permitir a desvalorização do dólar para auxiliar na guerrazinha a inflação. O ideal seria a equipe econômica levar a taxa de cotação para um platô entre 3,80 reais e 3,90 reais. – Henrique Meirelles alegou nesta segunda-feira acreditar o presidente Michel Temer deve deduzi o mandato, até o fim de 2018 Henrique Meirelles é o ministro da Fazenda., e que caso o Brasil passe por uma votação indiret, não pensa na chance de sucedê-loa. “Eu não trabalho por suposições, trabalho com a realidade. O meu cenário-base é que o presidente vai deduzi o seu mandato até o final de 2018 e é sobre isso que eu estou trabalhando”, declarou Meirelles durante acontecimento promovido pela revista Exame, em São Paulo. “Estamos trabalhando normalmente, não gasto tempo pensando nesse tema.” Desde que o presidente virou alvo de investigação no Supremo Tribunal Federal por corrupção passiva, organização criminosa e obstrução da Justiça, o governo Temer enfrenta uma forte crise política , em inquérito aberto com base em acordo de delação fechado pelo empresário Joesley Batista, um dos proprietários da JBS. No próximo dia 6, o Tribunal Superior Eleitoral tem que julgar a cassação da chapa Dilma-Temer. “Eu passei um ano respondendo a outra questão: se eu seria candidato em 2018. E a resposta que eu dava é a mesma: estou focado no meu trabalho em colocar o Brasil para aumentar e ampliar a habilidade do Brasil aumentar mais no futuro”, adicionou o ministro.

Leer Más

Irã confirma novo teste de míssil, declara que não viola acordo nuclear

Foto: Wikipedia – Tehran-subway-station

O Ministério da Defesa do Irã, que adicionou que o lançamento não violou o acordo firmado com potências globais sobre o programa nuclear de Iran nem uma determinação do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas em suporte ao convênio, informou nesta quarta-feira que o país testou um novo míssil , mas

A República Islâmica testou vários mísseis balísticos desde o acordo de 2015, mas este é o primeiro desde a posse do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Durante sua campanha, Trump declarou que iria deter o programa de mísseis de Iran.

Leer Más

Secretaria vê dumping em exportações de aço plano ao Brasil, mas pede mais informações

Foto: Wikipedia – Secretariaviação

– A Secretaria de Comércio Exterior, que pediu mais informações sobre o impacto à economia doméstica antes de impor sobrebretaxas, decidiu que exportações de aços laminados a quente para o Brasil feitas pela Rússia e pela China podem ser caracterizadas como dumping , mas Em nota publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira, a Secex “deduziu por uma resolução preliminar positiva de dumping e de prejuízo à indústria doméstica dele decorrente, sem recomendação de aplicação de direito provisório”. Faz 7 meses, o caso foi aberto após queixa feita de este ano por as siderúrgicas ArcelorMittal Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional e Gerdau sobre exportações de ” produtos laminados planos, de aço ligado ou não ligado, de largura igual ou superior a 600 milímetros, laminados a quente ” em chapas ou bobinas. Faz 4 meses, o inquérito foi aberta de este ano. Laminados planos a quente de aço costumam ser usados em uma série de aplicações na indústria, desde autopeças e máquinas e equipamentos a vagões ferroviários e oleodutos. Segundo a nota da Secex, “a despeito de haver resolução preliminar positiva de dumping, de prejuízo à indústria doméstica recomenda-se o seguimento daoiinquérito sem aplicação de direito provisório, para melhor averiguação das informações fornecidas pelas partes interessadas”. Faz 10 meses, a China é origem de 53 por cento de as importações brasileiras de laminados a quente desde janeiro, com um volume de 65 mil toneladas, seguida por a Rússia, com participação de 35 por cento, a 43,4 mil toneladas, segundo dados de o Instituto Nacional de os distribuidores de Aço. Ao todo das importações de aços planos, a China lidera com 60,5 por cento de participação e volume de 311,7 mil toneladas, seguida pela Coreia do Sul, com 10 por cento, e Rússia, com 8 por cento. Para mais informações sobre a resolução de Secex, consulte: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=22/11/2016&jornal=1&pagina=94&totalArquivos=132

– A Câmara de Comércio Exterior deduziu preliminarmente a existência de dumping nas exportações chinesas de cabos de aço, conhecidos como cordoalhas, para o Brasil, o que segundo a resolução publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira caracteriza prejuízo à indústria doméstica. A resolução abrange cabos de aço de alto teor de carbono, alta resistência, de 3 ou 7 fios, e diminui relaxação, conforme o documento. Enquanto as vendas da indústria doméstica encolheram 10,2 por cento no mesmo pausa, a Camex constatou que as importações investigadas aumentaram 96,6 por cento no acumulado do fase de análise do prejuízo.

Leer Más